sexta-feira, 17 de junho de 2022

1° FÓRUM LATINO-AMERICANO DE CINEMA E IMPACTO SOCIAL ACONTECE EM SÃO PAULO 

 

De 22 a 25 de junho, acontece na cidade de São Paulo, em formato híbrido, o 1° Fórum Latino-Americano de Cinema e Impacto Social. Voltado para cineclubistas, documentaristas engajados, comunicadoras/es para causas sociais,  produtores/as de impacto, realizadores/as, mobilizadores/as sociais latino-americanos e pesquisadoras/es do campo com experiência em produção de impacto, o Fórum propõe a construção conjunta e o fortalecimento de alternativas de distribuição de filmes que potencializam o engajamento do público com a obra cinematográfica e os temas que abordam. 

 

O evento é uma iniciativa da Taturana Mobilização Social (Brasil), em parceria com Doccolabs Acción (Colômbia)Ambulante (México)Sesc SP, por meio da unidade do Centro de Pesquisa e Formação (CPF), com apoio do Perspective Fund, DocSociety, Global Impact Producers (GIPA) e da Spcine. Será realizado no CPF-Sesc, com parte da programação realizada on-line via Zoom.  

 

A Taturana Mobilização Social, que há alguns anos atua no campo da distribuição de impacto no Brasil, tem refletido sobre a importância de fortalecer experiências nesse sentido e de potencializar e ampliar espaços de troca e debate sobre cinema e transformação social – bem como de políticas sustentáveis para o audiovisual, em consonância com sua função enquanto bem cultural. Assim nasceu a ideia do Fórum, e logo a articulação com as organizações parceiras na Colômbia e no México, respectivamente Doccolabs e Ambulante. 

 

“Há, na América Latina, uma longa trajetória de experiências que potencializam a relação entre cinema e impacto social tendo o debate da representatividade como eixo central. Essas iniciativas têm contribuído para o tensionamento e transformação de estruturas sociais a favor da criação de estratégias de difusão cultural que reconheçam as práticas sociais de comunidades e territórios descentralizados e, assim, apontam para um caminho de coexistência de modelos de distribuição, mas também de novos paradigmas de mercado audiovisual”, explica Rodrigo Antonio, codiretor da Taturana, atual Presidente Executivo da Associação de Profissionais do Audiovisual Negro (APAN). 

 

O Fórum, previsto para acontecer anualmente a partir deste ano, será um espaço de confluência desses saberes, com o objetivo principal de alimentar o campo do cinema e o impacto social a partir de experiências latino-americanas, e tornar-se uma referência para futuras ideias, desafios e aprendizados no uso do cinema como ferramenta de transformação. 

 

“O Sesc é parceiro desta iniciativa por entender que o cinema é uma das linguagens culturais mais presentes no cotidiano da população, de modo que uma ação focada no impacto social permite (re)qualificar a esfera da cadeia de difusão em atenção aos temas, questões e problematizações que filmes e documentários apresentam em busca de engajamento e mobilização. Carrega, portanto, uma ação educativa direcionada para a mudança social”, como afirma Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc em São Paulo. 

 

“Propomos, dentro das atividades do evento, a articulação de uma rede de produtores de impacto. A ideia dessa rede é extrapolar o próprio Fórum e estabelecer um fluxo contínuo de trocas. É fundamental nos autorreferenciarmos enquanto América Latina, para potencializar iniciativas que já existem, reconhecê-las, fortalecer o intercâmbio de metodologias, promover inovação e enfrentar desafios ancorados nas nossas especificidades enquanto Sul Global”, avalia Rodrigo Díaz Díaz, codiretor da Taturana e, também, produtor de impacto. 

 

Vanessa Cuervo, idealizadora e coordenadora do Doccolabs Acción, reafirma a importância dessa integração regional: "Nos espaços formativos do Doccolabs Acción, temos plantado a semente de um trabalho mais coletivo em nível regional. Alguns dos problemas sociais que enfrentamos na América Latina são replicados com padrões semelhantes em cada país, por isso nossas soluções também devem ser conjuntas. Se compartilharmos estratégias de mudança, se comemorarmos nossas vitórias, será mais fácil para nossas narrativas e nossas histórias se fortalecerem”. 

 

“Ambulante é uma organização civil que nasce no México, com a certeza de que compartilhar histórias audiovisuais que nos movem pode tornar o planeta Terra um espaço mais igualitário e saudável para todos os seres que o habitam. Agora queremos aprender com a trajetória do Doccolabs e da Taturana, e compartilhar nossa experiência para, juntos, fortalecermos nossa incidência no campo social”, complementa Maria Inés Roqué, coordenadora do programa Ambulante Más Allá. 

 

Entre os convidados do Fórum estão: Marcela Lizcano (Colômbia), diretora do Doccolabs e correalizadora do Labs Acción, focado em formação e fortalecimento de redes para campanhas de impacto e cinema na Colômbia; Mariana Genescá (Brasil), comunicadora social e produtora executiva do filme Espero tua (Re)Volta, que estreou no Festival de Berlim, onde ganhou os prêmios da Anistia Internacional e da Paz; Merle Iliná (México), ativista e produtora de impacto de documentários na coletiva mexicana IMPACTA CINE, e vinculada ao The Good Pitch México; Ethel Oliveira (Brasil), codiretora do documentário Sementes - Mulheres Pretas no Poder, e coordenadora da campanha de impacto do filme; Bruno Duarte (Brasil), oficial de Programa para a América Latina da Open Society Vanessa Cuervo (Colômbia), coordenadora da rede Solidarilabs em Guatemala, Colômbia e México e criadora de estratégias de impacto para documentários da América Latina pelo programa The Good Pitch da Doc Society; Maria Inés Roqué (México),  documentarista, diretora do programa de formação do Ambulante Cine Documental Itinerante.  

 

Conheça todos os convidados, mentores e formadores, e confira a programação completa em cinemaeimpacto.org 

Os encontros on-line são abertos ao público e acontecerão nos dias 22, 23, 24 e 25 de junho, das 10h30 às 13h (horário de Brasília), via ZOOM. Serão três rodas de diálogo com apresentação de estudos de caso sobre temas importantes para a distribuição com foco em impacto social na América Latina. O dia 25 será dedicado à articulação de uma rede latino-americana de produtores de impacto.  

Para participar dos encontros virtuais, é necessária inscrição prévia pelo site do CPF-Sesc (inscreva-se aquiAs inscrições ficam abertas até o dia 20 de junho, sem limite de inscritos. A taxa de participação varia de R$18 a R$60.  

MINIBIO DAS ORGANIZAÇÕES REALIZADORAS 

Taturana Mobilização Social 

A Taturana Mobilização Social – hoje uma organização social brasileira sem fins lucrativos (Instituto Taturana) – foi fundada em 2014 com a missão de democratizar o acesso ao cinema e potencializá-lo como ferramenta de impacto social. A instituição já concebeu e realizou a distribuição de impacto de mais de 40 filmes e articula um circuito exibidor não comercial de cinema com mais de 3 mil exibidores por meio da plataforma www.taturanamobi.com.br. Essa rede é composta por espaços como escolas, universidades, centros culturais, instituições sociais, entre outros, que estão em todos os estados brasileiros. Ao longo dessa trajetória, a organização acumulou experiência em distribuição de impacto e conectou-se com iniciativas brasileiras e internacionais que atuam no campo. 

Mais informações: www.taturanamobi.org   

Doccolabs Acción  

Doccolabs Acción é um laboratório de inovação colombiano criado para fortalecer o impacto que os filmes têm quando chegam às telas em seu encontro com o público. É um espaço onde teoria e ação convergem promovendo a criação individual e coletiva. Promove o evento ‘AÇÃO!’ através de uma rede de impacto social e cultural para agentes de mudança na Colômbia. 

Mais informações: https://www.labs.docco.co/  

Ambulante  

Ambulante é uma organização sem fins lucrativos mexicana dedicada a apoiar e divulgar o documentário como ferramenta de transformação cultural e social. Entre suas várias iniciativas, Ambulante identifica e circula espaços com ofertas limitadas de exibição e formação em documentário, a fim de promover o intercâmbio cultural, promover uma atitude participativa, crítica e informada no espectador e abrir novos canais de reflexão no México. 

Mais informações: https://www.ambulante.org/  

Sesc SP 

Mantido pelos empresários do comércio de bens, turismo e serviços, o Sesc - Serviço Social do Comércio é uma entidade privada que tem como objetivo proporcionar o bem-estar e a qualidade de vida aos trabalhadores deste setor e sua família. Sua base conceitual é a Carta da Paz Social e sua ação é fruto de um sólido projeto cultural e educativo que trouxe, desde a criação pelo empresariado do comércio e serviços em 1946, a marca da inovação e da transformação social. 

Mais informações: https://www.sescsp.org.br/ 

SERVIÇO 


1° Fórum Latino-Americano de Cinema e Impacto Social 


Quando: 22 a 25 de junho, 10h30 às 13h. 


Inscrições para os encontros on-line:  

https://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/atividade/1-forum-latino-americano-de-cinema-e-impacto-social  


Mais informação:  forum.cine.impacto@gmail


CENTRO DE PESQUISA E FORMAÇÃO DO SESC SP 

sescsp.org.br/cpf 

 

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar. 

Bela Vista – São Paulo - SP 

Tel: 3254-5600. 


Fonte: Assessoria de imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário