sábado, 13 de maio de 2017

MIOLO CELEBRA 6 MESES DE IMERSÃO DE UM LOTE DE ESPUMANTES EM MAR DA FRANÇA

Uma das marcas mais inovadoras e reconhecidas na indústria do vinho, a vinícola Miolo comemora os 6 meses de imersão de um lote do espumante Miolo Cuvée Tradition Brut no mar da província de Bretagne, na França, e anuncia a imersão de um segundo lote ainda este ano.

A Miolo é a primeira empresa brasileira a realizar o processo, que cria caves submarinas em condições ideais: escuridão, umidade total, temperatura e pressão constante.

“A imersão do primeiro lote já está gerando expectativas comerciais no Brasil e no exterior, pois vamos retirar as garrafas entre outubro e novembro deste ano, período em que tradicionalmente aumentam as vendas de espumantes devido às festas de final de ano. Certamente muitos apreciadores e colecionadores vão querer adquirir um exemplar do primeiro produto brasileiro envelhecido em cave submersa”, antecipa Adriano Miolo, superintendente do grupo.

As garrafas do Miolo Cuvée Tradition Brut estão dispostas horizontalmente em um container especial que propicia seu contato direto com as correntes marítimas. Elas serão comercializadas em uma edição especial no Brasil e na Europa.

A ação inédita realizada pela Miolo celebra o sucesso internacional do Cuvée Tradition Brut na França: ele foi o espumante brasileiro mais vendido em Paris em 2016. O rótulo é elaborado no Vale dos Vinhedos (RS) com uvas Chardonnay e Pinot Noir pelo Método Tradicional de fermentação na própria garrafa, o mesmo utilizado pelas maisons francesas para a elaboração de Champagne.

SOBRE O GRUPO MIOLO

O Grupo Miolo possui projetos em 4 regiões do Brasil com vinhedos próprios: em Bento Gonçalves (RS), no Vale dos Vinhedos - Vinícola Miolo (100 hectares); em Candiota (RS), Campanha Meridional - Vinícola Seival (200 hectares); em Santana do Livramento (RS), Campanha Central - Vinícola Almadén (450 hectares); e em Casa Nova (BA), Vale do São Francisco - Vinícola Terranova (200 hectares).

Miolo - www.loja.miolo.com.br

Fonte: CH2A Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário