terça-feira, 29 de setembro de 2015

DIAMANTINA SEDIA O 3º FESTIVAL DE HISTÓRIA

Entre os dias 8 e 11 de outubro, a cidade de Diamantina sedia o 3º Festival de História (fHist). A temática Diálogos Oceânicos representa a troca de conhecimento com Portugal, onde foi realizada a primeira etapa do fHist, na cidade de Braga, em maio deste ano.

Na programação, nove conferências, mesas de debates, oficinas com o objetivo de criar um intercâmbio de ideias sobre as raízes históricas, identidades e a diversidade cultural dos povos de Língua Portuguesa. Os temas são diversos: arte, arquitetura, música, ditadura militar, conflitos sociais e políticos, escravidão, entre outros, que problematizam e instigam a pensar a construção histórica do país.

A presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Jurema Machado, participará da abertura do Festival e irá ministrar palestra na mesa Insurgências Urbanas: direito à cidade e patrimônio cultural, no dia 9 de outubro, às 16h.
 
As abordagens patrimoniais estarão no centro do debate Travessias Barrocas: de Braga ao Arraial do Tijuco, no dia 10, às 16h, com a participação de Andrey Rosenthal Schlee, diretor do Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização DEPAM/Iphan, e mediação do diretor do Departamento de Articulação e Fomento DAF/Iphan, Luiz Philippe Torelly.

Além das palestras, outros atrativos são as oficinas que irão dialogar teorias e linguagens artísticas – pintura e fotografia –, feiras literárias, lançamento de publicações e encontros de prosa com escritores. Os participantes também terão oportunidade de trocar conhecimento com acadêmicos, jornalistas, gestores e outros profissionais.

O Espaço principal do fHist será na Praça Doutor Prado, onde estará montada a Tenda da História. Já o Teatro Santa Izabel e a Casa de Chica da Silva receberão as Oficinas de História, enquanto que o Mercado Velho sediará a Feira de Livros de História, os lançamentos de autores e espetáculos musicais.
 
Texto: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional | Ministério da Cultura
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário