terça-feira, 15 de outubro de 2019

ZIA LEME, ATRAÇÃO DO MDBF 2019, PREPARA LANÇAMENTO DE NOVO SINGLE


A décima segunda edição Mississippi Delta Blues Festival reserva estreias. Zia Leme, atração confirmada do festival, prepara lançamento de single inédito. A música intitulada Set U Free estará no repertório da cantora que iniciou carreira solo este ano.

Zia nasceu nos Estados Unidos, e é radicada em Curitiba há cinco anos. Faz parte do famoso grupo Milk’n Blues, como uma das vozes. Seu projeto solo, Zia Leme & Banda, virá ao MDBF pela primeira vez, com apresentação no palco Magnólia, que este ano terá nome especial, Flor de Lis Stage, em homenagem ao símbolo oficial de Louisiana.

Leme canta e compõe desde a infância. Com fortes influências de lendas musicais como Ray Charles, Aretha Franklin, Chuck Berry, Etta James e B.B. King, Zia e banda se apresentam eventualmente com o famoso bluesman Décio Caetano.

Uma prévia do single já está disponível, e pode ser acessado pelo link http://bit.ly/préviazia.

Sobre a décima segunda edição do Mississippi Delta Blues Festival

Considerado o maior festival de blues da América Latina, O Mississippi Delta Blues Festival chega a sua 12ª edição mais forte e festivo que nunca. Com o tema Mardi Gras Edition, o MBDF trará a Caxias do Sul, nos dias 21, 22 e 23 de novembro, o tradicional carnaval de rua de New Orleans, conhecido por sua alegria, cortejos musicais e colares de miçangas em roxo, dourado e verde, tal qual a comemoração estadunidense. Além dos adornos característicos, quem participar da edição também poderá desfrutar da gastronomia típica da cidade mais festiva da Louisiana, através de pratos famosos como Gumbo, Jambalaya, Muffuletta e Po’Boy, e drinks típicos como o Ramos Gin Fizz, Southern Hurricane, Hand Granade e o shot drink Cajun Thunder.

Na sua edição de número 12, o evento conta com seis palcos musicais: Flor de Lis Stage, dedicado às mulheres “divas do blues”; NOLA Stage como palco principal; Folk Stage; Mississippi Stage; Creole Moon, adaptando a tradicional “casinha” da Estação Férrea à temática da edição; e Cajun, palco de duos e trios que estará localizado na praça de alimentação. Além das apresentações, também haverá cortejos temáticos com dança, Blues Art Ville voltado às artes plásticas, Beer Square com cervejas artesanais, Flea Market com venda de produtos característicos e espaço gastronômico e workshops e workshows coordenados pela Teclas & Cordas.

Entre os nomes nacionais e internacionais confirmados estão: Slam Allen (USA), Little Jimmy Reed (USA), Chris Gill (USA), Bob Stroger (USA) pela nona vez consecutiva, Diunna Greenleaf (USA), Zia Leme (USA - PR), Ana Gazzola (RS - USA), Big Dez (FR), Albert Jones (UK), Gallie (IRL), Décio Caetano & Bernardo Manita (PR), Gringo’s Washboard Band (PR), Luciano Leães & The Big Chiefs (RS), Andy & The Rockets (RS), Fabrício Beck y Los Serpentinas (RS), Fran Duarte (RS), It’s So Blues (RS), The Juke Joint Band (RS), Gisa Londero & Carta Blanca Blues Band (RS), Mandrak Funk Show (RS) e Thunder Carlos (RS - BEL).

Os ingressos podem ser adquiridos pela plataforma oficial de vendas Sympla, na bilheteria do Mississippi Delta Blues Bar Caxias do Sul, e no Mississippi Delta Blues Bar RJ.

Uma história de 12 compassos

O Mississippi Delta Blues Festival surgiu após os idealizadores Toyo Bagoso e Rodrigo Parisoto terem participado do Chicago Blues Festival, nos Estados Unidos, em junho de 2008. A ideia era realizar um evento em Caxias do Sul dedicado ao blues ainda naquele ano, fato que aconteceu. Realizado desde a primeira edição na antiga estação férrea da cidade, o festival – ligado ao Mississippi Delta Blues Bar – foi batizado sob o nome de Moinho da Estação Blues Festival (MEBF), e tinha como intenção reunir os amantes do blues em três dias de música e culinária típicas do sul dos Estados Unidos, oferecendo também ao público oficinas e workshops de técnicas musicais. Logo na estreia, o MEBF trouxe a Caxias do Sul doze nomes do blues regionais e nacionais, e mais duas estrelas internacionais do gênero: J.J. Jackson e o lendário Magic Slim. Segundo Toyo Bagoso, mais do que trazer nomes conhecidos do mercado blueseiro, o festival sempre buscou abrir espaço para música autoral. “Sempre temos nomes internacionais, mas queremos oferecer a oportunidade do público conhecer aqueles talentos dos bares de blues do interior dos Estados Unidos, ou até mesmo os artistas locais”, explica o organizador.

Durante três edições – 2008, 2009 e 2010 – o evento manteve o nome de Moinho da Estação Blues Festival, e na quarta edição, em 2011, passou a se chamar Mississippi Delta Blues Festival, usado até hoje. Já nessa época, o MDBF já havia se consagrado como o maior festival dedicado ao estilo do Brasil e América Latina, recebendo, em média, 10 mil pessoas por edição. Para ampliar ainda mais a cultura do blues, o Mississippi Delta Blues Festival aterrissou no Rio de Janeiro pela primeira vez em 2019, apresentando em terras cariocas um pouco da música e energia encontradas no festival.

Tal como os doze compassos tradicionais do blues, o MDBF chega à sua 12ª edição como uma escala básica para quem gosta e quer aprender sobre o gênero, visto que alguns dos maiores nomes do blues já passaram (e ainda passam) por Caxias do Sul. Dentre eles estão James Wheeler, Mud Morganfield, Eddie "The Chief" Clearwater, Robert “Bilbo” Walker, Jerry Portnoy, Jai Malano, Zora Young, Peter Madcat, Kenny Neal, Joe Louis Walker, Larry McCray, Lazy Lester, Rip Lee Pryor, Lurrie Bell, Henry Gray, Annika Chambers, Whitney Shay, Johnny Nicholas, Sax Gordon e Sherman Lee Dillon, sem falar do embaixador Bob Stroger.

Serviço

12º Mississippi Delta Blues Festival

Quando: 21, 22 e 23 de novembro de 2019

Local: Largo da Estação Férrea de Caxias do Sul (Rua Coronel Flores, 810, Caxias do Sul/RS/Brasil)
Ingressos: De R$95 a R$460. Há ainda a opção de meia-entrada e desconto no MOJO Card. Mais informações no site www.mdbf.com.br

Foto/Crédito: Zé Carlos Andrade 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário