terça-feira, 19 de março de 2013

BRUNO GAUDÊNCIO LANÇA O SEU “ACASO CAOS”





No próximo dia 22 de Março (sexta-feira), às 19h30, no Auditório da Secretaria de Cultura de Campina Grande, localizado ao lado do Terminal de Integração (Antigo Museu Assis Chateaubriand), o escritor campinense Bruno Gaudêncio lançará o seu segundo livro de poemas, intitulado acaso caos, pela Editora Ideia, 93 páginas, no valor de R$ 15 reais. O livro é composto por 43 poemas produzidos entre os anos de 2010 e 2012. Boa parte deles publicados em amostras, coletâneas, blogs, sites e revistas culturais do Brasil e do exterior.

O livro é dividido em duas partes: ruídos do efêmero e elementos do acaso, e representa segundo Bruno Gaudêncio uma tentativa de maturidade poética em relação seu livro de poemas anterior: O Ofício de Engordar as Sombras, publicado em 2009. “Acredito que acaso caos é uma coletânea de poemas mais consistente, mais preocupada com a linguagem e o fazer poético”. O poeta campinense ainda afirmou que realizou algumas homenagens nas páginas do seu livro, dedicando poemas há amigos, a exemplo de José Inácio Vieira de Melo, Fidélia Cassandra e Mirtes Waleska, bem como a cidade de Campina Grande, onde nasceu e reside.

Acaso caos tem capa e ilustrações do artista plástico campinense Flaw Mendes, que se utilizou da técnica da “chamuscagem”, que consiste em impregnar no papel a memória das chamas, ou seja, marcar com fuligem e cinzas o suporte. A obra foi prefaciada pelo poeta, músico e tradutor paraibano radicado em São Paulo Luis Avelima. Além disso, a produção poética conta com texto da orelha composto pelo poeta carioca Sérgio Bernardo e posfácio elaborado pelo poeta e crítico literário paraibano Weslley Barbosa.

Durante o lançamento do livro haverá apresentações musicais e teatrais de artistas amigos do autor. Felipe Dayvson, jovem músico campinense, realizará com seu violão uma incursão entre o erudito e o popular na música brasileira. Já os atores campinenses Cris Leandro, Marcos Moraes e Samantha Pimentel realizarão uma espécie de “poesia encenada”, com a leitura e a declamação de alguns poemas contidos no novo livro de Bruno Gaudêncio.

Além de Campina Grande, a previsão é que o livro acaso caos seja lançado também em diversas cidades paraibanas, a exemplo de João Pessoa, Sousa, Sapé, Guarabira e Boqueirão, durante todo o ano de 2013.

O evento de lançamento em Campina Grande será gratuito. É uma promoção do Núcleo Literário Blecaute, de Campina Grande, formado pelos escritores Bruno Gaudêncio, João Matias de Oliveira, Janaílson Macêdo e Flaw Mendes, responsáveis pela Revista Blecaute. O grupo vem se destacando dentro do cenário literário paraibano contemporâneo, com publicações e eventos realizados.

SOBRE:

BRUNO GAUDÊNCIO

O escritor, jornalista e historiador Bruno Gaudêncio, tem 27 anos e nasceu em Campina Grande, Paraíba. Iniciou a carreira publicando em 2009 a coletânea de poemas O Ofício de Engordar as Sombras (Sal da Terra). Dois anos depois, em 2011, estreou na ficção, com a coletânea de contos Cântico Voraz do Precipício (Editora Via Litterarum).

Nos últimos cinco anos Bruno Gaudêncio publicou poemas em diversas revistas e sites culturais, com destaque para a Correio das Artes (Paraíba), Verbo 21 (Bahia), Diversos Afins (Bahia), Palavrarte (Rio de Janeiro), Bar do Escritor (Distrito Federal), Revista Macondo (São Paulo), Revista Literatas (Moçambique), Orizont Literar Contemporan (Romênia) e Samizdat (Portugal).

O autor é mestre em História pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e graduado em Jornalismo e História pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Atualmente é coeditor da Revista Blecaute, de Literatura e Artes, Membro do Conselho Estadual de Cultura do Estado da Paraíba, Professor de História da Rede Pública Estadual de Educação da Paraíba e Consultor de projetos de Memória Institucional, em Campina Grande.

Ano passado, graças a sua atuação literária e ligação com a memória e a história de Campina Grande, foi escolhido pelo site Grande Campina como sendo uma das cem personalidades mais importantes de Campina Grande em 2012.

ILUSTRADOR FLAW MENDES

Flaw Mendes é artista plástico, ilustrador e poeta. Natural de Campina Grande é formado em Letras pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Especialista em Artes Visuais – pelo SENAC-PB. Estudou desenho e pintura na Escola de Arte Visuais Arimarques Gonçalves, onde posteriormente trabalhou ensinando a alunos novatos.

Editor visual da Revista Literária Blecaute, de Literatura e Artes.

Contato e mais informações com o Escritor, Jornalista e Historiador Bruno Gaudêncio pelos telefones: (83) 8844-9131/9669-5987 ou por e-mail: gaudencio_bruno@yahoo.com.br

Foto: Demetrius Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário