quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

DOGHERO LEVANTA R$ 8 MILHÕES PARA IMPULSIONAR O CRESCIMENTO NA AMÉRICA LATINA


A DogHero, aplicativo que conecta pais de cachorro a anfitriões que hospedam pets em casa, acaba de levantar R$ 8 milhões em investimento. Liderada pelos fundos Global Founders Capital (alemão) e IGNIA Partners (mexicano), a nova rodada teve a participação dos investidores anteriores Monashees e Kaszek Ventures. O investimento vai permitir que a empresa acelere o crescimento e se consolide como um hub de serviços para animais de estimação na América Latina — onde vivem mais de 100 milhões de cães.

Em três anos de história, a brasileira DogHero construiu uma base de 15.000 anfitriões em 650 cidades de todo o Brasil e mais de 1.100 em 20 cidades da Argentina (país em que opera desde junho de 2017). "A receita cresceu três vezes no ano passado, fortalecendo nossa posição como maior player de hospedagem para animais no Brasil e na Argentina", diz Fernando Gadotti, cofundador da empresa. Em julho de 2016, a startup já havia levantado R$ 8 milhões (liderada por Monashees, com participação da Kaszek Ventures). Até hoje, a empresa recebeu cerca de R$ 18 milhões em investimento.

O serviço de hospedagem traz conforto e segurança aos tutores de cães que precisam viajar. "O que temos no mercado hoje são hotéis que oferecem serviços com preço elevado e impessoais onde, na maioria das vezes, o cãozinho dorme em gaiolas ou canis", acrescenta Eduardo Baer, cofundador da DogHero. "Nossos anfitriões estão preparados para cuidar dos cachorrinhos com cuidado e carinho — com eles está liberado subir no sofá e na cama, como em casa". É um negócio que cresceu em boa parte graças ao boca a boca: 98% dos clientes recomendam DogHero para amigos e familiares.

O objetivo da empresa em 2018 é lançar serviços complementares, como dog walking (passeios de cães); duplicar o número de funcionários; e continuar a expansão em toda a América Latina. "Estamos empolgados em ajudar a levar a DogHero ao México e suprir uma enorme necessidade dos 20 milhões de tutores de cães do país", afirma Alvaro Rodríguez Arregui, cofundador e sócio-gerente da IGNIA. "A DogHero é o nosso primeiro investimento no Brasil e não vejo uma melhor forma de fazê-lo do que em conjunto com o time de alto nível que a empresa tem. Nós também estamos felizes em ter como parceiros Monashees, Kaszek e Global Founders Capital."

"Estamos muito satisfeitos em apoiar a DogHero, uma das protagonistas da economia de compartilhamento da América Latina com uma equipe excepcional", diz Fabricio Pettená, diretor da Global Founders Capital na América Latina. "Os países latinos, particularmente o Brasil, são mercados fantásticos para serviços e produtos para pets".

"Nosso objetivo é fornecer soluções cada vez mais surpreendentes para pais de cachorro. Isso é o que nos motiva", afirma Gadotti.

SOBRE A DOGHERO

Empresa que oferece residência domiciliar e personalizada aos cachorros, a DogHero é um aplicativo que permite que o tutor do animal selecione o melhor anfitrião para receber e cuidar de seu animal em sua ausência. Com atendimento diferenciado e afetuoso, a empresa cuida de todos os detalhes da estadia do pet, oferecendo assistência em caso de eventuais acidentes, além de todo o suporte de contato à distância entre os responsáveis e seus bichos. Qualquer amante de animais pode se candidatar para ser um anfitrião DogHero, basta entrar no site e se cadastrar - mas só são aprovadas as pessoas que possuem perfil e oferecem uma estadia confortável e satisfatória ao cachorro.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário