terça-feira, 8 de junho de 2021

1° LONGA DIRIGIDO POR UMA MULHER NO DJIBOUTI ESTREIA NO BRASIL NESTA SEXTA

Juventude” (2019) de Lula Ali Ismaïl, primeiro filme de ficção da história do Djibouti e o primeiro longa dirigido por uma mulher no país do nordeste africano que conquistou sua independência em 1977, estreia no Brasil nesta sexta, 11/06, direto no streaming da Supo Mungam Plus.

Em Juventude ou Dhalinyaro em somali, Asma, Hibo e Deka são três jovens garotas, de diferentes classes sociais, que estão prestes a se formar no ensino médio. Enquanto navegam pelo início da idade adulta, elas devem decidir entre permanecer no Djibouti ou ir para a universidade na França.

O impressionante filme de estreia da diretora Lula Ali Ismaïl nos transporta para a sociedade, cultura e tradições de seu país, enquanto conta uma história de amadurecimento sincera e sensível.

Também nesta sexta estreiam na plataforma da Supo Mungam Plus o documentário "Tempestade", de Tatiana Huezo (México, 2016), indicado ao Goya de Melhor Filme Ibero-americano e representou o México no Oscar 2018, e "O Reencontro", de Anna Odell (Suécia, 2013), que recebeu o Prêmio da Crítica no Festival de Veneza e de Melhor Filme e Melhor Roteiro nos Prêmios Guldbagge.

Disponível para todo Brasil e focada em cinema independente e de arte, a Supo Mungam Plus é uma janela cinematográfica virtual para diversas histórias e culturas, lançando filmes inéditos, clássicos restaurados, obras cults e joias do cinema mundial. 

Confira as sinopses das estreia da semana:

11 DE JUNHO

 

Lançamento Inédito

JUVENTUDE, de Lula Ali Ismaïl (Dhalinyaro, Djibouti/França, 2019, 86 min, Drama) com Amina Mohamed Ali, Bilan Samir Moubus e Tousmo Mouhoumed Mohamed. Asma, Hibo e Deka são três jovens garotas, de diferentes classes sociais, que estão prestes a se formar no ensino médio. Enquanto navegam pelo início da idade adulta, elas devem decidir entre permanecer no Djibouti ou ir para a universidade na França. Um dos primeiros filmes da história de Djibouti e o primeiro longa dirigido por uma mulher no país, JUVENTUDE ou DHALINYARO em somali, é um filme de estreia impressionante. Lula Ali Ismaïl realizou um retrato único e belo do Djibouti contemporâneo, com uma história de amadurecimento sincera e sensível. Classificação Indicativa: 14 anos

 

TEMPESTADE, de Tatiana Huezo (Tempestad, México, 2016, 105 min, Documentário)

Duas mulheres, uma jornada em duas vozes, que, como reflexos de um único eco, transmitem o que o medo significa na vida de um ser humano. Estradas, paisagens, olhares. México de norte a sul em uma época em que a violência tomou conta de nossas vidas, nossos desejos e nossos sonhos. Uma jornada emocional e evocativa, impregnada não só de perdas e dores, mas também de amor, dignidade e resistência. Utilizando o testemunho direto de duas mulheres cujas vidas foram dilaceradas pelo terror alimentado pelo cartel que atormenta o México no século 21, TEMPESTADE de Tatiana Huezo é um retrato impressionista, ao mesmo tempo lírico e devastador, do custo humano da criminalidade do país. Seleção Oficial do Festival de Berlim, TEMPESTADE foi indicado ao Goya de Melhor Filme Ibero-americano e representou o México no Oscar 2018. Ganhou 4 Prêmios Ariel, incluindo Melhor Direção e Melhor Documentário, bem como o Prêmio de Melhor Documentário nos Prêmios Fênix, no Festival de Lima e no Festival de Sofia.

O REENCONTRO, de Anna Odell (Återträffen, Suécia, 2013, 89 min, Comédia, Drama) com Anna Odell, Anders Berg, Robert Fransson, Sandra Andreis, Rikard Svensson e Niklas Engdahl. Anna Odell não foi convidada para a festa de reencontro por seus ex-colegas de classe, vinte anos após a formatura. No entanto, ela lhes faz uma visita inesperada e desastrosa que é apenas parte de seu intrigante experimento sobre identidade, verdade, falsidade, realidade e ficção. A diretora e atriz Anna Odell desafia os gêneros em O REENCONTRO, falando sobre a dinâmica social escolar de forma mordaz, desconfortável e assustadoramente engraçada, e retratando uma sociedade que não quer se conhecer. Prêmio da Crítica no Festival de Veneza. Melhor Filme e Melhor Roteiro nos Prêmios Guldbagge. 

Nas redes sociais

Facebook: https://www.facebook.com/SupoMungamFilms/

Instagram: https://www.instagram.com/supomungamplus/

Letterboxd: https://letterboxd.com/supomungamplus

Serviço:

Onde assistir: www.supomungamplus.com.br

Quanto: 7 dias grátis para o assinante. Através de uma assinatura mensal, por R$23,90, ou anual, por R$199,90, realizada no próprio site da plataforma (www.supomungamplus.com.br). Além da opção de cartão de crédito, já está disponível Boleto ou Pix para o Plano Anual.

Fonte/Foto-reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa - Legenda: Dhalinyaro La Ismail Djibouti


Nenhum comentário:

Postar um comentário