sábado, 1 de julho de 2017

TRÊS AUTORAS NORTE-AMERICANAS CONFIRMAM PRESENÇA NA XVIII BIENAL DO LIVRO RIO


Fenômenos de vendas no Brasil e no mundo, três escritoras norte-americanas já confirmaram presença na XVIII Bienal do Livro Rio, que acontece de 31 de agosto a 10 de setembro no Riocentro, na Barra da Tijuca. Duas delas foram escolhidas pelo público em enquete realizada na página oficial da Bienal do Livro Rio no Facebook: Abbi Glines e Gayle Forman, autoras de “Mais uma chance” e “Se eu ficar”, respectivamente. A dupla tem diversos livros na lista de mais vendidos do The New York Times e outros grandes jornais americanos.

A terceira confirmada é a rainha do Thriller policial Karin Slaughter, uma das escritoras mais populares e bem-sucedidas do mundo. Com mais de 35 milhões de exemplares vendidos e 15 romances publicados, em 36 idiomas, a autora é mestre em colocar o leitor na cena do crime. Em 2016, ela lançou seu primeiro thriller psicológico: 'Flores partidas'.

Nova curadoria - Promovido e organizado pela Fagga | GL events Exhibitions e realizado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), a próxima edição da Bienal contará com dois nomes de peso da cultura brasileira. Rosane Svartman – premiada autora de livros, novelas, filmes e séries – será responsável pela curadoria das Atividades Jovem. Já as Atividades Infantis ficam a cargo de Daniela Chindler, autora de livros projetos de incentivo à leitura e à cultura no Brasil. Daniela retorna à Bienal, onde já foi curadora da programação infanto-juvenil em 1997 e 1999. O editor e historiador Rodrigo Lacerda continua na curadoria do Café Literário, espaço cultural mais tradicional do evento.

A Bienal do Livro Rio é o maior evento literário do Brasil – uma festa que aproxima escritores, editores, livreiros, professores, estudantes e leitores de todas as idades e perfis.

Os realizadores:

Fagga | GL events Exhibitions – Referência em promoção e organização de feiras e eventos no Brasil, a Fagga | GL events Exhibitions está no mercado há mais meio século e é responsável pela realização de mais de 20 feiras de negócios e entretenimento por ano no país. Desde 2006, faz parte de um dos maiores grupos do setor de eventos no mundo, a francesa GL events. A multinacional é a única da América Latina a trabalhar com toda a cadeia da produção de eventos.

SNEL – O Sindicato Nacional dos Editores de Livros é uma sociedade civil que tem como objetivo o estudo e a coordenação das atividades editorais no Brasil, assim como a representação legal da categoria de livros e publicações culturais. Sua missão é dar suporte à classe nas áreas de direitos autorais, biblioteconomia, trabalhista, contábil e fiscal.

Fonte: Danthi Comunicações







Nenhum comentário:

Postar um comentário