segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

LÚCIA CHIANCA LANÇA SUA NOVA COLEÇÃO “BARROCO TROPICAL PARAIBANO 2016”


O Mosteiro de São Francisco foi o cenário para a produção fotográfica da nova coleção “Barroco Tropical Paraibano 2016” da estilista paraibana Lúcia Chianca.
 
As novas peças da estilista foram criadas exclusivamente para a Oficina de Modelagem e Tecnologia em Produção de Vestuário – Monumentos Bordados que ministrou em Alagoa Nova a convite do Professor Zé Augusto através da PRAC/UFPB - Pró-Reitor Orlando de Cavalcante Villar Filho responsável pelo convênio UFPB e SEBRAE.
 
Lúcia Chianca desenhou e desenvolveu sua nova coleção com o tema do Barroco Paraibano que é único no Brasil tendo como referência a Igreja da Guia de Lucena que conhece desde sua infância. “Eu Busquei extrair o que há de melhor da Igreja São Francisco, Igreja São Bento, de todas as Igrejas que tem todo um referencial do barroco” diz Lúcia Chianca.

As Modelos Fernanda Ferreira e Otaciana dos Santos foram fotografadas por Sebastian Fernandes com produção cabelo e maquiagem do Camarim Studio de Beleza.
 
A Oficina de Modelagem e Tecnologia em Produção de Vestuário – Monumentos Bordados foi realizada pela UFPB, COEX, NARF e Núcleo Artesanal de Alagoa Nova.
 
Atualmente a estilista Lúcia Chianca implantou atendimento personalizado com hora marcada através do e-mail luciachiancaestilista@gmail.com  ou WhatsApp (83) 98889-5483.

SOBRE
 
COLEÇÃO BARROCO TROPICAL PARAIBANO 2016 LÚCIA CHIANCA
 
CONVITE

A coleção Barroco Tropical Paraibano 2016 nasceu do convite que recebeu do Professor Zé Augusto através da PRAC/UFPB - Pró-Reitor Orlando de Cavalcante Villar Filho responsável pelo convênio UFPB e SEBRAE - para ministrar uma Oficina de Modelagem e Tecnologia em Produção de Vestuário – Monumentos Bordados em Alagoa Nova. A Oficina com o tema do Barroco Paraibano que é único no Brasil foi realizada pela UFPB, COEX , NARF e Núcleo Artesanal de Alagoa Nova. Lúcia Chianca desenhou e desenvolveu sua nova coleção tendo como referência a Igreja da Guia de Lucena que conhece desde sua infância.

PESQUISA

Baseado na sugestão do Professor Zé Augusto sobre o Barroco Paraibano a estilista Lúcia Chianca criou uma coleção inspirada no Espírito Santo. “Eu penso muito no Cristo Glorificado é o meu maior referencial desta coleção. Porque até o próprio barroco ele fala sobre abelha que abelha é um animal que trabalha em colmeia, em conjunto, em comunidade. Então foi levado o exemplo da abelha para o barroco através do Papa como abelha trabalha em conjunto. E que o sinal maior de tudo isso é a humanidade trabalhar apoiando uns aos outros com amor ao próximo. Busquei extrair o que há de melhor da Igreja São Francisco, Igreja São Bento, todas as Igrejas que tem todo um referencial do barroco único no Brasil” diz Lúcia.
 
COLEÇÃO

42 peças fazem parte da Coleção que traz nas cores a energia do referencial da Igreja São Francisco e dos Portais da Igreja da Guia – a única que tem o barroco tropical. “Eu acredito muito na minha intuição. Cada desenho sentia a luz do que estava sendo criado. Na confecção das peças trabalhei com tecidos de algodão a seda pura. Para a moda casual criei modelos de uma linha simples do dia-a-dia, fáceis de vestir. São saias bonitas com o teto da Igreja São Francisco. Nesta coleção, eu vou muito no clássico também, introduzi algumas noções de harmonia nas peças, de equilíbrio na linha da história do barroco”.

OFICINA DE MODELAGEM E TECNOLOGIA EM PRODUÇÃO DE VESTUÁRIO – MONUMENTOS BORDADOS - ARTESÃS DE ALAGOA NOVA

Para a Comunidade das Artesãs de Alagoa Nova a Estilista Lúcia Chianca ministrou a Oficina de Modelagem e Tecnologia em Produção de Vestuário – Monumentos Bordados com as suas criações passando conhecimento de modelagem e corte para a turma de profissionais de bordado da cidade. Foram três meses de uma carga horária que o ultrapassou o limite da oficina. “Eu tive uma parceria do antes, do durante e do depois de trabalho intenso com profissionais do bordado da própria Comunidade de Alagoa Nova. Mesmo que ainda não tenham prática em elaborar coleção, eu levei modelagem pronta, peças costuradas, sugestão de desenhos que pude elaborar algumas em conjunto com elas passando conhecimento de modelagem, corte e costura. Incentivei também as artesãs fazerem bijuterias produzidas com fios dourados e pedras naturais. Foram quatro peças criadas por mim e por elas. O importante é o trabalho da artesã sair do óbvio e ir para um trabalho mais arrojado entrando numa linha moderna na parte técnica e de conhecimento. Porque a criação de um processo criativo é dinâmico. Não pode parar, não pode sedimentar, tem que ter orientação. Tem que estar sempre inovando tanto no material e em atividade de criatividade. Por isso é extremamente necessário e importante levar conhecimento de estilista como eu, Ronaldo Fraga e outros para as artesãs. Porque o artesanato precisa melhorar. Alagoa Nova tem bordadeiras excelentes que pode inovar todo o trabalho feito por lá. Esse trabalho da Universidade Federal junto com as Prefeituras é de total importância para o Estado da Paraíba”, declara.

FICHA TÉCNICA

Coleção Barroco Tropical Paraibano 2016 LÚCIA CHIANCA

Local: Mosteiro de São Francisco

Modelos: Fernanda Ferreira e Otaciana dos Santos.

Cabelo e Maquiagem: Camarim Studio de Beleza – Ângela

Realização: UFPB, COEX , NARF e Núcleo Artesanal de Alagoa Nova.

LÚCIA CHIANCA
 
A paraibana Lúcia Chianca, nascida na Cidade de Areia, é Bacharel em Administração pela UFPB/PB, Estilista, Consultora de Moda, Palestrante e Professora de Modelagem.
 
Aos 16 anos desenvolveu a carga genética que herdou da família do pai Waldemar Chianca - o artista/poeta que atuou no tempo do cinema mudo. A avó Rosalina e a tia Leopoldina tinham loja de tecidos na Cidade de Areia e a outra tia, a Isaltina, tinha moderno atelier. Na época o seu primeiro conhecimento foi com a modista de maior sucesso da capital paraibana, Beatriz Motta.
 
Na década dos anos 80 iniciou sua carreira como Estilista no Rio de Janeiro sendo sócia da empresa Zanchi, com Pronta Entrega na Fórum de Ipanema.

Como estilista atuou na Empresa Tubo de Ensaio onde criou as coleções da Fábrica e da Pronta Entrega, realizando viagens ao exterior e participando das Feiras de Moda. Elaborou modelagens para a Fabricato, Ultravioleta, Pop Corn, Folic, Varal, Pepper, Slopper, Mesbla, Fábrica Jeans Gênesis, entre outros. Assinou coleções para a Empresa Anne Fulton, Garota Chic, criação e modelagem da Pronta Entrega Regina Crespi e Stile Tricot. Além dos uniformes profissionais para Ultragaz S/A, de São Paulo, Riotec, Itanhangá Golf Club, Associação Comercial do Rio de Janeiro, entre outros.
 
Lúcia Chianca produziu figurinos para novelas e comerciais como da Novela Roque Santeiro, vinheta da GLOBOSAT, comerciais da Super Sena, campanha da Esso – “Bola premiada do Zagallo”, quatro filmes da Lista Telefônica, campanha da Amil – “Resgate Saúde”, comerciais do IBEU e do Telecurso 2000.

No ano de 1996, a convite da summerjacket, assinou a criação e confecção do figurino da Novela Salsa e Merengue da Rede Globo de Televisão – Núcleo Hans Donner.
 
No mesmo ano através da Empresa Cine Cinematográfica realizou a criação e confecção para o carnaval da Campanha Nacional da BRAHMA estrelada pelas Cantoras Elba Ramalho, Fernanda Abreu e Ivete Sangalo. Além das fantasias dos demais figurantes do comercial. Os dois trabalhos contou com a parceria do estilista Sérgio Bandeira (In Memoriam).

Em 1997, após 18 anos, residindo no Rio de Janeiro, retorna para a Paraíba e inaugura seu Atelier de Alta Costura na capital. Novo começo para difundir seu trabalho como Consultora e Professora investindo também numa pós-graduação para aperfeiçoar seus conhecimentos.

Uma das conquistas de seu retorno ao Nordeste foi o lançamento na Alemanha da Coleção de Alta Costura, com realização do Desfile em Herford, promovido LS Média Group, em 2003. Como também as aulas de moda no CEFET-PB e o desenvolvimento dos ousados projetos com o SEBRAE-PB onde capacitou os artesãos de várias comunidades pelo interior do Estado da Paraíba.

Lúcia Chianca, em 2004, foi Professora do Curso de Formação de Estilistas e Modelistas de Vestuário realizado pelo SEBRAE/PB.
 
De 2006 a 2007 foi professora do Curso de Design de Moda do Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba – CEFET-PB, ministrando a disciplina Estética e Criação.
 
No período 17 de março de 2005 a 18 de fevereiro de 2006 cursou a Pós-Graduação em Gestão Estratégica do Varejo – Aperfeiçoamento Profissional na FIA - Fundação Instituto de Administração, em São Paulo – SP. Além de realizar também em 2006 a Pós-Graduação em Gestão Estratégia do Varejo – Aperfeiçoamento Profissional – executado pelo programa PROVAR – Programa de Administração, instituída por Professores do Departamento da FEA/USP, em São Paulo/SP.

Em 2008 participou do Workshop de Moda com Marie Rucki na Escola São Paulo Espaço de Cultura Contemporânea em São Paulo/SP.
 
Lúcia Chianca volta para o Rio de Janeiro no ano de 2009. Na capital carioca inaugura em Copacabana seu novo Atelier onde conquistou novos clientes criando e confeccionando roupas do dia-a-dia, vestidos de alta costura para festas, casamentos e formaturas.
 
Em 2011 participou do Fashion Business modelando e produzindo peças Coleção outono-inverno, do renomado Luciano Canale, da marca Santa Ephigênia. Esta parceria rendeu também a edição do mês de abril da Revista Estilo que trouxe na capa atriz Camila Pitanga vestida de uma criação do estilista Luciano Canale produzida por Lúcia Chianca.

Lúcia Chianca, em 2012, criou a Coleção lançada no Rio de Janeiro inspirada na “Arte e Natureza”, da bela estética Afro, das Artes Plásticas com o abstracionismo geométrico, utilizando as tendências do mundo da Moda "Color Blocking”.
 
A estilista quando solicitada em seu Atelier no Rio produziu camisas dos shows do cantor Geraldo Azevedo.

A nova coleção 2016 da estilista nasceu do convite que recebeu do Professor Zé Augusto através da PRAC/UFPB - Pró-Reitor Orlando de Cavalcante Villar Filho responsável pelo convênio UEFPB e SEBRAE - para ministrar uma Oficina de Modelagem e Tecnologia em Produção de Vestuário – Monumentos Bordados em Alagoa Nova. A Oficina com o tema do Barroco Paraibano que é único no Brasil foi realizada pela UFPB, COEX , NARF e Núcleo Artesanal de Alagoa Nova. Lúcia Chianca desenhou e desenvolveu sua nova coleção tendo como referência a Igreja da Guia de Lucena que conhece desde sua infância. “Eu Busquei extrair o que a de melhor da Igreja São Francisco, Igreja São Bento, de todas as Igrejas que tem todo um referencial do barroco” diz Lúcia Chianca.

Atualmente implantou atendimento personalizado com hora marcada através do e-mail luciachiancaestilista@gmail.com  ou WhatsApp (83) 98889-5483.
 
Acesse a página Lúcia Chianca Estilista & Consultora de Moda -  https://www.facebook.com/Lúcia-Chianca-Estilista-Consultora-de-Moda-616282398493091/?ref=hl
 
Fotos/crédito: Sebastian Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário