sábado, 30 de julho de 2022

FÓRUM PAULISTA DE SURF FORMARÁ 90 ÁRBITROS E DEBATERÁ CONQUISTAS E DESAFIOS DO ESPORTE

 

De 03 a 05 de agosto, a Câmara Municipal de São Paulo (Palácio Anchieta) recebe o Fórum Paulista de Surf, evento que realizará a formação de cerca de 90 árbitros de surf e debaterá os rumos do esporte – de patrocínio à preparação. Com o surf na crista da onda, e o marco do primeiro ouro olímpico para Ítalo Ferreira, as pranchas estão se popularizando tanto quanto a bola de futebol. A estimativa é que a cada final de semana, cerca de 30 campeonatos aconteçam no litoral brasileiro, formando a nova geração de campeões. Com isso, também cresce a necessidade de árbitros qualificados para o esporte. 

“Cada final de semana no Brasil devem ocorrer, no mínimo, de 20 a 30 campeonatos somando todos os estados, a demanda é gigante, pois a dimensão continental do nosso país e seu imenso litoral são propícios para o esporte. Além disso, com os resultados dos brasileiros no circuito mundial, muitos atletas almejam a profissionalização e os títulos. Tudo isso corrobora para a crescente necessidade de qualificação e atualização de juízes de surf, que é o objetivo dentro do fórum”, comenta Sérgio Gadelha, coordenador geral do curso e árbitro chefe da ISA, WSL South America e CBSurf.

Para o curso “ISA - Juiz Nível 1”, foram disponibilizadas 50 vagas presenciais e 40 vagas online, já preenchidas. Com o intuito de desenvolver ainda mais a potência do esporte no país, todas as federações estaduais filiadas à CBSurf, além das associações municipais do estado de São Paulo, tiveram o direito a 2 vagas e a inscrição, no valor de 120 dólares, custeada pela organização do evento. 

Debates sobre o surf

O último dia do Fórum será marcado por palestras e debates com um panorama sobre conquistas e desafios do surf brasileiro. A programação começa a partir das 14h no Palácio Anchieta, Câmara Municipal de São Paulo. Serão explorados temas como o mercado e patrocínio esportivo, mídia e jornalismo especializado, o papel do treinador no desenvolvimento de talentos, preparação física, e com destaque ao Surf Feminino.

O painel de encerramento do evento começa às 18h40 e será sobre gestão pública esportiva, com a presença do vereador George Hato; o secretário municipal de esportes de São Paulo, Cacá Vianna; Rodrigão, Secretário Municipal de Esportes da Praia Grande; e o Secretário Municipal de Esportes de Bertioga, Danilo Leme.

05 DE AGOSTO DE 2022

PROGRAMAÇÃO

PALESTRAS E MESAS-REDONDA

1)  MERCADO E PATROCÍNIO ESPORTIVO (14h00 às 14h50)

  - Evandro Abreu (case Super Surf)

2) MÍDIA E JORNALISMO ESPECIALIZADO (15h00 às 15h40)

  - Bruno Bocayuva

3) O papel do treinador no desenvolvimento de talentos para o surfe:  uma perspectiva de longo prazo (15h50 até 16h40)

  - Paulo Kid

  - Pedro Ivo Simione

4) PREPAÇÃO FÍSICA E CONDICIONAMENTO PARA COMPETIÇÕES (16h50 até 17h40)

  - Prof. Flavio Ascânio

  - Marcus Vinicius (Surfuncional)

5) SURF FEMININO (17h50 até 18h30)

  - Marina Werneck

  - Diolanda Vaz (ABSF)

  - Carolina Moura (ASF)

 - Débora Gesualdo (Coletivo Longarinas)

6) GESTÃO PÚBLICA ESPORTIVA (18h40 até 19h30)

   - George Hato (vereador SP)

   - Cacá Vianna (Secretário Municipal de Esportes de SP)

   - Rodrigão (Secretário Municipal de Esportes da Praia Grande)

   - Danilo Leme (Secretário Municipal de Esportes de Bertioga)

O evento tem homologação da International Surfing Association – ISA, supervisão da Confederação Brasileira de Surf – CBSurf e idealização da Associação Santos de Surf (ASS), Associação Bertioguense de Surf (ABS), Associação de Surf da Grande São Paulo (ASGSP). A realização é da Prefeitura de São Paulo, através da Secretaria Municipal de Esportes.

Fonte: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário