segunda-feira, 24 de setembro de 2018

O RAP ACÚSTICO E ROMÂNTICO DA SETE37


Das noites com os amigos para o palco do FICA, festival do Colégio Anchieta, que também foi o primeiro palco de bandas consagradas como TNT, Armandinho e Comunidade Nin-Jitsu. Das festas com os amigos (ou como como eles dizem resenhas) para shows em Porto Alegre como no tradicional Bar Opinião. A Sete37 foi dos covers de 1Kilo, Um44k e Matuê para a primeira faixa autoral. A música Proibido sai só dia 28 de Setembro, sexta-feira, mas você pode ouvir e assistir o clipe clicando aqui https://www.youtube.com/watch?v=ILlIXWhqVog&feature=youtu.be

- Vocês se conhecem do colégio, né?

Sim, todos do Anchieta, mas estudamos em duas turmas diferentes.

- Vocês já queriam se envolver com música antes da Sete37?

A música sempre foi presente no nosso dia a dia e juntar uns amigos pra fazer um som sempre foi algo que todos tinham em mente.

- Como começaram a tocar juntos?

A ideia de formar a banda veio a partir de um festival no colégio (o FICA). Até então só havíamos tocado juntos em alguns churrascos ou em alguma resenha na casa de alguém.

Preparamos um pequeno show para o FICA e foi um baita sucesso, a partir desse dia toda a gurizada do colégio nos motivou a seguirmos com a banda e assim foi feito.

- Como surgiu a música, qual a inspiração?

A música surgiu em um ensaio. O Arthur puxou uma base no violão e do nada bateu a inspiração e começamos a dar início a composição de Proibido. A inspiração para letra veio da vontade de passar um sentimento que muitas pessoas, principalmente da nossa idade, já tiveram para que elas possam se identificar com a música.

Foto: Reprodução/divulgação – Legenda: @sete37_(da direita para esquerda): @arthurpares, @luccakmello, @lucasg_klein, @eduardo.Balbueno, @leo_queijo e @victorcj_.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário