quarta-feira, 16 de março de 2022

STARZ, EM PARCERIA COM O CENTRO DE ACADÊMICOS E CONTADORES DE HISTÓRIA DA UCLA, DIVULGA PESQUISA INTERNACIONAL SOBRE A DEMANDA DO CONSUMIDOR POR REPRESENTATIVIDADE NA FRENTE E POR TRÁS DAS CÂMERAS

 

A STARZ, em parceria com o Centro de Acadêmicos e Contadores de Histórias da UCLA, realizou uma pesquisa internacional de consumidores examinando as percepções e demandas dos consumidores por representatividade diversificada, autêntica e inclusiva na mídia, que será destacada no evento  STARZ #TakeTheLead “Transparency Talk” nesta quarta-feira, 16 de março, às 1 pm PT / 4 pm ET / 8 pm GMT. Entre as principais descobertas da pesquisa “Audiências internacionais querem ver uma representatividade mais diversificada dentro e fora da tela”, está a indicação de que a diversidade na tela e por trás das câmeras é um fator importante de como o público internacional escolhe o conteúdo.

Os entrevistados de diversos países, adultos de 18 a 90 anos, disseram que ter uma representatividade feminina e diversificada por trás das câmeras era importante em vários países. Em resposta a pergunta se eles achavam que características importantes das suas identidadesestavam bem representadas na TV e na mídia atuais, os resultados mostram que as mulheres se sentiram menos representadas em comparação aos homens. A maioria dos entrevistados sente que não está sendo representada com precisão, o que demonstra a necessidade de continuar melhorando a representatividade dentro e fora da tela para audiências globais.

“A STARZ está comprometida em entregar histórias autênticas que amplificam diversas vozes ao nosso público e esta pesquisa do Centro de Acadêmicos e Contadores de Histórias da UCLA confirma que nossa estratégia se correlaciona com a demanda internacional do consumidor”, disse Superna Kalle, Presidente de Redes Internacionais da STARZ. “Esperamos continuar a fornecer nossa forte oferta de conteúdo para um público internacional que valoriza as vozes das mulheres e a autenticidade por trás das câmeras tanto quanto nós.” 

Yalda T. Uhls, fundadora do Centro de Acadêmicos e Contadores de Histórias da UCLA, afirmou: “Este relatório fornece dados sólidos de que o consumidor internacional se preocupa tanto e, às vezes, mais do que o público dos Estados Unidos, com o que vê na tela e quem está por trás da tela.”

Em comemoração ao Mês da Mulher, o Transparency Talk “Explorando o progresso global em direção à igualdade de gênero e a importância do conteúdo internacional para mulheres” vai destacar a pesquisa com estatísticas que incluem:

Mulheres fora dos EUA se sentem notavelmente menos representadas em comparação aos homens:

.Apenas 35% das mulheres relataram que sua identidade está bem representada no conteúdo da mídia atual, em comparação com 41% dos homens.

**A pesquisa de maio de 2021 nos EUA relatou 38,5% para mulheres e 59,7% para os homens

Audiências internacionais se importam com quem está na frente e por trás das câmeras: 

.52% acham importante que as mulheres sejam representadas por trás das câmeras. 

.57,4% afirmaram que é importante para eles que as pessoas por trás das câmeras sejam de origens diversas.

.A diversidade por trás das câmeras foi igualmente importante para homens (58%) e mulheres (58,8%).

**A pesquisa de maio de 2021 nos EUA relatou uma importância de 49,1% de mulheres por trás das câmeras e uma importância de 60,4% de diversidade por trás das câmeras

Alguns países enfatizaram a importância de mulheres e diversidade por trás das câmeras mais do que outros:

.Ter mulheres por trás das câmeras foi mais importante no Brasil (62,9%), México (60,6%) e Índia (60%).

.A diversidade por trás das câmeras foi mais importante na Índia (70,6%), Colômbia (65,7%) e Brasil (63,5%).

Apenas 38,4% dos entrevistados sentem que sua identidade própria está representada com precisão.

**A pesquisa de maio de 2021 nos EUA informou que 49,6% sentiram que sua identidade está bem representada

Mais de 75% do público internacional quer ver conteúdo multicultural

.Os países que lideram esta lista incluem México (88,5%), Índia (86,1%) e Colômbia (84,9%).

O público internacional acredita que a diversidade na tela aumenta a empatia com os outros

.64,8% dos entrevistados disseram que ver pessoas de grupos/formações diferentes dos seus representados na TV/mídia os faz sentir mais empatia pelos outros.

**A pesquisa de maio de 2021 nos EUA relatou 56,9% Fonte:: “International Audiences Want to See More Diverse Representation On and Off Screen”

**Give The People What They Want: US Audiences and Their Appetite for Multicultural Media Content Center For Scholars & Storytellers

Moderado pela cofundadora do Sierra Leone Rising, Princesa Sarah Culberson, o Transparency Talk apresenta os palestrantes Superna Kalle, Presidente de Redes Internacionais da STARZ, que será acompanhado pela atriz, advogada e embaixadora da ONU Mira Sorvino; o Diretor Executivo da Iniciativa de Mulheres e Meninas do Condado de LA, Abbe Land; a Fundadora e Diretora Executiva da Women's March Foundation, Emiliana Guereca e a Vice-Presidente da Fundação das Nações Unidas para Estratégias para Meninas e Mulheres, Michelle Milford Morse.

Lançada em 2021, a iniciativa STARZ #TakeTheLead é o esforço abrangente da empresa para aprofundar seu compromisso já existente com narrativas de, sobre e para mulheres e públicos sub-representados. No lançamento, a rede encomendou um estudo de inclusão em parceria com o Centro de Acadêmicos e Contadores de Histórias, da UCLA, com resultados que confirmam que a STARZ está “tomando a liderança” com sua representatividade diversificada na tela, fora da tela e em toda a empresa. O estudo revelou que a STARZ lidera a indústria com 63,2% de líderes de séries sendo pessoas de cor, 54,6% showrunners do sexo feminino e uma equipe executiva de 75% do sexo feminino.

Em um esforço para inspirar e engajar outras pessoas em todo o setor sobre o #TakeTheLead, a STARZ continua a realizar uma série de “Transparency Talks” que traz discussões relevantes para o primeiro plano com organizações e membros de organizações-chave, incluindo a ACLU of Southern California, Producers Guild of America, Writers Guild of America (WGA), California Film Commission, The LatinX House, Associação Nacional de Produtores Independentes Latinos (NALIP) e muito mais.

Sobre

STARZ

STARZ  (www.starz.com), uma empresa Lionsgate, é uma plataforma líder global de streaming de mídia comprometida em fornecer conteúdo premium que amplifica narrativas por, sobre e para mulheres e públicos sub-representados. STARZ é o lar do conceituado aplicativo STARZ, primeiro de seu tipo que oferece a capacidade de transmitir ou baixar conteúdo premium STARZ, bem como o principal serviço doméstico STARZ®, incluindo STARZ ENCORE, 17 canais premium de TV paga, e os serviços online e on-demand associados. Em 2018, a STARZ lançou sua plataforma de streaming premium internacional STARZPLAY para fornecer aos assinantes acesso ao "melhor do SVOD global". A STARZPLAY, junto com sua joint venture STARZPLAY ARABIA, expandiu sua presença global em mais de 60 países em toda a Europa e América Latina, juntamente com Canadá, Japão, Índia e Indonésia. STARZ e STARZPLAY estão disponíveis em plataformas OTT digitais e distribuidores de vídeo multicanal, incluindo operadoras de cabo, provedores de televisão por satélite e empresas de telecomunicações em todo o mundo. Em fevereiro de 2021, a STARZ lançou #TakeTheLead, uma iniciativa de inclusão multifacetada e inovadora, expandindo seus esforços existentes para melhorar a representatividade na tela, por trás das câmeras e em toda a empresa.

CENTRO DE ACADÊMICOS E CONTADORES DE HISTÓRIAS

O Center for Scholars & Storytellers (CSS) impacta positivamente a vida dos consumidores de mídia, preenchendo a lacuna entre a pesquisa acadêmica e a criação de mídia. Nosso principal objetivo é apoiar criadores de conteúdo que estão trabalhando para mudar narrativas culturais arraigadas em torno das principais questões de diversidade, equidade, inclusão, saúde mental e desigualdade. O CSS está sediado no Departamento de Psicologia da UCLA e colabora com mais de 60 acadêmicos de todo o mundo.Você pode aprender mais sobre o trabalho deles em scholarsandstorytellers.com

Siga a STARZ #TakeTheLead nas redes sociais


Twitter: @STZTakeTheLead 

Instagram: @STARZTakeTheLead

Junte-se à conversa com #TakeTheLead 

Fonte: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário