sexta-feira, 2 de julho de 2021

PEDRO E INÊS ESTREIA NOS CINEMAS DIA 8/06

 

PEDRO E INÊS” dirigido por António Ferreira, uma adaptação do romance ‘A Trança de Inês’ de Rosa Lobato de Faria, chega aos cinemas brasileiros, com distribuição da Pandora Filmes, no dia 8 de julho. O filme, uma coprodução entre Brasil, Portugal e França, e que foi o filme português mais visto do ano em Portugal.


Protagonizado pelos atores Diogo Amaral e Joana de Verona, “PEDRO E INÊS” é inspirado em uma famosa lenda portuguesa, e o filme narra uma inigualável história de paixão ao longo de três épocas: na idade média onde tudo originalmente aconteceu, no tempo atual onde Pedro e Inês são arquitetos numa grande cidade e, num futuro distópico, onde as pessoas fogem das cidades para o campo para sobreviver. Pedro e Inês sempre se encontram e se apaixonam perdidamente, ao longo dos tempos, imortalizando a mais gloriosa história de amor portuguesa.


O filme foi rodado no verão de 2017 em quatro concelhos do distrito de Coimbra (Cantanhede, Montemor-o-Velho, Lousã e Coimbra). No elenco figuram ainda nomes como Vera Kolodzig, Cristóvão Campos, Custódia Gallego, Miguel Borges, João Lagarto e Miguel Monteiro. “PEDRO E INÊS” teve a sua estreia mundial na competição do Festival de Montreal, tendo já passado pelas competições da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Festival do Rio e no Festival Caminhos do Cinema Português.


Sinopse:


Uma coprodução entre Portugal, França e Brasil, o filme é baseado na história real do Rei Dom Pedro I, que desenterrou sua amante Inês de Castro para torná-la rainha depois de morta. A obra conta a história de Pedro e Inês em três diferentes épocas (presente, passado e futuro). Um amor atemporal que vence as limitações do tempo. Protagonizado pelos atores Diogo Amaral e Joana de Verona, o filme imortaliza a mais gloriosa história de amor portuguesa.


Ficha Técnica:


Direção e Roteiro: António Ferreira

Produção: Tathiani Sacilotto (Persona Non Grata Pictures)

Elenco: Diogo Amaral (Pedro), Joana de Verona (Inês), Vera Kolodzig (Constança), Cristóvão Campos (Estevão), Custódia Gallego (Beatriz), João Lagarto (Afonso), Miguel Borges (Pêro Coelho)

Ano: 2018

País: Portugal, Brasil e França

Duração: 120 minutos

Classificação: 16 anos

+ sobre o filme: www.pngpictures.com/pedroeines

Instagram: http://instagram.com/pedroeines.filme

Facebook: https://www.facebook.com/pedroeines.filme

Imdb: https://www.imdb.com/title/tt2050452


Sobre


Diretor:


António Ferreira estreou em Cannes com a média-metragem ‘Respirar debaixo d'água’ (2000). ‘Pedro e Inês’ é a terceira longa-metragem do realizador conimbricense, após ter realizado ‘Esquece tudo o que te disse’ (2002) e ‘Embargo’ (2010), sendo este último uma adaptação do conto homónimo de José Saramago.


Pandora Filmes:


A Pandora é uma distribuidora de filmes independentes que há 30 anos busca ampliar os horizontes da distribuição de filmes no Brasil revelando nomes outrora desconhecidos no país, como Krzysztof Kieślowski, Theo Angelopoulos e Wong Kar-Wai, e relançando clássicos memoráveis em cópias restauradas, de diretores como Federico Fellini, Ingmar Bergman e Billy Wilder. Sempre acompanhando as novas tendências do cinema mundial, os lançamentos recentes incluem "O Apartamento", de Asghar Farhadi, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro; e os vencedores da Palma de Ouro de Cannes: "The Square – A Arte da Discórdia", de Ruben Östlund e "Parasita", de Bong Joon Ho, obra que também ganhou quatro estatuetas no Oscar® 2020 (Melhor Filme, Melhor Roteiro Original, Melhor Direção e Melhor Filme Internacional).   


Paralelamente aos filmes internacionais, a Pandora atua com o cinema brasileiro, lançando obras de diretores renomados e de novos talentos, como Ruy Guerra, Edgard Navarro, Sérgio Bianchi, Beto Brant, Fernando Meirelles, Gustavo Galvão, Armando Praça, Helena Ignez, Tata Amaral, Anna Muylaert, Petra Costa, Pedro Serrano e Gabriela Amaral Almeida.


Fonte/Fotos-reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa 


Nenhum comentário:

Postar um comentário