quarta-feira, 7 de março de 2018

OBRAS DE ANTONIO BENETAZZO CHEGAM AO GOOGLE ARTS&CULTURE


As obras de Antonio Benetazzo, artista plástico e militante político assassinado pela ditadura militar no Brasil em 1972, agora estão disponíveis no acervo do Instituto Vladimir Herzog (IVH) no Google Arts&Culture. A exposição sobre o artista apresenta diferentes fases de sua produção e faz parte da nova etapa do projeto “O que é Arte Contemporânea?”. A iniciativa global conta com conteúdo de 50 instituições parceiras ao redor do mundo, para disponibilizar ao público mais de sete mil obras de arte, incluindo pinturas, esculturas e outras peças aclamadas pela crítica nos séculos XX e XXI.

No Brasil, o projeto “O que é Arte Contemporânea?” foi desenvolvido em colaboração com o Instituto Vladimir Herzog e mais outras 14 instituições culturais de renome para trazer 50 exposições, com mais de 3.200 obras que revelam detalhes da arte contemporânea brasileira. É possível conferir em alta resolução mais de 500 obras capturadas pela Art Camera do Google, realizar 6 tours pelas instituições pelo Street View e também 2 passeios em Realidade Virtual.

O acervo do IVH, disponibilizado no Google Arts&Culture, inclui:

● Três exposições: o visitante pode acompanhar três diferentes fases da produção artística de Benetazzo: a biografia do artista e seus anos de formação; estudos em nanquim e obras de engajamento político; e em plena ditadura, a poesia, a crítica e a clandestinidade política.

● Zoom digital: com o recurso de zoom da plataforma Arts&Culture, o visitante consegue ver detalhes das obras que não ficavam visíveis em exposições físicas, especialmente em obras muito pequenas (10x10 cm, por exemplo) ou com traços muito delicados (caso das obras em nanquim).

● Depoimentos exclusivos: estão disponíveis quatro vídeos com entrevistas exclusivas de Reinaldo Cardenuto, curador das obras, e Rogério Sottili, diretor executivo do IVH, em que os dois exploram todo o processo de pesquisa e montagem da exposição que recuperou o trabalho de Benetazzo.

● Documentário Entre Imagens - (Intervalos): documentário que trata da vida e da obra do artista ítalo-brasileiro e apresentado como parte integrante da exposição no Arts&Culture. Com direção de André Fratti Costa e Reinaldo Cardenuto, o filme-ensaio foi exibido em importantes festivais, como a 19ª Mostra de Cinema de Tiradentes, Mostra de Curta CCBB, 16ª Mostra de Curta Goiânia, a mostra francesa Brésil en Mouvement e VII Festival Pachamama, onde foi premiado na categoria Melhor Curta Metragem.

Rogério Sottili, diretor executivo do Instituto Vladimir Herzog, afirma que "a possibilidade de expor permanentemente as obras de Benetazzo ao lado de nomes já consagrados da Arte Contemporânea é uma conquista fundamental para o Direito à Memória, à Verdade e à Justiça. É uma ação que recoloca um dos maiores artistas deste país em seu lugar merecido na história da arte e da cultura brasileira. A trajetória artística de Benetazzo ficou desconhecida do público por muitos anos, após sua história ter sido apagada pela ditadura militar. Poder apresentá-la ao mundo todo, com as inovações tecnológicas únicas que o Arts&Culture proporciona, é um grande passo para nós. O trabalho de Benetazzo merecia ser democratizado e conhecido por todos".

No início de outubro, o Google Arts&Culture iniciou o projeto “O que é Arte Contemporânea?” com instituições como o Modern Art Oxford, além de MoMa, Brooklyn Museum e outras, para levantar a questão do que é arte contemporânea e oferecer às pessoas uma viagem por museus e obras espalhados pelo mundo, como:

● Todas as obras de León Ferrari pertencentes à coleção do Museo de Arte Moderno de Buenos Aires (MAMBA)

● Uma instalação feita por Ai Weiwei na Dinamarca em homenagem ao Dia Mundial do Refugiado da ONU.

● Todas as obras integrantes da 15ª Bienal de Istambul.

● As produções de artistas tanto emergentes quanto mais estabelecidos que marcaram a volta do movimento de miniatura do Paquistão.

● As produções de artistas sul-africanos contemporâneos, nas exposições organizadas por Johannesburg Art Gallery.

● E os destaques de museus importantes, como Serralves, em Portugal; Mathaf: Arab Museum of Modern Art, no Quatar; e Barjeel Art Foundation, nos Emirados Árabes.

A exposição “O que é Arte Contemporânea?” está disponível on-line em g.co/contemporaryart e pelo aplicativo do Google Arts & Culture no iOS e Android.

Sobre

Instituto Vladimir Herzog

Criado em 25 de junho de 2009, o Instituto Vladimir Herzog tem a missão de lutar pelos Direitos Humanos, pela Democracia e pela Liberdade de Expressão. Sua fundação se inspirou na trajetória de vida do jornalista Vladimir Herzog, assassinado em 1975 pela ditadura, bem como nos principais valores ligados a essa trajetória. Tendo como bandeira a frase de Herzog “Quando perdemos a capacidade de nos indignarmos com as atrocidades praticadas contra outros, perdemos também o direito de nos considerarmos seres humanos civilizados”, o IVH é uma organização sem fins lucrativos, com neutralidade político-partidária.

Mais informações podem ser encontradas no endereço www.vladimirherzog.org

Google Arts & Culture

O Google Arts & Culture coloca mais de mil museus ao seu alcance. É uma maneira nova e imersiva de explorar a arte, a história e as maravilhas do mundo. O aplicativo Google Arts & Culture é gratuito e está disponível na web, para iOS e Android. A equipe do Google Arts & Culture é um parceiro inovador de instituições culturais. A equipe trabalha com tecnologias que ajudam a preservar e compartilhar cultura e permite que os curadores criem exposições envolventes on-line e off-line, dentro de museus.

Fonte: Assessoria de Imprensa



Nenhum comentário:

Postar um comentário