quinta-feira, 19 de março de 2015

MOSAICO CORAL REALIZA CONCERTO CÊNICO-MUSICAL NESTE SÁBADO, 21, NA UFPB

O projeto Mosaico Coral, que surgiu no ano passado após a fusão de dois corais de João Pessoa, sobe aos palcos da Sala de Concertos Radegundis Feitosa neste sábado, 21, em apresentação única às 20h. “TrueColors” é o nome do espetáculo cênico-musical, que envolve 23 cantores e quatro instrumentistas, sob a regência do maestro Onivaldo Júnior.
No repertório, 20 canções são divididas em três blocos: o primeiro, predominantemente de hits internacionais, alguns retrôs (de Aretha Franklin a Frankie Valli, por exemplo), outros mais contemporâneos (como Avril Lavigne); o segundo, com canções de compositores nacionalmente conhecidos, a exemplo de Milton Nascimento, Beto Guedes e Zeca Baleiro, entre outros; e um terceiro, cujo foco é mostrar os talentos de cantores e instrumentistas que integraram o projeto: Alana Franco, Luís Carlos Venceslau e Rammon Felipe.
Cada bloco será aberto por um quarteto solista, que se apresentam como narradores musicais do que será cantado pelo coro. Além das performances vocais, os integrantes também realizam coreografias ou movimentações cênicas na maior parte do espetáculo, que, junto com as trocas de figurinos, fazem jus ao conceito de “Mosaico Coral”.
Os componentes do espetáculo são divididos em seis classificações vocais: Sopranos (Clívia Pontes, Dani Rabelo, Flaviana Dantas, Maria Betânia e Trícia Nunes); Mezzo-Sopranos (Camilla França, Elza Almeida, Mônica Melo, Paula Regina e Salete Lélis); Contraltos (Juliana Araruna, Nathalia Andrade e Vanessa Dantas); Tenores (Ariclenes Araújo, Luciano Albuquerque e Ricardo Gomes); Barítonos (Abidias França, Diôgo Santos e Moisés Fernandes) e Baixos (Hugo Tavares, Raphael Rodrigues, Robson Lima e Thyago Freire). A apresentação conta, ainda, com a participação dos músicos Rammon Felipe (violão), Breno Eduardo (percussão), Alice Lumi (piano) e Fernando Pintassilgo (flauta).
Onivaldo Júnior, que assina a direção musical e regência, é também responsável pela maioria dos arranjos. Concluinte da Licenciatura em Música pela Universidade Federal da Paraíba, ele foi aluno de professores conceituados no que se refere à prática coral em João Pessoa: Tom K, Eduardo Nóbrega, Geraldo Rocha e Eli-Eri Moura, entre outros, com quem recebeu formação em harmonia e regência. Ele idealizou o projeto quando unificou os corais que regia até 2013: o Vocatus (pertencente ao Centro de Ciências da Saúde da UFPB) e o Legatto (grupo independente), além de abrir vagas para novos integrantes.
SERVIÇO:
 Espetáculo “TrueColors”
Data: 21 de março de 2015
Local: Sala de Concertos Radegundis Feitosa (Lamusi/UFPB)
Horário: 20h
Entrada Franca
Fonte: Assessoria de Imprensa PROJETO MOSAICO CORAL.
Foto/arte: Reprodução/divulgação.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário