quinta-feira, 12 de julho de 2018

JUÇARA MARÇAL E KIKO DINUCCI INTERPRETAM CANÇÕES DO SAMBISTA GERALDO FILME



Samba Imenso é projeto formado por um conjunto de shows que reúne, a cada edição, um intérprete e um instrumentalista dedicados ao repertório de um grande nome do samba. A quarta edição traz, nos dias 28 e 29 de julhoJuçara Marçal e Kiko Dinucci interpretando Geraldo Filme, cantor, compositor e militante negro brasileiro.

Juçara Marçal faz parceria com Kiko Dinucci desde 2008, investigando e desenvolvendo um trabalho a partir das tradições afro-brasileiras. Nesse show, tocam 'Vai Cuidar de Sua Vida', 'Silêncio no Bixiga', 'Batuque de Pirapora', entre outras músicas que fazem parte do repertório do sambista Geraldo Filme.

"Geraldo Filme está entre os grandes compositores brasileiros. Foi sempre um profundo conhecedor das tradições musicais de São Paulo. Um sambista que cresceu e conviveu com artistas da capital e também do interior do estado, participando intensamente das festas e ritos populares de herança negra. Os sambas de Geraldo Filme, além de belíssimos, são uma verdadeira aula de História da negritude paulista", conta Juçara Marçal.

Filho de Sebastião e Augusta Geralda, contemporâneos aos últimos anos do regime escravista no Brasil, Geraldo teve uma vivência difícil por causa da cor de sua pele. Suas experiências com o racismo renderam diversas composições como 'Batuque de Pirapora' e 'Vai cuidar de Sua Vida'. Deixou poucas gravações e boa parte de sua composição continua desconhecida. Sua discografia é formada por quatro álbuns, 'História das Quebradas dos Mundaréus', 'Geraldo Filme', 'O Canto dos Escravos' e 'Memória Eldorado'.

A trajetória musical de Juçara Marçal começa com corais amadores, que a levam integrar, profissionalmente, no coro cênico da Companhia Coral. Em 1991, ingressa no grupo Vésper, em que fica cerca de 20 anos. Participa também, entre 1998 e 2007, do grupo A Barca, que produz discos a partir da pesquisa da cultura popular brasileira. Em 2008, se junta a Kiko Dinucci e gravaram 'Padê'. No mesmo ano, junto ao saxofonista Thiago França e Kiko Dinucci, forma o trio Metá Metá. Em 2014, lança seu primeiro álbum solo, 'Encarnado', eleito como um dos 10 melhores discos de 2014 pelo jornal O Globo.

Kiko Dinucci é compositor, cantor e artista plástico. Começou sua carreira musical em Guarulhos, onde participou de diversas bandas de rock. O álbum 'Padê' (2008) é o projeto que marca sua carreira como compositor popular. Em 2008, estreia o disco 'Pastiche Nagô' junto ao Bando AfroMacarrônico. Lançou, em 2009, os álbuns 'Na Boca dos Outros' e 'O Retrato do Artista Quando Pede', com Douglas Germano. Lançou também, ao lado de Romulo Fróes, Rodrigo Campos e do baixista e produtor Marcelo Cabral, o disco 'Passo Torto'.

SERVIÇO: 

Juçara Marçal e Kiko Dianucci

Dias 28 de julho às 21h e 29 de julho às 18h

Teatro

*O Teatro do Sesc Pompeia possui lugares marcados e galerias superiores não numeradas. Por motivo de segurança, não é permitida a permanência de menores de 12 anos nas galerias, mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis. Abertura da casa com 30 minutos de antecedência ao início do show.

Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

Venda online a partir de 17 de julho, quarta-feira, às 12h.

Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 18 de julho, quarta-feira, às 17h30.

Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.

Não tem estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia

Acompanhe!

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário