sexta-feira, 14 de novembro de 2014

SARAU TEMOS PALCO CHEGA A PERNAMBUCO NOS DIAS 18 E 25 DE NOVEMBRO, COM PARTICIPAÇÃO DE VÁRIOS ARTISTAS E GRUPOS LOCAIS


A Funarte NE recebe, na Sala Nordeste – na Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura – no Recife (PE), o sarau Temos Palco, nos dias 18 e 25 de novembro, às 19h. Diversos artistas e grupos, música, poesia, rap e embolada participarão do evento. Na iniciativa, a Fundação Nacional de Artes – Funarte tem como principal objetivo incentivar vocações artísticas, valorizar novos talentos e abrir espaço para toda e qualquer expressão de arte, além de promover intercâmbio cultural. A entrada é franca.

Participarão do sarau o Grupo Maracatu Várzea do Capibaribe, que sairá em cortejo da Praça do Arsenal até a Sala Nordeste; um trio de poetas do grupo Escambo Coletivo; o cantor, compositor e guitarrista Alex Mono; a violoncelista Johsi Guimarães; o grupo musical Voz do Capibaribe; e o rapper e repentista de embolada Zé Brown. Ao final, todos os presentes se juntam, para a execução de um tema musical.

O Temos Palco é sempre realizado de forma descontraída e divertida, para que as pessoas criem uma identidade com a ação e se sintam parte desse movimento cultural. A Funarte já levou a programação ao Rio de Janeiro, a São Paulo e a Brasília. Os municípios de Belo Horizonte, Esteio (RS) e Manaus também receberão o evento. Estão abertas as inscrições para as próximas edições – através dos e-mails específicos de cada estado, no Portal da Funarte, www.funarte.gov.br na seção Notícias.

SOBRE:

O SARAU – O Temos Palco surgiu do encontro de jovens durante o Curto Circuito da Juventude, promovido pelo Ministério da Cultura e pela Funarte em março de 2014, em Brasília. Participantes do Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Manaus, Brasília e Recife se reuniram com o MinC. A partir desse encontro, foram realizadas reuniões entre jovens do Rio de Janeiro e Recife com o presidente da Funarte, Guti Fraga, e surgiu a ideia do sarau.

OS ARTISTAS

Maracatu Várzea do Capibaribe - O Maracatu Várzea do Capibaribe foi fundado pelo Mestre Pirulito, visando à formação de agentes multiplicadores da cultura do maracatu, sempre abrindo espaço para artistas e grupos culturais tradicionais.

Escambo Coletivo – Pollyanne Carlos - A poeta Pollyanne Carlos, do município de Paulista (PE), proponente do projeto Paratibe – Rio de Palavras, inscrito no programa Mais Cultura nas Escolas (MEC e MinC) faz um intercâmbio das atividades no seu bairro, Paratibe, com as ações de letramento literário na Escola Municipal Drª Gelda Amorim – entre elas, a Sambada Coco dos Amigos organizada e apresentada pela artista.

Escambo Coletivo – Benoni Codacio – No universo da sua poesia, Benoni Codacio busca sempre o encantamento da literatura de cordel. Participou de eventos como a Bienal Internacional do Livro do Ceará e a Bienal da UNE; e é integrante do Escambo Cultural. Natural de Paulista (PE), o poeta prepara-se para publicar seu primeiro livro Do Lado Esquerdo do Sol.
 
Escambo Coletivo – Policarpo Sendas – Desde 2002, o artista participa de recitais na Região Metropolitana do Recife. Em 2012, publicou seu primeiro livro, intitulado Verve.

Alex Mono – A música de Alex Mono é uma mistura de grooves orgânicas. É uma síntese das influências absorvidas em sua trajetória artística, que vão do baião, cirandas a improvisações jazzísticas. Nos últimos anos, o músico esteve presente em movimentos que defendem políticas públicas para a cultura.

Johsi Guimarães - Nascida em Arcoverde, a violoncelista está, atualmente, em gravação do seu primeiro CD. Além de musicista, Johsi Guimarães participa com frequência de saraus e eventos literários, nos quais recita poesias e faz leituras dramáticas.
 
Voz do Capibaribe – o grupo surgiu da união de três músicos amigos, os cantores Almani Galdino e Rosângela Ribeiro e a violonista Evane Sarmento. Depois entraram Bernardo Belmonte, pandeirista, flautista e pianista e, por último, Gustavo Soares, percussionista. A proposta musical do Voz do Capibaribe é o resgate cultural de autores e músicas do cancioneiro pernambucano e nacional que ficaram no imaginário popular; além de apresentar musicas autorais, em vários estilos, como samba, bossa nova, baião, forró, frevo, ciranda e coco.

Zé Brown – Nascido no Recife, no bairro de Casa Amarela, é embolador, rapper e compositor. O seu trabalho traz elementos da tradição regional, como o repente, o coco de embolada e o maracatu.

SERVIÇO

Sarau Temos Palco
 
Datas: 18 e 25 de novembro (terças-feiras), às 19h
 
Entrada gratuita
 
Local: Sala Nordeste – Funarte
 
Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura
Rua do Bom Jesus, 237 – Bairro do Recife – Recife (PE)
 
Realização: Fundação Nacional de Artes – Funarte /Ministério da Cultura
 
Produção Regional Recife
 
Produtor Executivo: Karuna de Paula/Diego Rafael
 
Assessoria de Comunicação: Thomas Gonçalves/Wallace Fonteneli – RRNE/MinC
(81) 3117 8439

Mais informações

https://www.facebook.com/coletivotemospalco?fref=ts

Informações no Nordeste através do e-mail: reinaldofreire.naldinho@funarte.gov.br

Fonte: http://culturadigital.br/mincnordeste/2014/11/12/sarau-temos-palco-chega-a-pernambuco-nos-dias-18-e-25-de-novembro-com-participacao-de-varios-artistas-e-grupos-locais/


Nenhum comentário:

Postar um comentário