segunda-feira, 29 de novembro de 2021

VEM AÍ O ‘THE SECOND CHANCE’, COMPETIÇÃO QUE DÁ UMA NOVA CHANCE PARA QUE SEGUNDOS COLOCADOS DE REALITY SHOWS MUSICAIS CHEGUEM AO TOPO

 

Sabe aquele candidato que chegou à final de grandes competições musicais brasileiras, mas ficou em segundo lugar? Pois agora, esses artistas segundos colocados têm uma nova chance de alcançar o topo no THE SECOND CHANCE, um reality show em sete episódios, transmitidos ao vivo, pela plataforma Taboom!. A estreia será no dia 30 de novembro, terça-feira, às 21h, ao vivo.

O THE SECOND CHANCE vai reunir oito ex-participantes de diferentes temporadas de diversos reality shows de voz. O apresentador e idealizador da competição é o multi-artista Vitor Cardoso, um premiado produtor brasileiro que vive em Los Angeles. De lá, trabalha em projetos para marcas como Google e Nestlé no Brasil, enquanto integra o time de Theater Managers do AFI Film Fest, um dos maiores festivais de cinema realizado pela American Film Institute, em Hollywood, nos Estados Unidos.

"Queremos realmente que esses artistas tenham uma segunda chance de impulsionar suas carreiras ao mostrar seus trabalhos para um público ainda maior e em uma plataforma interativa que vai aproximá-los de seus fãs", diz Cardoso.

No THE SECOND CHANCE, quem decide o vencedor é o público, por meio de votação pelo app Taboom!. A interatividade do público, porém, não se limita apenas ao voto no artista preferido. Há algumas surpresas durante o percurso tanto para a audiência quanto para os participantes.

Com os recursos de interatividade ao vivo que só a Taboom! oferece, o espectador poderá propor desafios para os candidatos. É possível, por exemplo, tirar um participante da zona de conforto ao escolher uma música inusitada para ser interpretada por ele. Que tal escolher um samba para um cantor sertanejo ou um rock para aquele que curte uma sofrência?

No início, os oito participantes do THE SECOND CHANCE serão divididos em dois grupos. A cada episódio, o público pode votar em seu artista favorito. Os dois candidatos mais votados de cada grupo seguem na competição. Um terceiro participante será salvo pelo júri. Depois, o reality segue com eliminações semanais, definidas apenas pela audiência, até a grande final, prevista para o dia 26 de janeiro de 2022 e transmitida ao vivo, com os finalistas juntos.

O júri do THE SECOND CHANCE vai dar dicas aos participantes e guiá-los durante a competição. Entre os jurados está a cantora Vanessa Jackson, vencedora da primeira edição do reality show "Fama" (Globo), em 2002. "Foi por meio de uma competição musical que mostrei ao público brasileiro quem sou como artista. O reality foi muito importante para minha carreira e, agora, espero ajudar esses artistas a encontrarem o melhor dentro de cada um", afirma Vanessa.

O grande vencedor vai gravar um single com o produtor musical Giu Daga, ganhador de três Grammys Latinos com Titãs, NXZero e CPM22, e indicado outras nove vezes. Já trabalhou com Charlie Brown Jr., Negra Li, Roupa Nova, Zizi Possi, Manu Gavassi, Fresno, entre outros artistas. Além do single, o primeiro colocado também vai gravar um videoclipe.

"Esses participantes já são grandes artistas, pois chegar à final de uma competição musical nacional não é uma missão fácil. Então, será uma honra trabalhar com um deles", fala Daga.

Toda a arrecadação gerada por meio das interações na plataforma Taboom!, dentro do perfil do THE SECOND CHANCE, será doada para a Casa do Zezinho, organização sem fins lucrativos que atende crianças e jovens da zona sul de São Paulo. A ONG oferece educação complementar e oficinas de capacitação profissional. É um espaço de oportunidades de desenvolvimento para quem vive em situação de alta vulnerabilidade social. "É importante estar junto de projetos novos e empresas em crescimento, como a Taboom!, ainda mais no fim do ano, época em que precisamos tanto de doações", diz Dagmar Ravieri, a Tia Dag, fundadora e presidente da instituição.

CONHEÇA OS OITO PARTICIPANTES:

Afonso Cappelo - 5ª temporada do "The Voice Brasil" (Globo, 2016): Natural de Belém, no Pará, Afonso Cappelo iniciou sua carreira nos palcos aos 15 anos. Aos 17, participou do "The Voice Brasil" e, desde então, cantou com artistas como Carlinhos Brown, Maria Gadú, Anavitória, Luiz Caldas, entre outros.

Ana Canhoto - 9ª temporada do "The Voice Brasil" (Globo, 2020): Com influência no gospel, pop e R&B, Ana Canhoto é uma cantora e compositora bebedourense de 26 anos. Ela começou a cantar na igreja, aos 9 anos, inspirada pela mãe e pelo avô. A música se tornou profissão em 2016, em cerimônias de casamentos, concursos e espetáculos musicais. Em 2020 obteve reconhecimento como finalista do "The Voice Brasil".

Higor Rocha - 6ª temporada do "Ídolos" (Record, 2011): O vice-campeão do "Ídolos" canta desde os 5 anos. Um ano após participar do reality show, gravou um álbum sertanejo, o "Vem Pra Cima!". Já dividiu palco com artistas como Zezé Di Camargo & Luciano, Fernando & Sorocaba, Zizi Possi, entre outros.

Jack Oliveira - 1ª temporada do "X-Factor Brasil" (Band/TNT, 2016): Jack ficou conhecida após chegar à final do "X-FACTOR", da Band, com o grupo Ravena, formado dentro do programa. Ela é jurada do "Canta Comigo", da Record. Jack começou cantando na igreja e foi convidada para integrar a ala de canto da Escola de Samba Mancha Verde. Ela já cantou na noite paulistana, com um repertório bem brasileiro que explora seu timbre potente e aveludado.

Kevin Ndjana - 7ª temporada do "The Voice Brasil" (Globo, 2018): Kevin começou sua carreira cantando no chuveiro, mas a mãe logo percebeu seu talento e o inscreveu no coral da igreja, aos 8 anos. Aos 19, ele passou a viver de música, cantando em bares, restaurantes, eventos corporativos, casamentos. Ficou conhecido como o showman do "The Voice Brasil", na Globo, e conseguiu chegar à final.

Maria Christina - 1ª temporada do "The Voice Brasil" (Globo, 2012): Maria Christina ficou conhecida através da sua música nos realities "Ídolos" (Record), em 2008, e "The Voice" (Globo), em 2012, nos quais foi finalista. Com 13 anos de carreira, ela tem um estilo marcante e já dividiu palco com artistas como Roupa Nova, Alexandre Pires, Arlindo Cruz, Lulu Santos e Ana Carolina.

Tom Black - 5ª temporada de "Ídolos" (Record, 2010): Neuton Bispo dos Santos ou Tom Black, como ficou conhecido, é um cantor, compositor, produtor musical e empresário, nascido e criado em Salvador, na Bahia. Começou a carreira em um grupo de percussão que usava materiais reciclados em instrumentos musicais. Com 15 anos, apresentou-se em vários países da Europa. Já dividiu palco com Daniela Mercury, Preta Gil, Gilberto Gil, Paula Lima, Margareth Menezes, entre outros artistas.

Vinícius D’Black - 6ª temporada do "The Voice Brasil" (Globo, 2017): Com 15 anos de carreira, D’Black já atuou em um filme, novelas, espetáculos musicais, além de ter se apresentado em diversos programas de TV. Já dividiu palco com artistas como Negra Li, Ivete Sangalo, Jorge Aragão, Sandra de Sá, Elza Soares, entre outros.
Como funciona a Taboom!?

A Taboom! é uma plataforma de lives que reúne criadores de conteúdo relevantes. Para ter acesso a esses conteúdos, basta baixar o app gratuitamente. Além de oferecer conteúdo de qualidade, a plataforma também leva criadores e internautas a terem uma experiência única em interatividade. A partir de ferramentas como votações, enquetes, quiz, links clicáveis e chats, o produtor de conteúdo interage com seu público em tempo real, criando desafios, batalhas e conversas ao longo da transmissão. Assim, as ferramentas da Taboom! possibilitam projetos como, por exemplo, uma novela interativa, uma composição musical coletiva, uma disputa de rimas e poesia e tudo isso ao vivo! O público pode ainda contribuir com os criadores enviando presentes virtuais, que ajudam a deixar as transmissões ainda mais interativas e divertidas. Além de tudo isso, a plataforma disponibiliza a opção de realizar lives fechadas, com acesso mediante a venda de ingressos.

Sobre a Taboom!

A Taboom! é uma plataforma de transmissão e produção de conteúdo ao vivo. A Taboom! é a comunidade de pessoas interessadas em conteúdos que fazem diferença, trocas relevantes e interações reais. Idealizada e concebida durante o período de distanciamento social, a Taboom já foi desenvolvida dentro de uma realidade híbrida, levando as lives a um nível único de interatividade. Assim, a Taboom! aproxima artistas e produtores de conteúdo de seus fãs, conectando-os com o máximo de interatividade, engajamento, relevância, diversão e oportunidades de monetização.

A Taboom tem como sócios-fundadores o filipino Karl Loriega, ex-Diretor Digital da ABS-CBN, maior empresa de mídia das Filipinas, que residiu por mais de 15 anos no Brasil; e o belo-horizontino Bruno Orsini, que atuou mais de dez anos no Vale do Silício como Gerente de Produto e Business Development do Google e como Diretor de Produto do Quinto Andar. Pensando no público brasileiro que mora no exterior, o app pode ser baixado em países como Estados Unidos e Portugal.

Fonte: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário