quinta-feira, 7 de junho de 2018

CONTARDO CALLIGARIS E SILVIANO SANTIAGO DEBATEM O PATRIMONIALISMO DO ESTADO BRASILEIRO EM NOVO EPISÓDIO DE ALEGORIAS DO BRASIL, SÉRIE EXCLUSIVA DO CURTA!


Na Quinta do Pensamento, 7, às 23h30, no episódio inédito da série documental “Alegorias do Brasil”, o cineasta Murilo Salles parte da frase “o Estado sou eu”, atribuída ao rei da França Luis XIV, para apresentar reflexões, análises e questionamentos sobre o processo de modernização do Brasil. No episódio, nomes como a historiadora Mary Del Priore, o escritor e ensaísta Silviano Santiago e o psicanalista Contardo Calligaris traçam um paralelo entre a frase sobre o poder do monarca absoluto e o nosso país.

“Alegorias do Brasil” é a primeira produção do cineasta Murilo Salles idealizada exclusivamente para a TV. Ao longo de 13 episódios, as alegorias brasileiras - ou seja, as expressões culturais que afirmam a nossa identidade – serão colocadas em discussão e analisadas. A série é uma produção
da Cinema Brasil Digital com financiamento do Fundo Setorial do Audiovisual da ANCINE.

SOBRE

QUINTA DO PENSAMENTO

Alegorias do Brasil (Série) – Episódio “O Estado Sou Eu”

Luis XIV ficou famoso por ser o rei na França que afirmou: “o Estado sou eu”. Sua frase designava um poder monarca absoluto, mas no caso do Brasil aplicar-se-ia ao processo de modernização do país, atendendo pelo nome de patrimonialismo. O Estado, ao invés de público, serve para atender aos interesses privados.

Diretor: Murilo Salles

Duração: 26 min.

Exibição: 7 de junho, quinta-feira, às 23h30

Classificação: Livre

Horários alternativos:

8 de junho, sexta-feira, às 17h30

10 de junho, domingo, às 10h

PROMO: https://www.youtube.com/watch?v=BiiCf5MWhRY

Fonte/Foto-reprodução/divulgação: Assessoria de Imprensa - Legenda: Contardo Calligaris em episódio inédito de Alegorias do Brasil.









Nenhum comentário:

Postar um comentário