quinta-feira, 22 de outubro de 2020

JOGO CLÁSSICO DECIDE A SUPER COPA DE FUTSAL FEMININO

Após uma pausa de quase sete meses por conta da quarentena causada pelo novo coronavírus, o Taboão Magnus entra em quadra neste sábado (24/10), às 13h, no jogo de volta que decidirá o time campeão da Super Copa de Futsal Feminino, contra as Leoas da Serra, em Lages – SC.

Para levar o título para casa, a equipe do Taboão Magnus precisa vencer no tempo normal para, assim, decidir tudo na prorrogação ou nos pênaltis. No jogo de ida, realizado no dia 14 de março, o time de Santa Catarina levou a melhor, saindo na frente com o placar de 2x1, jogando agora pelo empate.

A partida marca o confronto de dois dos maiores times do futsal feminino no Brasil na atualidade, confirmando a hegemonia das equipes. As Leoas da Serra, da melhor jogadora do mundo, Amandinha, é a equipe atual campeã da Taça Brasil, e o Taboão Magnus, atual campeão da Copa do Brasil, e que fechou neste ano um importante contrato de patrocínio com a Magnus, sendo um dos poucos times a manterem a categorias de base.

O futsal feminino no Brasil

Segundo dados oficiais da FIFA (Federação Internacional de Futebol Associado), o futsal feminino é disputado em apenas 55 países ao redor do mundo, contra 140 no masculino. A disparidade é apenas um reflexo de outra realidade: o torneio mundial entre seleções da categoria foi realizado apenas entre 2010 e 2015 e o primeiro mundial entre clubes apenas em 2019. Mesmo assim, as jogadoras brasileiras deram exemplo, nas duas situações o Brasil brilhou, subindo ao lugar mais alto do pódio em todas as finais.

Vale lembrar que o futsal feminino não foi incluído nos Jogos Pan americanos no Rio de Janeiro e nos Jogos Sul-Americanos.

Para acelerar essa mudança que coloca os holofotes na categoria, é necessário o apoio constante da torcida, além do incentivo de empresas. Segundo Andressa Borzilo, coordenadora de Marketing Esportivo da Adimax, valorizar o futsal feminino já era um desejo que existia na empresa e se fortaleceu com o destaque das jogadoras ao longo da última temporada. “Elas conquistaram a parceria por meio do excelente futsal que praticam. A escolha por Taboão não foi apenas por causa dos bons resultados em quadra, mas pelo projeto como um todo, pela preocupação com a formação das atletas (categorias de base), por valorizar o trabalho coletivo e por colocar amor no que fazem”, completa Andressa.

Fonte/Imagem-reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa


Nenhum comentário:

Postar um comentário