quarta-feira, 15 de julho de 2015

EM JOÃO PESSOA ESTREIA NO DIA 22 DE JULHO A “CASA DO JULGAMENTO” 2015 COM O TEMA “CADEIAS”

Na capital paraibana, o espetáculo a “Casa do Julgamento”, que este ano completa 10 anos de sucesso, estreia no dia 22 de julho e vem com o tema “Cadeias”.
 
Em sua décima edição, a nova montagem “Cadeias” aborda o drama de jovens e as más companhias que corrompem os bons costumes de uma família. Conseguirá a Justiça humana observar e dar o veredito correto? “É uma realidade. E nós precisamos organizar, gerir, reestruturar e inserir os excluídos com condições à sociedade”, diz o diretor do espetáculo Aldo Galdino.

A primeira apresentação da CASA DO JULGAMENTO® foi em 2006. O espetáculo tem como objetivo temas de relevância social buscando influenciar positivamente os que prestigiam o evento.
 
Mais de 62 mil pessoas já viram o considerado maior espetáculo teatral interativo da Paraíba, que reúne mais de 400 pessoas, fazendo parte do elenco e das áreas do marketing, produção, bilheteria, segurança e recepção.

A montagem fica em cartaz até o dia 01 de agosto, no Ginásio Poliesportivo Ronaldão, com sessões e horários diferenciados: A partir das 19h (segunda a sexta) e às 16h (aos sábados). Sessões até às 23h podendo se estender enquanto tiver público. Não haverá apresentação do espetáculo no dia 26 de julho (domingo).
 
Os ingressos estão à venda no valor de R$ 10,00, mais a doação de 01 (um) quilo de alimento não perecível e 01 (um) produto de higiene pessoal (sabonete, creme ou escova dental).

SOBRE:

A CASA DO JULGAMENTO® – UMA VIAGEM AO SEU DESTINO FINAL – DÉCIMA EDIÇÃO 2015 - A Casa Do Julgamento® surgiu nos Estados Unidos na década de 1980 e já atraiu mais de 06 (seis) milhões de pessoas pelo mundo. Além dos Estados Unidos e Brasil, nações como Canadá, Costa Rica, El Salvador, Ucrânia, Tailândia, Guatemala, entre outros, já receberam a CASA DO JULGAMENTO em mais de 30 anos de história.
 
A proposta do espetáculo é promover a reflexão sobre práticas e valores da vida, da família, morais e espirituais. Diante de uma história impactante e realista, o público é desafiado a tomar decisões a cada momento.

Para cada cena, é formado um pequeno grupo de pessoas que assiste ao espetáculo dentro do cenário. Esse grupo é acompanhado por um "Guia", uma espécie de narrador que introduz e arremata a história antes e depois de cada cena, respectivamente. Em cada recinto, por causa da proximidade com a cena, o público sente e vive intensamente o dilema de cada personagem; cenas empolgantes e ao mesmo tempo comoventes, que propiciam reflexão. Ao todo são sete cenários e as cenas têm duração de aproximadamente 07 (sete) minutos, cada.
 
O projeto Casa do Julgamento conta com pouco mais de 400 profissionais, sendo cerca de 80 atores e outros tantos divididos entre produção e logística para eficácia e funcionalidade do evento, todos envolvidos como agentes de transformação, trabalhando de forma voluntária. A estrutura proporciona conforto, satisfação e garantia de um sensacional espetáculo para o publico.

CIA PARAIBANA DE TEATRO ABNER

Como você agiria hoje se soubesse qual o seu destino após a morte? É com essa intrigante pergunta que a Cia Paraibana de Teatro ABNER completa 14 anos de trajetória, em 2015, trazendo pela décima vez à capital paraibana A Casa Do Julgamento®.

Após o sucesso com as montagens “Apóstolos”, “Seven Days”, “O grande Cowboy”, “Homens de Barro” e “O Deus Pródigo”, a Cia Abner promove mais uma vez o maior Espetáculo de Teatro interativo da Paraíba, visto por mais de 62 mil pessoas, e que, desde sua primeira edição em 2006, vem abordando temas de relevância social buscando influenciar positivamente os que prestigiam o evento. Como à trama de 2013, que foi baseada na Lei N. 11.340/2006, denominada “Lei Maria da Penha”. A cada cena, o público foi impactado com verdades, reeducação ao carinho e respeito à mulher. E no ano passado foram quase 13 mil pessoas que prestigiaram as sete cenas do tema “O que você faria com apenas 59 minutos de vida?”. Nos dez dias em cena, estava o drama de quatro pessoas vivendo suas vidas em diferentes lugares, com diferentes problemas, sonhos e rotinas. A única coisa em comum dos personagens era o fato de que cada um tinha apenas 59 minutos de vida. Levando cada espectador a pensar no que faria nos seus últimos momentos aqui na terra, refletindo e descobrindo se estavam preparados para a eternidade. Como você passaria os últimos 59 minutos de sua vida? Que assuntos inacabados você iria resolver? Você finalmente falaria o quanto ama aquela pessoa? Você chamaria sua família e lhes daria um abraço? Você finalmente tiraria um tempo para pensar em Deus, antes que fosse tarde demais? Como sua vida mudaria se você tivesse apenas... 59 minutos?

FICHA TÉCNICA

Texto: Cadeias

Autoria texto 2015: Aldo Galdino/ Aleh Kiu

Gênero: Drama - Suspense

Direção: Aldo Galdino

Assistente de Direção: Cleide Quirino, Estevão Silvério, Sheilla Martins

Elenco:

• Rodrigo Pereira
• Igor Lima
• Zannyh Olinto
• Eliz
• Keila Ferreira
• Ramon Guimarães
• Ranielson Morais
• Girlene
• Maria Veralúcia
• Pedro Henrique
• Lúcio de Oliveira
• Gilmar Junior
• Renato Catedral
• Íris Rafaelle
• Adriane Rodrigues
• Rafaela Dantas
• Kêmilly Guedes
• Lucianny Morais
• Thiago Rocha
• Ronaldo Júnior
• Roberta Lessa
• Ravicky Abreu
• Deborah Suellen
• Neves Oliveira
• Adna Nunes
• Rayran Félix
• Thienderson Baraúna
• Allan Pires
• Gandhi Nascimento
• Camyla Freitas
• Amanda Karoline
• Tales Sobral
• Juan Pedro
• Lucas Magalhães
• Eduardo Santos
• Julio Cesar
• João Marcos
• Matheus Carvalho
• Everton Lopes
• Lucas André
• Kayke Mattos
• Cristina Carvalho
• Ícaro Mendes
• Jardel Coutinho
• Ailton Tomaz
• Luiz Vam
• Rafael Siqueira
• Wellington Rocha
• Isadora Ribeiro
• Rayssa Guimarães
• Memy Ferreira
• Leonardo Mendes
• Valéria Nascimento
• Leunan Batista
• Eudes Quirino
• Renan Dantas
• Yrlan Kryslan
• Gabi Figueiredo
• Chris Rodrigues
• Wesley Dennis
• Mateus Silva
• Isah Silva
• Anderson Almeida
• Mayara Morais
• Estefânia Araújo
• Stefanny Araújo
• Josiene Dantas
• Raquel Silva
• Karine Andrade
• Rebeca Silva
• Alice Freitas

Criação de Cabelo e Maquiagem: Gilmar Costa e Mariana Lira

Preparação Corporal: Aldo Galdino

Iluminação/Audiovisual: Gibran Melo/ Thales Gadioli

Sonoplastia: Carlinhos Cardoso

Cenografia: Stefania Duarte

Figurino &Adereços: Keila Carneiro/Cleide Quirino/Daniele Silva

Secretaria: Daniele Silva – cj.secretaria2015@gmail.com

Administração: Cia Abner

Fotografia: Aleh Kiu/ Victor Garcia

Designer gráfico: Tiago Rocha Andrade

Assessoria de Imprensa: Sheilla Martins

Direção de Produção: Aldo Galdino

Coordenação de Produção Executiva: Nayara Fagundes

Produção Executiva no Ronaldão:

• Will Wernerck
• Alessa Bruna
• Stefany Bolconte
• Josy Alves
• Géssica Marine
• Débora Marques
• Jonatas Germano
• Wenderson David
• Renan Ítalo
• Emanuel Pires

Realização: Cia Abner

SERVIÇO:

CASA DO JULGAMENTO® 2015 “ Cadeias”

Temporada: 22 de julho a 01 de agosto - Não haverá apresentação do espetáculo no dia 26 de julho (domingo).

Local: Ginásio Poliesportivo Ronaldo Cunha Lima (Ronaldão).

Acessibilidade

Estacionamento

Endereço: Avenida Eng. Agro. Álvaro Ferreira, s/n, Cristo Redentor, João Pessoa/PB.

Capacidade por sessão/sala: 50 pessoas

Horário:

A partir das 19h – (segunda a sexta)

Aos sábados a partir das 16h - (aos sábados)

Sessões até às 23h podendo se estender enquanto tiver público.

Não haverá apresentação do espetáculo no dia 26 de julho (domingo).

Duração: 01h

Passaporte: R$10,00 + mais a doação de 01 (um) quilo de alimento não perecível e 01 (um) produto de higiene pessoal (sabonete, creme ou escova dental).

Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos.

CONTATO PARA ENTREVISTAS E OUTRAS INFORMAÇÕES:

Aldo Galdino (diretor) – Telefone (83) 98806-6886/99988-6617 ou e-mail galdino1000@hotmail.com

Cleide Quirino (produção) – (83) 98828-6886

Site CIA ABNER - www.ciaabner.com.br

Foto/arte: Reprodução/divulgação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário