sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

ALERTA: AUMENTO NOS CASOS DE FEBRE AMARELA

Desde o início do mês, tem-se falado muito sobre o surto de febre amarela no País. Em 12 de janeiro, o governo de Minas Gerais decretou situação de emergência em saúde pública por 180 dias nas áreas onde há o surto da doença.

Em cidades, a doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, mas ele não transmite a febre amarela com a mesma eficácia das outras doenças (Zika, Dengue e Chikungunya).

Para falar sobre o tema, colocamos à disposição a equipe de infectologia do Hospital Samaritano de São Paulo.

DADOS RELEVANTES SOBRE O TEMA

• No Brasil, a febre amarela é endêmica nas regiões Norte, Centro-Oeste e em partes das regiões Sudeste, Sul e Nordeste.

• A febre amarela urbana é menos comum.

• O aumento do número de casos é considerado um surto.

• Desde o começo do ano, já foram registrados mais de 150 casos suspeitos de febre amarela e mais de 45 mortes.

• Os sintomas mais comuns são febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos.

HOSPITAL SAMARITANO DE SÃO PAULO

Um dos principais centros de excelência em saúde do País, o Hospital Samaritano de São Paulo completou 121 anos de atividades em 2015. Fundado em 25 de janeiro de 1894, nasceu como primeiro hospital privado da capital paulista e hoje é uma das poucas instituições de saúde que permanece em atividade, em duas passagens de séculos, com recursos do próprio negócio.

É um hospital especializado em Cardiologia, Gastroenterologia, Neurologia, Ortopedia, Oncologia, Trauma, Transplante, Urologia e Ginecologia, Obstetrícia e Perinatologia, com atendimento completo e integrado aos pacientes, com acompanhamento em todas as etapas do tratamento. Além disso, oferece Serviço de Emergência Especializada 24 horas em Ortopedia, Cardiologia, Neurologia e Trauma.

O Complexo Hospitalar do Hospital Samaritano conta com 19 andares, 310 leitos de internação e Unidade de Terapia Intensiva, além de um Centro Cirúrgico com 16 salas para a realização de procedimentos de alta complexidade. Desde 2004, é certificado pela Joint Commission International (JCI), um dos mais importantes órgãos certificadores de padrões de qualidade hospitalar no mundo.

Fonte: BrainStory - Relações com a Mídia – Hospital Samaritano de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário