quarta-feira, 28 de novembro de 2012

OS INFAMES, FÁTIMA TÔ BOBA E VINICIUS LYRA NO THEATRO SANTA ROZA









Neste domingo, 02 de dezembro, Os InfamesFátima Tô Boba e Vinicius Lyra, estarão se apresentando com Stand-up Comedy, no Theatro Santa Roza, às 20h. O quinteto de atores paraibanos de Campina Grande e João Pessoa promete realizar a festa do humor em uma única apresentação.

Os ingressos no valor de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (estudante) estão à venda no Restaurante Extremo Oriental - Cozinha Chinesa e Japonesa, localizado na Rua Desportista Aurélio Rocha, 553, Bairro dos Estados.

Não recomendado para menores de 12 anos, o Stand-up Comedy  paraibano tem o apoio cultural da Doceria Sonho Doce, Jacaré Grill, Jornal da Paraíba Clube do Assinante, Trevo Motel, Viva Propaganda, SATED-PB, Rádio Tabajara FM e Alblack Produções.

A produção local é de Sheilla Martins e de Vinicius Lyra. Realização SM Assessoria & Produções.

Informações: (83) 3225-7000.

Sobre:

Fátima Tô Boba Ana Paula de Aquino Aguiar

Nascida em Campina Grande, interior da Paraíba no dia 10 de Novembro de 1975, Ana Paula de Aquino Aguiar começou sua carreira de humorista no rádio com vários personagens de sua própria criação. Tem como principal personagem Fátima Tô Boba que é repórter ancora do plantão do canal tirando onda no site da Rádio Campina FM. Vinda do interior foi procurar uma vida com mais oportunidades no mundo virtual.  Fátima Tô Boba tem como característica própria  seu jeito irreverente de abordar assuntos atuais com muito humor, pouca maquiagem no rosto, sempre muito simples no seu figurino. Links:

 “Os Infames”


O grupo de teatro “Os Infames”, sediado em Campina Grande-PB, há um ano desenvolve atividades fundamentadas no trabalho do ator: criação e apresentação de espetáculos teatrais, pesquisas sobre treinamento e preparação cênica, e metodologias de criação de personagens.

Os atores Ana Célia Dias, Fabrício Santana e Ricardo Allysson vêm há mais de uma década realizando trabalhos cênicos em diversas áreas, tais como: cerimonial, leituras dramatizadas, telegrama animado, teatro empresa e animações diversas. 

Elenco:

Ana Célia Dias

Cearense, radicada em Campina Grande-PB, com a carreira consolidada na cidade, há 23 anos se dedica à música e ao teatro.

Sua trajetória começou no final da década de 1980, no “Programa Domingo Alegre”, apresentado por Germano Ramalho. Em 1991, teve sua voz reconhecida, obtendo o 2º lugar no “Forró  Fest”, festival promovido pela TV Paraíba.

Participou da “Banda Talismã”, e também foi destaque como atração musical em diversas edições do Festival de Inverno de Campina Grande.

No “Projeto Seis e Meia”, Ana Célia abriu os shows de Moraes Moreira, Teca Calazans, Grupo Delicatto, e demais artistas de renome nacional, em outros eventos, a exemplo de “Renato e seus Blue Caps”, “Moacyr Franco” e “Zeca Baleiro”. 

Esteve presente no “Grande Encontro da MPB Campinense”, e atualmente canta em bares e eventos, ao lado do músico Ataualpa Freire, seu parceiro de longa data. Também integrou projetos do “SESC - Campina Grande”, como o “Sete Notas”, com o show “Tributo a Clara Nunes”, e o “Sobremesa Musical”.  

Ana Célia teve sua estreia no teatro, fazendo parte do “Grupo Heureca”, como atriz e preparadora vocal do espetáculo "Zé Miséria, Deus e o Diabo", do autor Eriberto Costa, além de produzir o espetáculo “Hades – Uma História de Fé e Revolta”, do dramaturgo Aluízio Guimarães.

A atriz aperfeiçoou sua técnica, dedicando-se à leitura dramatizada de vários clássicos da literatura, juntamente com Fabrício Santana e Ricardo Allysson, seus companheiros de palco.

Atualmente compõe o elenco do grupo “Os Infames”, enveredando por um novo estilo teatral em sua carreira, o stand-up comedy, mostrando desenvoltura e intimidade em suas apresentações.

Fabrício Santana

Da nova geração de atores de stand-up comedy, Fabrício Santana vem se destacando no cenário teatral campinense, por sua irreverência e forma de expressão.

Sua primeira experiência com o teatro foi em 1995, no histórico grupo “Quem Tem Boca é Pra Gritar”, dirigido por Humberto Lopes.

Sua atuação original e descontraída chamou a atenção do diretor Josimar Alves, que em 2000 o convidou para integrar o elenco do “Grupo Heureca” quando firmou-se como ator de comédia, dominando a arte do improviso, sua maior característica.

Traz na bagagem espetáculos com grande sucesso de público, produzidos pela “Cia. de Artes Cênicas Satyricon”, a exemplo de “Deu a Louca na TV”, “Homo Erectus”, e “Sexo.com”, do ator e diretor Flávio Guilherme.

No grupo “Fábrika do Entretenimento” foi a vez do ator brilhar na montagem do espetáculo “A Vingança das Domésticas”, grande sucesso de bilheteria em Campina Grande-PB.

Fabrício realizou diversos trabalhos cênicos e animações em empresas paraibanas, e também gravou comercias de TV para várias campanhas e marcas campinenses.

Além do teatro, o ator se dedica ao curso de Jornalismo, na Universidade Estadual da Paraíba, e desenvolve atividades no campo do audiovisual. Seu documentário “As Voltas do Mundo”, aprovado pelo Ministério da Cultura e Petrobrás sobre como a capoeira, modificou socialmente a vida de dezenas de jovens da cidade de Aroeiras-PB, introduzindo o seu nome na área cinematográfica regional.

Ricardo Allysson

Em 2000, o ator Ricardo Allysson inicia sua carreira artística no “Presépio Vivo do Natal”, encenado por 10 anos em Campina Grande-PB, e foi na pele do Rei Herodes, que ele contracenou com artistas de renome nacional como Mariana Ximenes, Jackson Antunes, Lavínia Vlasak, Danton Melo, dentre outros.

Versátil, Ricardo atuou em espetáculos de drama e comédia, e traz no seu currículo diversas montagens, como por exemplo, “Zé Miséria, Deus e o Diabo”, “Deu a Louca na TV”, “A Vingança das Domésticas”, “A Lenda de Jurupari e “Sexo.com”, sendo dirigido por diretores consagrados.

Ricardo Allysson é um ator que circula em outras linguagens interpretativas, e foi no curso de Arte e Mídia, da Universidade Federal da Paraíba, que o ator mostrou seu talento diversificado, participando dos curtas-metragens “A Hora Certa”, “Interna - Além da Tela”, e do longa-metragem “Tudo Que Deus Criou”, do premiado diretor paraibano, André da Costa Pinto.

Paralelamente à carreira de ator, Ricardo também se dedicou ao mundo da moda, e fez parte do casting de várias agências de modelo, desfilando e gravando comerciais para a televisão.

Hoje, o ator está empenhado no seu mais recente projeto, a montagem do espetáculo de stand-up comedy, “Sábado tem Munganga”, integrando o elenco do grupo “Os Infames”, e além dos palcos, Ricardo é estudante de Direito, na Universidade Estadual da Paraíba.

Atualmente, "Os Infames" apresenta “Sábado Tem Munganga” em Campina Grande.

O “Sábado tem Munganga”, espetáculo apresentado no estilo stand-up comedy, surgiu da necessidade de encenar novos gêneros teatrais, com humor inteligente, livre de censura, sem apelações ou escatologias, podendo assim, ser visto por todas as faixas-etárias. 

Como o gênero comédia sempre fez parte da trajetória dos atores que compõem o elenco de "Os Infames", montar um espetáculo com a mesma temática foi uma tendência inevitável.

Satirizando as mais diversas situações do cotidiano, a trupe parodia e critica de forma perspicaz, os atuais padrões sociais, políticos e culturais, no âmbito regional e nacional.  

No momento, o “Sábado tem Munganga” é o único espetáculo em cartaz na cidade de Campina Grande-PB, com apresentações periódicas, levando ao público campinense mais uma opção de lazer, desde 28 de maio de 2011, formando plateia e movimentando a cena cultural da cidade. 

O diferencial do "Sábado tem Munganga" está na forma como os atores criam seus textos. Distintamente dos grandes nomes do stand-up comedy, que escrevem previamente seus roteiros, o grupo "Os Infames" apenas reúne tópicos acerca dos mais diversos assuntos do cotidiano e o texto vai surgindo de improviso, na hora da apresentação.

Os atores Ana Célia Dias, Fabrício Santana e Ricardo Allysson, produzem um humor de qualidade que é a sua principal meta em todas as suas apresentações. 

“Os Infames”

FACEBOOK:

TWITTER:
@Munganga1

YOUTUBE:
Sábado tem Munganga
Os Infames

BLOG:

CONTATOS:
Ana Célia Dias – (83) 8860-8842/ (83) 3322-4841
Fabrício Santana – (83) 9934-7379/ (83) 3341-5149
Ricardo Allysson – (83) 9924-5448

Vinicius Lyra

Ator de teatro há mais de 10 anos, foi dirigido por grandes nomes do teatro paraibano, dentre eles: Mizael Batista, Genário Dunnas e Tony Silva (teatro Argonautas). Participando dos espetáculos “A Paixão de Cristo”, o clássico infantil “O mágico de Oz” e “Solidão em Preto e Branco” peça ganhadora de dois prêmios regionais sendo indicado na categoria de melhor ator. Vinicius Lyra teve a sua primeira experiência como diretor de teatro remontando “Solidão em Preto e Branco”, de Genário Dunnas. Sua iniciação teatral com Genário foi aperfeiçoada com aulas no grupo de teatro Argonautas, com Tony Silva onde aprimorou o que aprendeu com os diretores anteriores, incluindo Mizael Batista. Atualmente está sendo dirigido pela atriz e diretora Sheilla Martins.

RÁDIO E TELEVISÃO.

Vinicius Lyra é Jornalista Graduado no curso de Radio e TV, na Universidade Federal da Paraíba. No ano de 2008, foi produtor e apresentador do programa Humorístico Show Master pela TV Master. 

No final de 2009 dirigiu o elenco de atores da Minissérie “A Fuga do Menino Jesus” uma peça radiofônica, especial de Natal, transmitida pela Rádio Tabajara.  

Neste ano de 2012 foi convidado pela produção do programa “Tudo é Possível” para participar do quadro “Olim-piadas”. O quadro consiste em uma competição de piadas e o personagem escolhido para ir ao ar foi o “Johnny Rivers”. 

STAND UP COMEDY. 

Em janeiro/2009, iniciou como humorista de Stand Up, fez parte do extinto grupo “Confraria do Humor, período que rendeu várias apresentações e participações em programas locais de rádio e Televisão. 

No início de 2010 foi convidado para abrir os shows do Rafael Cortez, repórter CQC da BAND, do humorista Nairon Barreto - Zé Lezin, Fabio Rabin e do Murilo Gun.  

Vinicius Lyra foi um dos responsáveis pela criação do grupo “Confraria do Humor” com várias temporadas de sucesso no restaurante Yassay do Mag Shopping e do projeto “Natal com Humor”. Atualmente faz participações em grupos de Stand Up Comedy em Recife/PE.

Sobre Stand-up Comedy: 

É uma expressão em língua inglesa que indica um espetáculo de humor normalmente executado por apenas um comediante, estando geralmente em pé e sem o auxílio de qualquer outro jogo de cena. Também conhecido como humor de cara limpa, o stand-up privilegia o humorista munido apenas do microfone, sem personagem, fantasia ou acessórios. O comediante não conta piadas conhecidas do público (anedotas), e sim prepara um material, escrito por ele mesmo, com texto original construído a partir de observações do dia-a-dia. Em outras palavras, trata-se de um sujeito, com cara de pau suficiente para ficar em pé diante de um microfone, de preferência ligado, falando besteira para um público que não o conhece.

Revisão de texto: Edilza Detmering.

Foto: Reprodução/divulgação.



Nenhum comentário:

Postar um comentário