terça-feira, 24 de julho de 2012

GRUPO DOSE CERTA


Em dezembro de 2010, o GRUPO DOSE CERTA gravou ao vivo o CD Pra Sempre Samba, no Teatro FECAP, em São Paulo. O espaço foi escolhido a dedo, por ser voltado exclusivamente para a música brasileira, pelo requinte, e por ter sido reinaugurado, no final de 2006, pelo mestre Paulinho da Viola.

Pra Sempre Samba traz músicas inéditas de componentes do grupo, além de parcerias. Mesmo antes de resolver qual seria o tema do CD, o GRUPO DOSE CERTA já colecionava canções dos mais diversos estilos - partido alto, samba enredo, romântico, sincopado - para a seleção do repertório. Entre elas, obras primas que falam sobre o gênero e sua história, como Samba Eu Te Agradeço, de Mauro Diniz, filho do velho Monarco, representante da Portela; com a participação de Ivan Lins, No Compasso do Samba, dos mestres Sereno e Moacyr Luz; e Divino Samba, de Wilson Sucena e Alemão do Cavaco. A última, uma oração ao samba, reza diária e conhecida por todos os admiradores do grupo.

Saindo um pouco da exaltação ao estilo e dando boas-vindas ao luar, deparamos com Sinhá Sinhá, de Efison e Odibar; e Cândidas Neves, de Zé Renato e Nei Lopes.

Ainda mantendo o partido alto, com a participação de Leci Brandão, uma parceria de J. Petróleo e Nelson Papa, O Tombo Da Corrente, canção que nasceu no “Projeto Cultural Samba da Vela” e trata da cultura brasileira, os escravos, suas danças, lutas e alegrias. E falando em cultura – ou falta de –, País do Futuro, de Marcos Diniz, Luiz Grande e Barbeirinho do Jacarezinho, Trio conhecido como Calafrio, é uma sátira que ora enaltece, ora critica a política brasileira.

Com letras mais leves que as duas anteriores, A Rosa e o Beija Flor, de Milbé, Ivison Bezerra e Gerson da Banda - do Berço Do Samba de São Mateus –; e Fogão de Lenha, de Toninho Geraes, que teve a participação de Pedrinho Miranda; são canções bem aceitas pelo público que gosta de dançar o samba mais enfeitado, como a gafieira.

E, é claro, o amor, não poderia ficar de fora. Em qualquer estilo, em qualquer tempo, em qualquer situação e nas mais diversas formas, o amor existe e sempre bem-vindo. Peito Ferido, de Wilson Sucena e Alemão do Cavaco, é uma verdadeira obra de arte de frases curtas e melodia forte, como em O Sol Nascerá (A sorrir), de Cartola. Mais leve e irreverente é a história de um casal apaixonado que não se aproxima por timidez, Ela e Ele, interpretada com graça e elegância pelo compositor J. Petróleo com a participação da cantora Ana Costa. Já a boa sensação de nostalgia, o amor tratado de forma inteligente, pode ser sentida em Perseguir a Paz, de Wanderley Monteiro e Luis Carlos da Vila - com a participação do próprio Wanderley Monteiro. 

De Dona Ivone Lara, André Lara e João Martins, a melodia rica e o ineditismo de Receita Pra Amar, com a participação de Verônica Ferriani. Por fim das canções de amor, Irmão, de Adalto Magalha e Wandinho Ribeiro, incorporado ao repertório como parte da história de vida e carreira do GRUPO DOSE CERTA, que interpreta a canção com bastante emoção: “Irmão não é coisa de berço, vem do coração... e rezar o mesmo terço e comer o mesmo pão...”.

Também falando de amor, mas em forma de homenagem, com a humildade dos bambas e para o entusiasmo dos “novatos”, Velho João, de Adilson Bispo e Zé Roberto, conta um pouco da história de João Nogueira, importante sambista brasileiro.

Finalizando o CD, quase um samba-enredo, Sem Mais Perdão, de Riko Dorilêo, causou polêmica na escolha do repertório por ser completamente diferente de todas as outras canções do disco, mas a alegria venceu. A música possui a mesma ideia de “Vou Festejar”, de Neoci, Dida e Jorge Aragão, imortalizada na voz da rainha do Carnaval, Beth Carvalho.

A rádio Dose Certa está no ar. Para ouvir a prévia de “Pra Sempre Samba” acesse: www.grupodosecerta.com..br

Mais informações sobre o Grupo DOSE CERTA


Assessoria de Imprensa

Daniella Turano
daniturano@turanoimprensa.com.br
Jornalista - MTB 39707
Tim (11) 8596-7477   Oi (11) 8074-7477   
Nextel (11) 7861-1268   ID 55*98609*2
http://br.linkedin.com/pub/daniella-turano/a/562/619
http://www.facebook.com/daniellaturano
http://twitter.com/daniturano

Nenhum comentário:

Postar um comentário