sábado, 26 de agosto de 2017

NATURAL WONDER AMPLIA SUAS VENDAS ONLINE EM E-COMMERCE PRÓPRIO E LOJAS PARCEIRAS

Além de encontrar o melhor Sal Rosa do país em seu e-commerce, que recentemente foi reformulado (https://naturalwonder.com.br/), o produto também pode ser adquirido em importantes parceiros como Bella Dona Natural, E-cycle, Lar Natural, Loja da Mimo, Sensis e na Mil Grãos, com todo conforto e comodidade.

Para quem ainda não conhece a Natural Wonder, responsável pela comercialização do Sal Rosa há 15 anos no Brasil, ela oferece ao consumidor um produto original e puro,que é extraído e limpo no Paquistão – um dos cinco países que fazem parte do Himalaia. Por possuir uma parceria exclusiva com o maior fornecedor alemão de Sal do Himalaia, único que atende toda a Europa, Estados Unidos e outros países por possuir o certificado IFS (International Featured Standard) e que garante aos clientes mais exigentes a melhor origem e melhor qualidade do produto em todo mundo, a marca garante aos seus clientes o melhor Sal Rosa do planeta.

Com uma vasta gama de produtos, desde o próprio sal – nas versões fino, médio (única marca que possui essa moagem), e incluindo luminárias e porta-velas feitas artesanalmente com o produto, ela também foi pioneira a ter o Sal Rosa para Banho, lançado em 2017. Com benefícios à mente e ao equilíbrio do organismo, o sal rosa da Natural Wonder possui 84 minerais naturais necessários ao bom funcionamento do corpo humano, como cálcio, potássio, zinco, cobre, entre outros.

“Por tudo isso, o Sal Rosa é muito utilizado para enriquecer a alimentação e para vários tipos de tratamentos terapêuticos e estéticos”, explica Valéria Simonini Yoshida, sócia da Natural Wonder. “É justamente por esses benefícios que o Sal Rosa é considerado o Sal mais puro do planeta e indicado por médicos, nutricionistas e esteticistas”, complementa Andrés Vicencio, sócio da marca.

Para saber mais sobre os benefícios do produto e toda sua gama de itens, acesse: https://naturalwonder.com.br/

Foto: Reprodução/divulgação

Fonte: Assessoria de imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário