quinta-feira, 8 de abril de 2021

BIG BROTHER BRASIL: A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CONTEÚDO

 

Depois de algumas edições menos engajadas, o Big Brother Brasil voltou a ser um dos assuntos mais comentados do país em 2020. A sua popularidade se deu por mudanças no formato, que aproximaram o reality do universo online. A partir disso, a Winnin, uma martech que empodera a criatividade por meio da ciência de dados, mapeando a cultura nas redes através da inteligência artificial, analisou como essa bomba de diversão se conecta com a cultura online e se desdobra em conteúdos.

Conhecido por ser um programa de entretenimento, muitos acreditavam que o BBB era apenas futilidade, mas os dados deste estudo revelam que o jogo virou e a casa mais vigiada do Brasil tem engajado diversos assuntos. Os impactos causados pelo programa têm atingido diferentes âmbitos dentro da cultura online, desde levantar pautas como a cultura do cancelamento, até impacto musical, quando uma música lançada há mais de 13 anos ficou no top 1 do Spotify após Juliette cantarolar no programa.

Apesar das duras críticas, às proporções que esses assuntos tomam são grandiosas e estar conectado e este universo é essencial para uma ótima estratégia de conteúdo relevante no país. Segundo dados levantados pelo Winnin Insights, o Big Brother Brasil é o quinto assunto mais comentado nacionalmente, mas apesar de sua colocação no trending topics não ser elevada, o programa é citado em praticamente todos os outros tópicos mais comentados do momento.

De família a futebol, de dança a pegadinha, o BBB21 é citado dentro de cada assunto de forma curiosa e orgânica. Como por exemplo, o assunto família, o Reels da Glória Pires contando que não é mãe do Fiuk viralizou e ficou no topo do de vídeos mais assistidos sobre este assunto. Na dança, as coreografias têm retido todos os holofotes, na edição anterior foi a icônica dança da Manu Gavassi para a música da Dua Lipa, que ficou tão famosa que a própria cantora internacional comentou sobre nas redes sociais; desta vez foi a cantora Pocah que arrasou na coreografia da música Wap da Cardi B, conquistando também a atenção da rapper.

Pensando em formatos, os vídeos de reaction em tempo real, esquetes, dublagem, memes, debates e teorias, tomaram conta dos feed de todas as redes sociais imagináveis. Durante a temporada do BBB, a internet torna-se uma grande mesa redonda de discussões sobre o reality.

Além disso, o programa influencia diversos creators, desde os plantões de fofocas como o Hugo Gloss e Gossip do Dia; até os próprios administradores das redes dos brothers, que tem gerado muito engajamento para os participantes, especialmente na edição atual, por exemplo, Lucas Penteado teve um aumento de 1.400,6% em seguidores em seus perfis.

Quando dizemos que nessa conversa tem espaço para todo mundo, não é brincadeira. Os famosos de diferentes nichos estão usando as redes para comentarem e declarar torcida aos participantes. Como a Marília Mendonça, que alterou sua bio do twitter avisando que é ex-cantora e atual comentarista do BBB. Outros famosos que têm entrado pro time de comentaristas (não) oficiais são: Neymar, Bruno Gagliasso e Anitta. Mas nem só de famosos vivem os comentários do BBB, alguns creators estão ganhando visibilidade por conta deste assunto, nomes que devemos prestar atenção daqui pra frente são: Casimiro, Lucas Vivot, Web Tv Brasileira e Guto TV.

Dentro de cada plataforma o Big Brother é comentado de uma maneira. O Twitter, é a rede usada para os desabafos informais e em tempo real, chega a ser classificado como um pay-per-view que a edição não mostra. O Instagram faz um highlights dos acontecimentos mais marcantes do programa e é a principal plataforma dos participantes também. Já no YouTube são feitas análises mais profundas sobre as pautas levantadas pelos comportamentos dos brothers. Como era de se esperar, o TikTok também entrou nessa vibe, as dublagens e esquetes tomam conta do assunto. E o mais novo queridinho da web é a Twitch.tv, que conta com transmissões ao vivo do programa para promover debates e reactions.

Assim, pagar milhões para fazer parte do time de patrocinadores do BBB não é uma realidade para todas as empresas, mas com tanto conteúdo sendo gerado organicamente na web, existem grandes oportunidades para as marcas entrarem nessa conversa. O segredo para se destacar no meio, é produzir conteúdo nos formatos mais engajadores, nas plataformas mais adequadas e colaborar com os creators mais relevantes.

Metodologia do relatório

O levantamento foi criado a partir de análise de dados feito pela inteligência artificial da Winnin, que analisou dentro do ecossistema de consumo da população sobre o BBB quais são os formatos, creators, marcas e plataformas dominam essa conversa. O intuito é mostrar que não faltam oportunidades para marcas se assumirem como criadoras de conteúdo e turbinar seu alcance e performance online a partir do reality. Todos os insights foram construídos a partir de dados do software proprietário de inteligência de vídeo da startup, o Winnin Insights, que mapeia novas tendências emergentes de acordo com múltiplas variáveis como setor, público-alvo e objetivo de negócios, entregando insights e permitindo que marcas e agências ajam rapidamente para criar produtos, ações e estratégias mais assertivas e relevantes.

Sobre a Winnin

Fundada em 2015 por Gian Martinez, a Winnin é uma martech que empodera a criatividade por meio da ciência de dados. Líderes globais como AB Inbev, Danone, Coca-Cola, Nestlé, entre outros, confiam na Winnin para tomarem decisões melhores e mais relevantes. O Winnin Insights, software proprietário de inteligência de vídeo, mapeia novas tendências emergentes de acordo com múltiplas variáveis como setor, público-alvo e objetivo de negócios, entregando insights e permitindo que marcas e agências ajam rapidamente para criar produtos, ações e estratégias que se conectem ao espírito do tempo e aos consumidores de amanhã. Com sócios como Coca-Cola e ZX Ventures e sede no Rio de Janeiro, a Winnin tem um time formado por mais de 70 pessoas.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário