quarta-feira, 23 de maio de 2018

PORTO ALEGRE SEDIA CONFERÊNCIA MUNDIAL SOBRE AGRICULTURA E ALIMENTAÇÃO



Entre os dias 17 e 21 de setembro de 2018, a UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre/RS, sediará a III Conferência Internacional Agricultura e Alimentação em uma Sociedade Urbanizada. O tema central do encontro é Alimentos saudáveis, sociobiodiversidade e sistemas agroalimentares sustentáveis: inovações do consumo à produção. Ao longo de cinco dias, a Conferência vai reunir cerca de 170 especialistas de 36 países, em uma intensa programação que inclui painéis de escopo internacional, simpósios, apresentação de trabalhos científicos em grupos de trabalho temáticosrelatos de experiênciassaídas de campo e atividades culturais. Os interessados em participar devem se inscrever pelo site: bit.ly/AgUrbInscricoes.
Reconhecidos acadêmicos e especialistas, além de representantes de governos, instituições internacionais e lideranças de movimentos sociais participam dos painéis. O objetivo é refletir e debater diferentes visões sobre teorias, práticas e processos relacionados a sistemas agroalimentares sustentáveis e resilientes, contribuindo para a articulação e construção de uma nova agenda de pesquisas, estudos e ações. Entre os conferencistas, estão Patrick Caron (Presidente do Painel de Alto Nível de Peritos do Comitê de Segurança AlimentarMundial - França), Elizabeth Mpofu (Coordenadora Geral da Via Campesina Internacional - Zimbabwe), Elisabetta Recine (Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA - Brasil), Allison Blay Palmer (Diretora do Centro de Governança Internacional e Inovação - Canadá) e Hannah Wittman (Diretora Acadêmica Centro de Sistemas Alimentares Sustentáveis da Universidade da Colúmbia Britânica - Canadá). Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS), Mudanças Climáticas, Segurança e Soberania Alimentar, e Política e Governança são alguns dos assuntos que serão tratados durante as manhãs. Os painéis acontecem no Salão de Atos da UFRGS, com tradução simultânea.
Os Simpósios têm como objetivo contemplar uma ampla gama de discussões em torno da agricultura e alimentação. Ao todo, serão 20 simpósios durante a Conferência, que acontecem no início da tarde, em auditórios para públicos de cerca de 250 pessoas. Entre os palestrantes confirmados, estão Harriet Friedmann (Escola Munk de Assuntos Globais da Universidade de Toronto, Canadá), Marijke D´Haese (Departamento de Economia Agrícola, Universidade de Ghent, Bélgica), Terry Marsden (Instituto de Locais Sustentáveis da Universidade de Cardiff, Reino Unido), Jan Douwe van der Ploeg (Universidade de Wageningen, Holanda) e Renato Maluf (Pós-graduação em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade CPDA/UFRRJ, Brasil).
Nos Grupos de Trabalho serão apresentadas pesquisas produzidas sobre temas como Sistema Alimentares Sustentáveis, programas de abastecimento, cadeias de produção e processamento, Dinâmicas e práticas de consumo, Governança e Inovação Social, gênero, Agrobiodiversidade, segurança e soberania alimentar, relações campo-cidade, políticas e mercados. O objetivo é criar condições para que pesquisadores, ativistas, formuladores de políticas, agentes públicos e privados possam discutir e compartilhar conhecimentos e estabelecer as bases teóricas, empíricas e metodológicas de questões que precisam ser aprofundadas. Ao todo, serão 21 Grupos de Trabalhos. Conheça aqui a lista completa dos temas: http://bit.ly/WGroups. Acadêmicos, pesquisadores, estudantes e profissionais interessados em propor trabalhos científicos podem submeter suas propostas até o dia 8 de junho, seguindo as orientações presentes no edital: bit.ly/AgUrbEdital. 
Os Relatos de Experiência têm como objetivo possibilitar que grupos da sociedade civil organizada possam partilhar suas experiências e trajetórias. As experiências podem ser de cunho técnico ou popular, e não precisam ser apresentadas conforme uma estrutura teórico-metodológica. Agricultores e agricultoras, membros da sociedade civil organizada, movimentos sociais, comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas, pescadores, pecuaristas familiares), organizações não-governamentais, redes, cooperativas, associações, projetos de extensão, entre outros, podem submeter seus relatos até o dia 8 de julho, pelo link http://bit.ly/ExprienceReports.
As saídas de campo serão realizadas no dia 20 de setembro. Os participantes da Conferência poderão conhecer in loco algumas experiências de boas práticas em agricultura e alimentação realizadas em localidades que ficam até 1h30min de distância de Porto Alegre. As atividades terão a duração de um dia (aproximadamente 8h), incluindo momentos de refeição. Ao todo, serão nove roteiros, com inscrição específica para cada um, cuja lista será divulgada em breve.
Desde 2016, uma série de atividades preparatórias têm sido realizadas em diferentes cidades do Brasil com o objetivo de mobilizar pesquisadores, professores, estudantes e a comunidade em geral para a participação na III AgUrb. Ao total, serão realizadas mais de 80 atividades como palestras, workshop, mesas de diálogo e encontros.
Conferência é promovida e sediada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, uma instituição centenária, reconhecida nacional e internacionalmente como um dos mais qualificados centros de ensino do Brasil. A organização da III AgUrb é conduzida localmente por uma Comissão Multidisciplinar composta por 20 unidades da UFRGS ligadas ao campo agroalimentar e conta com a coordenação geral do Prof. Dr. Sergio Schneider e a coordenação executiva da Dra. Potira Preiss (conheça todos os organizadores aqui: http://bit.ly/IIIAgUrbOrganization). A Conferência conta, ainda, com a contribuição da FAO - Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura como sócia estratégica da organização.
SOBRE A AGURB
A primeira edição da Conferência Internacional Agricultura em uma Sociedade Urbanizada foi realizada em abril de 2012 na Universidade de Wageningen, na Holanda. Tendo como tema Agricultura multifuncional e as relações rurais-urbanas (Multifunctional Agriculture and Urban-Rural Relations), o encontro contou com a presença de 253 participantes de diversos países e 19 grupos de trabalho. O evento teve como objetivo reunir especialistas, acadêmicos, gestores e organizações envolvidas com temas agroalimentares e que estavam interessados em discutir novas estratégias de produção, distribuição e consumo de alimentos para o século XXI.
A segunda Conferência - que foi realizada em Roma/Itália, em setembro 2015 - recebeu 370 participantes de mais de 60 países, organizados em 24 grupos de trabalho. Sediada na Universidade Roma Tre, a edição teve como tema central A reconexão da agricultura e das cadeias alimentares às necessidades sociais (Reconnecting Agriculture and Food Chains to Societal Needs). Na ocasião, foi realizada a 4ª edição do prêmio "Inovações Sociais para a agricultura do Futuro", promovida pela Icare, que reconheceu inovações sociais através da agricultura e melhores práticas revolucionárias. Essa edição consolidou o caráter internacional do evento, incentivando a realização em outros continentes. Nesse contexto, o Brasil foi escolhido para sediar a 3ª edição da Conferência, em 2018.
SERVIÇO
III AgUrb - Conferência Internacional Agricultura e Alimentação em uma Sociedade Urbanizada
Facebook: @AgUrbConference
De 17 a 21 de setembro de 2018
Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Inscrições para participação: bit.ly/AgUrbInscricoes

Submissão de trabalhos: até o dia 8 de junho, pelo edital bit.ly/AgUrbEdital

Submissão de Relatos de Experiências: até dia 8 de julho, pelo edital http://bit.ly/ExprienceReports

Local: Campus Central da UFRGS


Informações: 51. 3308.1191, e-mail: alimentossaudaveis.workshop@gmail.com

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário