segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

NOVA EDIÇÃO DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO

Celular na mão? R$ 300,00 e 7 pontos na carteira!

Parou na vaga de deficiente físico? R$ 293,00 e 7 pontos na carteira!

Recusar o teste do bafômetro? R$ 3 mil e 1 ano sem dirigir!

20 pontos na carteira em menos de 12 meses? 6 meses sem dirigir!

Por essas razões citadas acima, que a Edipro, editora dos clássicos, lança a 11ª edição do Código de Trânsito Brasileiro (Lei nº 9.503/1997), a obra mais consultada do assunto. O código traz novas leis e valores que entraram em vigor no dia 1 de novembro de 2016. Atualizado com lei nº 13.290 (de 23.5.2016), o livro ainda mostra restrições que já são antigas, porém as pessoas teimam em negligenciá-las, como não mudar de faixa quando a linha é continua.

Esta nova edição inclui os valores de multas atualizados, tabela de codificação de multas, tabela de valores referenciais de velocidade e tabela para enquadramento infracional, padronização dos procedimentos administrativos, são eles: auto de infração, autuação, multa, advertência e notificação eletrônica.

Em compacta versão de bolso, é o instrumento ideal para os agentes de trânsito e para o motorista consciente. O índice remissivo e a menção do arquivo no topo da página facilitam o uso e a consulta desta obra.

Por: Redação Na Boléia

Nenhum comentário:

Postar um comentário