sexta-feira, 6 de abril de 2018

VINHO: UMA BOA PEDIDA PARA ACOMPANHAR OS JOGOS NA COPA DO MUNDO?



Com a proximidade da Copa do Mundo de 2018, já é possível observar uma movimentação intensa dos brasileiros que começam a imaginar o que farão durante os dias que prometem dar uma emoção a mais no dia a dia do país. E um dos detalhes que nunca podem faltar é a tradicional cervejinha, muito apreciada pelos brasileiros. Mas, e que tal inovar nesta edição do torneio e fazer um pouco diferente? Os vinhos estão aí para isso e são, com certeza, uma excelente alternativa.

Para se ter uma ideia, as opções da bebida são tantas que é preciso foco para não se perder em meio aos mais variados sabores, teores alcoólicos e até mesmo o que pode ser o acompanhamento perfeito durante o torneio mundial. Sabe-se que, para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, os meses de junho e julho são o período de inverno, ou seja, a pedida são os vinhos tintos. Já para quem mora no Norte e Nordeste, é o alto verão, o que combina perfeitamente com um bom espumante ou vinho rose bem gelados.

Pensando nessas combinações incríveis e interessantes, Joca Ururahy, da House of Wine, loja de vinhos e espumantes onde o foco é a experiência a satisfação do cliente, preparou uma seleção com alguns rótulos que valem a pena a degustação durante a primeira rodada dos jogos do Brasil e de outras partidas interessantes durante a Copa. Sem contar que é possível fazer um verdadeiro “embate” entre o Brasil e seus adversários também no quesito “qual o melhor vinho”. Confira:

Brasil x Suíça – Domingo, 17/06 às 15h

Para o primeiro jogo oficial do Brasil, o mais bacana é que acontecerá durante o período da tarde, ou seja, já é possível começar a degustar um bom vinho sem medo do horário. Vale lembrar ainda que muitos brasileiros são normalmente dispensados do trabalho quando os jogos da seleção acontecem nesse período do dia.

Se nos campos ainda não sabemos quem vai ganhar na taça de vinho a vitória já é garantida: dá Brasil! E sabe o motivo? A Suíça não é um país que exporta muito a bebida, apesar de ser uma produtora muito importante na Europa.

Aqui a melhor pedida é escolher um vinho brasileiro: para um tinto aposte no Malbec Vintage Don Guerino e para um espumante experimente o Don Guerino Brut. E como aperitivos? Uma boa tábua de queijos, salames e até mesmo filezinhos de frango ou peixe caem muito bem.

Brasil x Costa Rica – Sexta-feira, 22/06 – 9h

No segundo embate do Brasil durante a Copa o horário do jogo é bem cedo, às 9h. Mas, isso não significa que o brasileiro não possa degustar uma bebida logo de manhã. Muito pelo contrário! Se estiver tranquilo do trabalho, por exemplo, é possível ter mais liberdade para degustar uma bebida como o vinho ou champagne, em doses moderadas, e nunca se esquecendo de tomar um bom e reforçado café da manhã antes.

Aqui, mais uma vez, quem sai ganhando é o Brasil! A Costa Rica ainda é uma pequena produtora de vinhos e que começa a dar os seus primeiros passos. Só a título de curiosidade, o país abriu a sua primeira vinícola apenas em 2012, ou seja, o ramo das bebidas ainda é muito novo por lá. Melhor apostar em quem produz muito bem e é destaque mundialmente: Brasil.

Comece bem o dia degustando um bom Don Guerino Espumante Moscatel, um espumante doce e que por ser levinho e de teor alcoólico médio, 8%, pode ser a pedida certa para acompanhar o jogo da seleção e torcer ainda com mais animação. Para acompanhar, pequenos sanduíches de frango, salmão ou atum farão do momento ainda mais gostoso.

Brasil x Sérvia – Quarta-feira, 27/06 às 15h

Para o último jogo da primeira rodada da Copa, a melhor ideia aqui é comemorar. Tudo porque imaginamos que a seleção brasileira esteja na primeira colocação do Grupo Então, é hora de aproveitar o momento, reunir amigos e fazer uma verdadeira festa.

O melhor de tudo é o horário: o jogo contra a Sérvia cai no período da tarde, às 15h, sendo perfeito para começar uma maratona de degustação. E adivinhe quem ganha mais uma vez a batalha das taças de vinho nesse combate? Brasil! A Sérvia é até uma boa produtora da bebida e que vem fazendo isso há séculos, mas por conta de todos os problemas políticos que ainda passa, a exportação fica bem complicada.

Portanto, o jogo pede a combinação de um bom Don Guerino Espumante Brut Rosé, bem gelado, com um acompanhamento de iscas de peixe, bolinhos de bacalhau, pasteis de camarão e tudo o que puder ser servido com frutos do mar. Se o que você quiser mesmo é uma boa garrafa de vinho tinto, aposte no Don Guerino Tannat Reserva, um brasileiro que promete surpreender a todos os paladares.

Outros jogos importantes e que valem a pena acompanhar de perto

Mas não só de Brasil vive a Copa, não é mesmo? E, para dar um gostinho a mais, os vinhos mais uma vez entram em campo fazendo do momento a ocasião ideal para conhecer ainda mais sabores do mundo todo.

Portugal x Espanha – Sexta-feira, 15/06 às 15h

Disputa acirradíssima. O melhor de tudo é que pelo horário da partida na Copa é possível tomar sem medo uma garrafa de vinho. Vale dizer que Portugal é conhecido por ser um dos mais importantes produtores de vinhos do mundo, e com preços ainda melhores. Além disso, os portugueses não abrem mão da bebida ao acompanhar o almoço e o jantar, por exemplo, e degustam garrafas de vinho em qualquer dia e época do ano.

Já a Espanha não fica nada atrás, muito pelo contrário, estima-se que a região produza vinhos desde os anos 3.000 a.C! Sem contar que os espanhóis são os campeões em maior área de vinhedos do mundo, além de serem o terceiro maior produtor da bebida.

Arriscamos aqui um placar de empate, valendo a pena experimentar uma garrafa de cada país. Então a pedida é por um autêntico português Vinho do Porto ou até mesmo um mais comum, como o Periquita, acompanhados, claro, de um bom bacalhau. Do lado espanhol, investir em um bom rosé geladinho é a opção, como o Artero Rosado, servido com um belíssimo prato de iscas de peixe.

França x Austrália – Sábado, 16/06 às 07h

Outra disputa difícil! A França é mundialmente conhecida como a portadora de vinhos deliciosos, que agradam a todos os tipos de paladares. Os franceses, inclusive, não vivem sem a bebida, tendo sempre na dispensa um ou mais rótulos sempre à disposição. Quanto a Austrália, um gigante no ramo dos vinhos, tem como fortes os vinhos brancos e tintos como Cabernet Sauvignon, que são muito apreciados pelos britânicos e até mesmo os norte-americanos.

E quem ganha nesse jogo? Sem dúvidas, a França tem grandes chances de vencer, já que está sempre figurando entre as primeiras colocadas dos melhores vinhos do mundo. E se é “du vin” que você quer, aposte em um bom Bordeaux ou Cotes du Rhone, esses rótulos franceses vão fascinar quem estiver degustando a bebida e, provavelmente, encantar ao extremo. Para o acompanhamento perfeito apostar em uma taboa de queijos fortes, como o azul, é a melhor escolha.

Do lado da terra do canguru, apostar em um vinho como o Branco Chardonnay Australiano é a aposta mais certa. E como um bom vinho branco pede, o acompanhamento ideal é sempre com massas e molhos leves e clarinhos, como o branco. Pelo horário se pode fazer um “brunch”, espécie de café da manhã com almoço.

Argentina x Croácia – Quinta-feira, 21/06 – 15h

Nossos Hermanos não deixam nada a desejar nessa disputa. E pelo horário do jogo, melhor ainda contar com a ajuda de um delicioso vinho tinto argentino, que, inclusive, se destaca no cenário mundial da bebida e é reconhecidamente um dos produtores mais importantes da América do Sul.

Enquanto isso, a Croácia é também um país produtor de vinho, e isso provavelmente poucos brasileiros sabem. Rótulos como o Merlot e o Pinot Noir são os grandes carros chefe dos croatas, consumidores assíduos da bebida, muito admirada também pelos americanos e ingleses. Mas, como eles não são tão apreciados e conhecidos no Brasil, vai ser um pouco difícil achar uma garrafa por aqui.

Portanto, abasteça a mesa de frente para a telinha com uma boa garrafa de vinho argentino, principalmente os que vem de Mendonza, região importantíssima produtora da bebida. Um bom churrasco é o acompanhamento ideal.

Sobre a House of Wine

Fundada por quatro sócios, João Ururahy, Marcus Simões, Octavio Rangel e Leonardo Rocha, a House of Wine está situada no Shopping Barra Point, no Rio de Janeiro, e tem como conceito principal oferecer os melhores rótulos de vinhos e espumantes, para serem degustados em um ambiente aconchegante, que possibilita uma verdadeira experiência para o cliente. Além disso, ainda possui o Clube do Vinho, Vamos de Vinho, com a entrega de dois rótulos por mês de acordo com o plano do assinante.

Fonte/Foto-reprodução/divulgação: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário