sexta-feira, 12 de junho de 2015

CINE É PROIBIDO COCHILAR ESTREIA NA CASA DO PATRIMÔNIO DE OLINDA

O Cine É Proibido Cochilar, iniciativa da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC), aporta na Casa do Patrimônio de Olinda – ligada ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN-PE) – no dia 18 de junho, com a sessão de inauguração do Cine no local. A partir das 19h, o público poderá assistir ao documentário pernambucano Rio Doce/CDU e logo após será aberto um espaço para debate com profissionais que fizeram parte do filme, como o montador João Maria e o fotógrafo Beto Martins. Esta ação é fruto de uma parceria que a RRNE/MinC está firmando com a Casa do Patrimônio de Olinda.
O documentário é dirigido por Adelina Pontual e mostra o cotidiano de uma viagem através do itinerário da linha de ônibus Rio Doce/CDU, que cruza vários bairros do subúrbio das cidades de Olinda e de Recife. Ao longo de cerca de uma hora de viagem, conhecidos e anônimos dividem o mesmo espaço e interagem entre si, revelando suas rotinas, lembranças e desejos.
Esta é a primeira de uma série de sessões do Cine é Proibido Cochilar, que serão realizadas quinzenalmente de junho a novembro de 2015, sempre nas primeiras e terceiras quintas-feiras de cada mês, somando um total de 11 exibições. A Casa do Patrimônio fica localizada na Rua do Amparo, número 59, em Olinda. A entrada é gratuita.
TEXTO: Thomas Gonçalves AsCom RRNE/MinC

Nenhum comentário:

Postar um comentário