quarta-feira, 16 de junho de 2021

5 DICAS PARA GANHAR UMA RENDA EXTRA VENDENDO PELA INTERNET

 

De acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o desemprego no Brasil ficou em 14,2% no trimestre encerrado em janeiro, sendo a maior taxa registrada para o período desde o início da pesquisa. Além disso, o número de desempregados bateu o patamar recorde de 14,3 milhões. 

Diante dessa situação e com a dificuldade de encontrar um novo emprego, muitos brasileiros tiveram que se reinventar para conseguir trazer o sustento para casa e sobreviver. Inclusive, até mesmo aqueles que já possuíam um trabalho, procuraram uma renda extra para complementar o salário no final do mês, com medo do que o futuro guardava. 

Entre as soluções encontradas, estão as vendas onlines. Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), mais de 150 lojas online foram registradas entre abril e setembro do ano passado. 

Contudo, não basta apenas abrir o seu próprio negócio e deixar que tudo se resolva, é importante estar alinhado ao mundo digital e procurar formas de aumentar suas vendas e se destacar entre os concorrentes. Pensando nisso, a Ihit, empresa com foco em tecnologia e soluções inteligentes, listou cinco dicas que irão te ajudar a faturar mais: 

1.      Evite começar uma loja com estoque cheio

Fazer isso é bem simples. Procure seu fornecedor, veja os produtos que ele tem a vender e divulgue, porém, em vez de comprar em grandes quantidades, espere que os pedidos cheguem, e compre somente o que será revendido. 

2.      Invista na melhoria do seu negócio

Um dos canais de venda mais utilizados hoje em dia é o Instagram, mas apesar dele ser bem acessível, existem muitos concorrentes, por isso é necessário se destacar, mas afinal, como fazer isso? 

Quando se vende online, é preciso conciliar o que o cliente necessita com a praticidade para a empresa, achando um meio termo. Um exemplo, foi a criação do Biohit, que tem como principal objetivo fazer com que os empresários consigam faturar mais usando a internet e as redes sociais. Ele permite que todas as informações necessárias sobre o estabelecimento, como site, redes sociais, fotos e vídeos, fiquem juntas em um único link, facilitando o momento da compra do cliente final. 

Além disso, eles oferecem análise de dados, relatórios e um painel administrativo completo para que o empresário consiga entender tudo que está acontecendo na sua loja em tempo integral. 

Outra forma de investir é divulgando sua loja. Nas redes sociais existem opções para levar suas publicações para mais pessoas e você pode ajustar de acordo com os valores que estiver disposto a pagar.

3.      Volte a sua loja para um assunto que você tenha conhecimento

Não adianta tentar começar um negócio sem saber sobre os produtos que está vendendo. Se você não gosta de maquiagem ou não tem o costume de usar, não faz sentido abrir uma loja sobre isso, o cliente precisa sentir confiança no que está falando e no que está oferecendo. 

Tenha em mente algo que já conheça ou que tenha habilidade, pesquise mais sobre isso e então é só começar.

4.      Expanda seus negócios 

Hoje em dia muitas plataformas conhecidas disponibilizam seus sites para cadastros de outras empresas e assim vender por lá, como Americanas, Magazine Luíza, Mercado Livre, e no caso de produtos seminovos, o Enjoei também. 

Eles conseguem atingir um número maior de pessoas que provavelmente um site pequeno não conseguiria.

5.     Tenha um projeto para o pós-venda

Quando se tem uma loja dizem que o mais importante é vender, e claro, que isso é essencial, mas acima disso é preciso saber o que os clientes acharam sobre o seu negócio e se eles ficaram satisfeitos. Ouvir o feedback de quem compra os seus produtos, além de garantir uma melhora cada vez maior, ainda pode fidelizar muitos consumidores. Por isso, se preocupe em pedir a opinião de cada um no pós-venda, seja por um e-mail ou uma pesquisa. 

Sobre a iHit

iHit é uma startup com foco em desenvolvimento de soluções tecnológicas e estratégicas para melhorar o posicionamento digital e vendas on-line de qualquer pessoa ou empresa. Facilitando a comunicação entre com os clientes, integrando diferentes canais de contato num único link e oferecendo análise de dados, com o objetivo de fazer com que empresários consigam faturar mais usando a internet e as redes sociais. Além disso, eles possuem o Hitstore e o Hitmenu que são plataformas de vendas online e cardápio digital respectivamente, que oferecem painel administrativo, pagamento online integrado, relatórios, cadastro de produtos ilimitados, informações sobre a loja e classificações, tudo para garantir a qualidade do serviço. 

Fonte: Assessoria de Imprensa


Nenhum comentário:

Postar um comentário