terça-feira, 4 de abril de 2017

WALCYR CARRASCO FALA SOBRE ENFERMIDADE, PRECONCEITO E SOLIDARIEDADE NO ENREDO DE “A CORRENTE DA VIDA” OBRA PUBLICADA PELA EDITORA MODERNA

Quantas vezes em nossas vidas não nos deparamos com o desconhecido e, automaticamente, estampamos receio daquilo que é novo? Com o preconceito acontece de forma semelhante, porém a apreensão acaba sendo envolta por um véu de temor e desrespeito, como se aquilo que não é comum a nós não pudesse fazer parte de nossas vidas.

Se por um lado o preconceito é uma triste realidade, por outro a solidariedade e a amizade são importantes para vencer as adversidades e combater esses pré-julgamentos. É o que ensina o premiado escritor e dramaturgo Walcyr Carrasco na nova edição de A corrente da vida, obra publicada pela Editora Moderna que aborda o universo da Aids. Com novo conceito visual gráfico, o título ganha atualizações que vão desde a capa até os conteúdos pertinentes as informações e ao tratamento do vírus. “Atualizei o livro entrevistando médicos sobre o que acontece hoje. Faço referência a remédios e a tratamentos surgidos recentemente”, destaca o autor.

Em A corrente da vida, o escritor promete emocionar o leitor com uma história inspirada em um acontecimento de sua vida. “Tudo que está narrado no livro é verdade, embora não tenha acontecido dessa maneira. Aprendi muito sobre a doença e o que acontece nessa terrível enfermidade. Todo esse conhecimento se revelou pequeno quando passei a conviver, de perto, com um amigo muito querido e doente”, revela. A memória do autor e o seu talento de contar histórias unem-se nesse enredo e trazem personagens marcantes que poderiam fazer parte do cotidiano de qualquer jovem leitor.

A trama se desenrola sob o ponto de vista de Raquel, uma estudante que acompanha o adoecimento de seu amigo Nel, portador do vírus HIV. Entre os altos e baixos ocasionados pela doença, Raquel vivencia os dissabores enfrentados por ele, sem deixar que as dolorosas circunstâncias assaltem sua solidariedade e a amizade. Ao longo do livro, Walcyr percorre desde os primeiros sintomas do adoecimento do jovem, até o agravamento do seu problema, revelando ainda a realidade julgadora que acompanha os portadores do vírus. “O problema mais difícil da Aids é que, muitas vezes, é tratada como fofoca. As pessoas ficam mais curiosas em saber como o doente foi contagiado do que preocupadas em ajudar de alguma forma”.

Em contrapartida, o amparo dos que se sensibilizam com o garoto e buscam auxiliá-lo de todas as formas possíveis mostram a grandeza da amizade e a solidariedade nos momentos mais difíceis. “Diante de tanta dor, percebi que há um remédio que todos nós podemos oferecer: o amor incondicional. Faz um bem incrível, ajuda a vencer a tristeza e a enfrentar a difícil batalha”. Para o autor, acompanhar o término da vida de um portador de HIV foi doloroso, porém de intenso aprendizado. “Apesar da tristeza, é uma experiência que nos torna melhores e que só enriqueceu minha vida”.

Preço: R$ 51,00

SOBRE

O AUTOR

Walcyr Carrasco nasceu em 1951 em Bernardino de Campos, SP. Escritor, cronista, dramaturgo e roteirista, com diversos trabalhos premiados, formou-se na Escola de Comunicação e Artes de São Paulo. Por muitos anos trabalhou como jornalista nos maiores veículos de comunicação de São Paulo, ao mesmo tempo que iniciava sua carreira de escritor na revista Recreio. Deste então, escreveu diversas novelas, peças de teatro e publicou mais de trinta livros infantojuvenis, tendo recebido por suas obras muitos prêmios ao longo da carreira. É cronista de revistas semanais e membro da Academia Paulista de Letras, onde recebeu o título de Imortal.

MODERNA

A Moderna na área de Literatura desenvolve projetos para que o aluno-leitor – desde a Educação Infantil até o Ensino Médio – ative sua capacidade de compreender, analisar e refletir sobre os conteúdos estudados. Com obras de ficção, não ficção e arte, o selo disponibiliza recursos para que o professor tenha a sua disposição todas as oportunidades de ensino, tais como: um plano leitor, apresentando os níveis de dificuldade de cada livro; um projeto de leitura, sugerindo atividades criadas por especialistas; e uma assessoria pedagógica específica para a necessidade da escola. Sempre em busca de novos caminhos para a excelência de suas publicações, a Moderna Literatura, numa iniciativa inédita no mercado editorial brasileiro, trouxe, com exclusividade para seu catálogo, todas as obras do renomado autor Pedro Bandeira, criando assim um momento importante para a literatura brasileira infantil e juvenil. O sucesso desta ação foi repetido com a escritora e ilustradora Eva Furnari e com o autor Walcyr Carrasco, cronista, dramaturgo, roteirista, tradutor e adaptador de clássicos da literatura.

Fonte: Moderna Literatura - S2Publicom

Nenhum comentário:

Postar um comentário