sábado, 1 de julho de 2017

1° CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE SORVETES-HELADOS É SUCESSO E SUPERA EXPECTATIVAS

Mais de 380 pessoas lotaram o 1° Congresso Latino-Americano de Sorvetes e Helados (CLASH), no Centro de Convenções do Expo Center Norte, em São Paulo (SP). A procura foi intensa, e o evento foi considerado fundamental para o processo de consolidação do setor de sorvetes no Brasil, abordando temas de grande interesse dos profissionais do mercado, cumprindo o objetivo de discutir as principais tendências e estratégias para o futuro do segmento, além de superar as expectativas dos palestrantes, patrocinadores, empresários e participantes.

No primeiro dia de evento, os palestrantes discutiram questões como: qualidade do alimento, estratégias do setor e de vendas, estilos de consumo e de consumidores, nutrição, a importância do food service na comercialização do produto, cenário econômico e perspectivas para o ramo. “Havia tempo que não assistia um congresso tão rico de informações, com profissionais altamente responsáveis e conhecedores dos assuntos apresentados”, revela Luís Becker, diretor da Saint Luiger e participante do evento.

O segundo e último dia de palestras foi intenso e bastante aguardado. Gestão, tecnologia, regulamentação e tributos dos produtos, as novas fusões e aquisições do mercado foram destaques. Instituições do setor alimentício e da indústria também marcaram presença.

De acordo com Vanessa Bergamini Martins, Marketing Bakery&Frozen Desserts da DuPont Nutrition&Health, foi uma honra compartilhar informações de consumidores e tendências. “Este é um evento que vem para apoiar o mercado de sorvetes, com novidades, tendências, processos de melhorias e qualidade que são de extrema importância para o produtor. O congresso foi positivo e esperamos que, em breve, possa ser replicado em outros países da América do Sul e consolidar-se como o evento regional de sorvetes de máxima importância para o setor”, afirma Vanessa.

Ao lado de outros empresários da América Latina, o presidente da ABIS, Eduardo Weisberg, aproveitou a oportunidade para o lançamento da Associação Latino-Americana de Sorvetes – Helados (ALASH). Com objetivo de disseminar informações e representar o setor nos países latino-americanos, a ALASH é uma grande conquista. “Demos um importante passo para a organização do mercado de sorvetes no Brasil e em outros países da América Latina. Com um trabalho em conjunto, temos a certeza de que muito será feito pelo desenvolvimento das empresas”, afirma Weisberg.

Após o congresso, os participantes puderam visitar a Fispal Sorvetes, realizada na mesma data, no Expo Center Norte.

SOBRE A ABIS

Fundada em 2002, a Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (ABIS) representa toda a cadeia produtiva, inclusive sorveterias e gelaterias artesanais, e tem por objetivo contribuir para o desenvolvimento contínuo das empresas do setor. Por meio da divulgação das vantagens e benefícios do sorvete, ressaltando sempre sua qualidade e seu valor nutritivo, a entidade procura criar condições adequadas para o crescimento das empresas associadas. Atualmente, o Brasil conta com oito mil empresas ligadas à produção e comercialização de sorvete. O setor gera 75 mil empregos diretos e 200 mil indiretos, tendo um faturamento anual acima de R$ 12 bi.

Fonte/Foto-reprodução/divulgação: ML&A Comunicações




Nenhum comentário:

Postar um comentário