domingo, 25 de março de 2018

CHEF FELIPE BRONZE SERVE ALMOÇO EM LANÇAMENTO DO BEACH PARK







O Beach Park irá inaugurar, ainda neste ano, a sua 19ª atração, o Vainkará, que já está sendo construído. Para a coletiva de imprensa, o parque que tem como lema a frase “a onda é ser feliz agora”, resolveu unir diversão a gastronomia de alta qualidade. O chef Felipe Bronze foi mais do que o cozinheiro, foi também o condutor de toda a brincadeira. O cardápio, previamente elaborado pelo chef junto com o chef do Beach Park, Bernard Twardy, chegou em forma de quiz para os convidados.

A entrada começou com um Sirigado, peixe local, em crosta de coco e castanha de caju, ravióli de banana da terra, nuggets de jaca e consome de misso e seriguela. O prato principal foi um baião de cabrito Quixadá, espuma de manteiga de garrafa, picles de jerimum e compressa de biquinho e umbu-cajá. A sobremesa finalizou o almoço com chave de ouro, um bavaroise de laranja queimada, cruumble de castanha de caju, gel de especiarias e espuma de rapadura defumada. Além de muito bem servidos, o quiz para acertar os ingredientes de cada prato também foi uma oportunidade de mostrar um pouco mais da cultura local do Nordeste.

No estilo Tornado Wave, a novidade é o primeiro equipamento da categoria da América Latina e o segundo do mundo. O visitante terá que encarar uma altura de quase 25 metros, passando por duas rampas que fazem parte do trajeto e deixam as boias praticamente em posição vertical. A sensação é única e emocionante, como se estivesse “dropando na crista de uma onda”. As pistas de entrada de alta velocidade manobram com os usuários em boias de até 4 lugares pelas curvas e mergulhos. O suspense tem o seu auge quando a primeira queda íngreme, bem escura, aparece e faz com que a boia encontre uma grande onda. Antes que o visitante possa tomar fôlego, já encontra uma segunda onda que deixa o brinquedo ainda mais radical.

O frio na barriga é inevitável e a sensação de gravidade zero faz com que o trajeto de 30 a 40 segundos dure uma eternidade.

Em 2017, o modelo double wave foi eleito pela IAAPA (Associação Internacional de Parques de Diversão) como a melhor atração aquática do ano. O design e cores seguem a ideia do Vaikuntudo, sendo o azul e o verde inspirados no mar do Ceará e as cores mais fortes como o vermelho, amarelo e laranja criadas para gerar um aspecto visual de velocidade, adrenalina e suspense.

O Vainkará é um projeto desenvolvido pelo Dream Engineers (Engenheiros Sonhadores), departamento do Beach Park responsável por criar as melhores e inéditas novidades para os visitantes em parceria com a maior fabricante de toboáguas do mundo, a empresa canadense ProSlide. 

Além da inauguração da atração, o Beach Park vai trazer mais uma novidade: o desenvolvimento de uma tecnologia inovadora e de aplicação inédita no mundo, em parceria com a Visa, empresa global de tecnologia de pagamentos, e a Getnet, empresa de tecnologia do grupo Santander. Com a gravação da sua experiência durante a descida no Vainkará, na saída da atração, o cliente verá o seu vídeo e receberá via SMS.

A parceria tem o objetivo de proporcionar tecnologia e integração entre as três empresas para garantir benefícios e experiências exclusivas, novas soluções de pagamento e atrações diferenciadas durante a visitação no parque. "Trabalhamos para proporcionar a melhor experiência possível para os nossos visitantes. Estamos animados para transformar, por meio da tecnologia proporcionada pela parceria com Visa e Getnet, a experiência de todos que vierem ao Beach Park.", afirma Murilo Pascoal, Diretor Geral do Beach Park Entretenimento. As tecnologias que serão utilizadas possibilitam mais diversão, segurança, comodidade e conteúdo para ser compartilhado aos visitantes.

Os parceiros estudam implantar uma nova tecnologia desde o momento da entrada no parque até a experimentação das atrações: a pulseira de identificação eletrônica poderá também ser usada para compras em todas as maquininhas sem fio disponíveis no parque e também fora do parque, uma aplicação inédita no mundo.

As três empresas estão atuando em conjunto para entregar novas tecnologias que proporcionarão ao cliente uma interação 100% digital. O projeto consiste numa pulseira que pode ser usada como forma de pagamento em qualquer estabelecimento do Beach Park, em todas as maquininhas da Getnet. “Entendemos que tínhamos uma oportunidade diferenciada com o Beach Park, e estamos trabalhando de forma integrada no projeto desde o desenho da estratégia até a entrega da solução customizada, tudo para proporcionar uma experiência diferenciada para quem vende e para quem compra”, afirmou Pedro Coutinho, CEO da Getnet.

“Ser um early adopter da tecnologia reforça a relevância e o protagonismo do Beach Park, Getnet e da Visa no Brasil. Temos a convicção de que esse projeto será referência e vitrine de inovação e conveniência no País e no mundo”, afirma Nuno Lopes Alves, vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios da Visa do Brasil. “A pulseira usará a tecnologia contactless da Visa, uma de nossas prioridades do ano, para trazer ainda mais agilidade e segurança para o visitante”, conclui o executivo.

A pulseira ainda permitirá que o visitante use o valor remanescente em compras, assim como recarregar com novos valores, mesmo que esteja em outros estabelecimentos fora do Beach Park que aceitem a tecnologia contactless.


Fotos: Divulgação.
Fonte: TMKRS Assessoria / Marcella Paula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário