sábado, 2 de dezembro de 2017

EDUARDO SPOHR COMEMORA 10 ANOS DO LANÇAMENTO DE “A BATALHA DO APOCALIPSE” COM EVENTO EM SÃO PAULO


Em 2010, Eduardo Spohr publicou na Verus “A batalha do Apocalipse”. O livro, que havia sido lançado de forma independente em 2007 pelo site Jovem Nerd - portal de notícias e entretenimento sobre a cultura pop - já mostrava a que veio: mais de quatro mil exemplares vendidos em apenas três meses em uma tiragem bancada pelo próprio autor. Na Verus, uma editora com distribuição nacional, o sucesso foi arrebatador. A obra alcançou as listas de best-sellers dos principais veículos, no mesmo ano de lançamento ganhou edição especial com capítulos extras e hoje já soma mais de 518 mil exemplares vendidos.

“A batalha do Apocalipse” foi a estreia de Spohr na literatura fantástica nacional, que ganhava maior visibilidade na década de 2000. Com inspirações em filmes como “Anjos rebeldes”, HQs, animes e, claro, no universo do RPG, a história gira em torno de Ablon, um anjo renegado que vive o dilema de não poder se juntar às tropas do Bem, mas que também não quer ceder às tentações do Mal.

Após a criação da Terra, Yahweh, nomenclatura de Deus, descansa em seu último dia, que tem duração bem maior que as 24 horas terrestres. Neste período, cinco arcanjos – a maior hierarquia angélica - assumem as responsabilidades do universo: Miguel, Gabriel, Rafael, Uziel e Lúcifer. A tirania dos arcanjos gera uma rebelião entre os demais anjos, entre eles, Ablon. Porém, a conspiração fracassa e os participantes são expulsos do plano onde habitam e são obrigados a viver junto dos humanos.

O autor aprofunda a história através de flashbacks que levam o leitor por civilizações antigas como Babilônia, Roma e Terra Média. Apesar de os personagens centrais de “A batalha do Apocalipse” serem anjos e demônios, este é um livro sobre questões humanas, uma jornada de conhecimento recheada de lutas épicas.

Carioca, fã de Bernard Cornwell e nerd assumido, Eduardo Spohr já deixou a sua marca na história do mercado literário brasileiro e vai alcançar em breve a marca de um milhão de livros vendidos. Atualmente são mais de 970 mil, considerando a sua tetralogia. Spohr já lançou “A batalha do Apocalipse” também na Turquia, na Holanda e em Portugal.

Eduardo Spohr tem um público diversificado e é a prova de que literatura fantástica pode interessar a leitores de todos os gêneros e faixas etárias. Suas palestras são muito concorridas e sempre lotam. Nas Bienais do Livro que já participou, autografou durante horas, em cada sessão, para milhares de fãs. Muitos deles levam o mesmo livro para ser assinado mais uma, duas, três vezes, com a data de cada evento.

“O que proporcionou essa diversidade de público, ao meu ver, foi o acesso mais fácil às minhas obras, mas também gosto de pensar que as histórias que escrevo são capazes de tocar qualquer um que esteja disposto a escutá-las. Pelo menos, é isso o que eu tenho em mente ao escrever: tento abordar, através das mitologias, aspectos que sejam comuns e universais, temáticas que apesar da sua “capa” fantástica possam ser entendidas e vivenciadas por todos”, disse o autor.

Para comemorar os 10 anos do livro “A batalha do Apocalipse”, Eduardo Spohr estará, às 19h, no Teatro Maria Della Costa, em São Paulo, para um bate-papo seguido de sessão de autógrafos. Os membros do Jovem Nerd, Deive Pazos e Alexandre Ottoni também participarão do encontro.

“Nos dez anos da primeira publicação de "A batalha do Apocalipse", só o que eu tenho a fazer é agradecer aos meus leitores. Foram eles, antes de todos, que me proporcionaram viver como escritor e continuar contando as minhas histórias. Espero que o nosso encontro em dezembro seja uma celebração dessa união, entre autor, leitor, a galera do Jovem Nerd, que acreditou em mim, e a editora Record, que topou contratar os meus livros e levá-los às livrarias. O sentimento é de gratidão por todas essas pessoas.”, disse Spohr.

Sobre o autor:

Eduardo Spohr nasceu em junho de 1976, no Rio de Janeiro. Filho de piloto de avião e de uma comissária de bordo, teve a oportunidade de viajar pelo mundo, conhecendo culturas e povos diferentes. A paixão pela literatura e o fascínio pelo estudo da história o levaram a cursar comunicação social. Formou-se pela PUC-Rio em 2001 e se especializou em mídias digitais. Trabalhou como repórter no Cadê Notícias, StarMedia e IG, como analista de conteúdo do iBest e depois como editor do portal Click21. Eduardo também é participante regular no NerdCast, o podcast do site Jovem Nerd.

Serviço:

Bate Papo – 10 anos Batalha do Apocalipse

03/12 Teatro Maria Della Costa, 11h

R. Paim, 72 - Bela Vista, SP

Eduardo Spohr

Páginas: 588

Preço: R$ 49,90

Verus Editora

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário