sábado, 18 de dezembro de 2021

MÊS DO NATAL TEM LANÇAMENTO DE LIVRO INFANTIL SOBRE INCLUSÃO PARA CRIANÇAS

 

A escritora e roteirista Cláudia DiCarmo lançou seu nono livro infantil "Passo de Tartaruga IV, A Lei da Inclusão". Preocupada com a pandemia e a probabilidade de contágio com a nova variante do vírus COVID, decidiu abrir mão de livrarias conhecidas, porém com o ambiente totalmente fechado, para lançar a sua obra em um local amplo e com pé direito de sete metros, garantindo uma boa circulação de ar.

O local é a primeira e única filial da Denim City - Cidade do Denim, de Amsterdam - Holanda, lançada no Brasil. A plataforma conta com 4.000 m² e conta diversas atividades, com foco na educação apoiada na sustentabilidade, inovação e conexão.

O novo livro da autora "Passo de Tartaruga IV, A Lei da Inclusão" aborda para as crianças de maneira lúdica, temas importantes como a diversidade, inclusão, sentimento de pertencimento, cooperação, superação, autoestima e sustentabilidade. O livro já é a quarta edição da série "Passo de Tartaruga", obra infantil destinada a crianças de quatro a dez anos, e terá ao todo cinco edições.

A história se passa no fundo do mar e mostra que diversos peixinhos com necessidades foram banidos e não podiam estudar. "Porém, depois de um trabalho da tartaruguinha Daniel, da polva Karina, e da professora Moni; eles conseguiram "convencer" o Doutor Horário Crustáceo, responsável pelas leis, de que todas as crianças precisam frequentar a escola independente de como elas sejam. A convivência com a diversidade que faz com que todos cresçam",explica Cláudia.

A tartaruguinha Daniel é inspirada no multi medalhista paralímpico Daniel Dias. Assim como ele, a tartaruguinha Daniel tem dificuldade de se locomover na areia, mas na água é tão veloz que se torna a heroína da história. Já a polva Karina é inspirada na médica e ativista ambiental Karina Oliani e a polva Moni foi inspirada na professora Mônica Dourado, de Belo Horizonte, que faz um trabalho de alfabetização utilizando a literatura e a família como elos de aprendizado, entre outros personagens. No livro, existe ainda o Boto Marquinhos, que na história é autista e sofre bullying e que foi inspirado em Marcos Petry, escritor, palestrante, blogueiro e autista. Todas as edições da série "Passo de Tartaruga" contam com esses personagens.

"Importante frisar que a mensagem é mais bem absorvida pela criança quando vem acompanhada de exemplos reais. A partir de temas relevantes como bullying, respeito às diferenças, consciência ambiental, entre outros, eu busco personagens reais que endossem a mensagem", finaliza Cláudia.

Fonte: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário