domingo, 5 de julho de 2020

‘OS OLHOS DE CABUL’ ESTREIA DIA 8 DE JULHO NAS PLATAFORMAS DIGITAIS


Vitrine Filmes lança dia 8 de julho a animação ‘Os Olhos de Cabul’, dirigida por Zabou Breitman e Eléa Gobbé-Mévelle, nas plataformas: Net Now, Apple TV, YouTube Filmes, Vivo Play, Google Play e Sky Play. Após a suspensão dos lançamentos nas salas de cinema, essa é a primeira estreia da distribuidora realizada prioritariamente no ambiente digital. O lançamento, feito primeiro em parceria com o Cinema Virtual, plataforma de aluguel de filmes criada com o intuito de minimizar o impacto da COVID-19 no setor de exibição, chega agora as plataformas de TVOD (Transactional Video on Demand). Os valores da locação variam de acordo com a plataforma. 

“Desde que os cinemas fecharam, em março, ficamos preocupados com as atividades do setor audiovisual. Poder lançar um filme com o selo de Cannes, como ‘Os Olhos de Cabul’, durante este período traz satisfação para a Vitrine. Estamos oferecendo para o nosso público uma animação de excelente qualidade, premiada em grandes festivais do mundo”, comenta Felipe Lopes, Diretor da distribuidora.  

A animação, que teve sua estreia mundial no Festival de Cannes (2019), na mostra Un Certain Regard, e venceu o prêmio Gan Foundation Award for Distribution, no Festival de Cinema de Animação de Annecy (2019), narra a história de Zunaira e Mohsen, um casal jovem e apaixonado, que vive numa Cabul sob o regime do grupo radical islâmico Talibã. Apesar de toda a violência e miséria diária, eles alimentam a esperança de um futuro melhor. Ela, uma pintora liberal na arte e na personalidade, vê sua liberdade completamente retirada ao ter que se enquadrar às regras do regime. Ele, um professor universitário que foi obrigado a deixar seu cargo após a destruição da Universidade de Cabul, também sofre ao ser submetido às ordens machistas para manter-se dentro do esperado pela sociedade ao qual faz parte.

Paralelamente, o longa também acompanha a jornada de Atiq e Mussarat, um casal mais velho que se adaptou ao sistema como forma de sobrevivência. Ele é carcereiro de uma prisão destinada a mulheres condenadas à execução e aliado do Talibã. Apesar de questionar-se sobre as atitudes que toma, ele cede frequentemente à pressão do regime por medo. Mussarat, sua esposa, que está com uma doença terminal, luta entre manter-se viva, sustentar seu casamento e cumprir o papel de companheira submissa, estabelecido pelas regras do radicalismo.

O longa costura a história dos quatro personagens e traz à tona o quanto o regime político influencia a vida de todos, sem exceção. Dirigido por duas mulheres, as francesas Zabou Breitman e Eléa Gobbé-Mévellec, a forma como a animação retrata a vida das afegãs e o machismo avassalador que as cerca é sutil e poderosa. O filme é uma adaptação do livro ‘As Andorinhas de Cabul’, de Yasmina Khadra.

Além do Festival de Cannes e do Festival de Cinema de Animação de Annecy, ambos na França, o longa foi exibido no Festival de Cinema de Valletta, em Malta (2019), onde ganhou o Audience Awards, e no Festival Freistadt, na Áustria (2019), vencendo como Melhor Filme. Por aqui, a animação foi exibida na 43ª Mostra Internacional de Cinema, no último Festival do Rio, e estava selecionada para o Festival Varilux de Cinema Francês deste ano, suspenso por conta da pandemia. Além do lançamento nas plataformas, a animação será disponibilizada para os exibidores de cinema de arte quando houver a reabertura do setor, dentro dos protocolos de segurança e bem-estar.

SINOPSE

​Verão de 1998. Cabul, capital e maior cidade do Afeganistão, está sob a lei do Talibã. Zunaira e Mohsen são jovens e apaixonados. Apesar de toda a violência e a miséria diárias, eles alimentam a esperança de um futuro melhor. Um dia, um gesto impensado faz com que a vida dê uma guinada sem volta. O longa é uma adaptação do livro ‘As Andorinhas de Cabul’, de Yasmina Khadra.

FICHA TÉCNICA

O Olhos de Cabul, França, 2019. 81 min.

Título original: The Swallows of Kabul

Direção: Zabou Breitman e Eléa Gobbé-Mévellec

Roteiro e adaptação: Sébastien Tavel, Patricia Mortagne e Zabou Breitman

Direção de Arte: Eléa Gobbé-Mévellec

Música: Alexis Rault

Produção: Reginald de Guillebon, Stephan Roelants, Michel Merkt e Joëlle Bertossa

Direção de produção: Eléonore Arnal

Storyboard: Nicolas Pawlowski, Maïlys Vallade, Marietta Ren, Jérémie Balais e Stéphane Nedez

Direção de animação: Nils Robin e Nicolas Debray

Edição: Françoise Bernard

Som: Eric Devulder, Pascal Villard, Bertrand Boudaud e Eric Tisserand

Classificação: 14 anos

Distribuidora: Vitrine Filmes

Apoio de Distribuição: UniFrance

SOBRE 

AS DIRETORAS

Zabou Breitman - É atriz e diretora. Filha dos atores Jean-Claude Deret e Céline Léger, aos quatro anos de idade atuou em um dos episódios do programa de TV Thierry la Fronde, ao lado de seu pai. Estreou no cinema em 1982, onde interpretou muitos papéis cômicos. Nos anos 1990, trabalhou com cineastas como Diane Kurys (La Baule-Les-Pins, 1990), Coline Serreau (The Crisis, 1992), Philippe Lioret (Correspondence Required, 1997) e Pierre Jolivet (My Small Company, 1999). Em 2001, dirigiu seu primeiro longa-metragem, "Beautiful Memories", com Bernard Campan e Isabelle Carré. O filme foi premiado com 3 Césars, incluindo o melhor primeiro longa-metragem. Em paralelo, impulsionou uma carreira de sucesso como diretora de teatro, principalmente com "Winter under the table" (Molière du Metteur en Scène 2003), Roland Topor, Des Gens, uma adaptação do trabalho de Molière por Raymond Depardon e "La Compagnie des specters" (2010), de Lydie Salvayre. Atualmente, sua peça “logiquimperturbabledufou” está sendo apresentada no Theatre du Rond-Point.

Eléa Gobbé-Mévelle - Depois de se formar em Artes Aplicadas, Eléa Gobbé-Mévellec ingressou na Ecole des Gobelins, em 2003. Seus dois primeiros curtas, "Madame" (feitos durante seus estudos em 2006) e "Escale" (2010) foram selecionados para o Festival de Animação de Annecy. Além de seu trabalho como designer para TV e publicidade, já trabalhou como animadora em curtas-metragens como Bang Bang!, de Julien Bisaro, indicado no César Awards de 2015, e Smart Monkey, de Vincent Paronnaud (Winshluss) e Nicolas Pawlowski. Ela continuou sua carreira como animadora de personagens de filmes como: "Ernest e Célestine""O Gato do Rabbi""O Dia das Mulheres" e "Abril e o Mundo Extraordinário". Em 2016, colaborou como cartunista na série animada Lastman, uma adaptação da história em quadrinhos criada por Bastien Vivès, Balak e Michaël Sanlaville. "Os Olhos de Cabul" é seu primeiro longa como diretora.

VITRINE FILMES

Em nove anos, a Vitrine Filmes distribuiu mais de 150 filmes. Entre seus maiores sucessos estão "Aquarius", "O Som ao Redor", e “Bacurau” de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, longa que já alcançou mais de 750.000 espectadores, além de “A Vida Invisível”, de Karim Aïnouz, representante brasileiro do Oscar deste ano, "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho", de Daniel Ribeiro, e “O Filme da Minha Vida”, de Selton Mello. Entre os documentários, a distribuidora lançou "Divinas Divas", dirigido por Leandra Leal e "O Processo", de Maria Augusta Ramos, que entrou para a lista dos 10 documentários mais vistos da história do cinema nacional. Em 2020, ano em que completa 10 anos, a Vitrine Filmes já lançou “O Farol”, de Robert Eggers, indicado ao Oscar de Melhor Fotografia e “Você Não Estava Aqui”, novo longa de Ken Loach. Também lançará “Três Verões”, de Sandra Kogut e o premiadíssimo “A Febre", de Maya Da-Rin. 

Fonte: Assessoria de Imprensa

HBO DIVULGA NOVO PÔSTER DE 'LOVECRAFT COUNTRY' E CONFIRMA SUA ESTREIA PARA 16 DE AGOSTO


A HBO apresenta o pôster oficial de LOVECRAFT COUNTRY. Com produção executiva de Jordan Peele e J.J Abrams, a série original tem data de estreia confirmada para o dia 16 de agosto, às 22h, na HBO e na HBO GO.

Baseada no romance "Território Lovecraft", de Matt Ruff, e com Misha Green como showrunner, LOVECRAFT COUNTRY segue o personagem Atticus Freeman (Jonathan Majors), que na década de 1950 viaja pelos Estados Unidos regidos pelas leis segregacionistas em busca do seu pai desaparecido. A viagem, realizada na companhia da sua amiga Letitia (Jurnee Smollett-Bell) e do seu tio George (Courtney B. Vance), exige uma luta pela sobrevivência tanto em frente aos horrores racistas da "América Branca", como dos monstros assustadores que parecem terem saído de contos de terror do gênero Lovecraft.

Sobre HBO Latin America

HBO Latin America é uma rede de televisão premium por assinatura, líder na região, respeitada pela qualidade e pela diversidade de sua programação, que inclui séries, filmes, documentários e especiais originais e exclusivos. A rede exibe também alguns dos mais recentes blockbusters de Hollywood, antes de qualquer outro canal premium. Os conteúdos são exibidos em HD em mais de 40 países da América Latina e do Caribe por meio dos canais HBO®, HBO2, HBO Signature, HBO Plus, HBO Family, HBO Mundi, HBO Pop, HBO Xtreme e o canal básico Cinemax®. A programação é oferecida também por meio de várias plataformas, como a HBO GO® e HBO On Demand®.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Imagem: Reprodução/divulgação.

OBRA TODO SANTO DIA DA AUTORA ANDREZA CARÍCIO TEM SIDO UM GRANDE MANUAL PARA SE TORNAREM PESSOAS MELHORES


“Expectativas geram frustrações!” Quem nunca escutou ou até mesmo repetiu essa frase? Provavelmente todas as pessoas que já passaram por uma decepção. No entanto, quando a tristeza se torna falta de esperança é preciso reverter a situação. Andreza Carício, autora da obra Todo Santo Dia presente nas listas dos mais vendidos, recebe diariamente em seu Instagram centenas de mensagens de pessoas que perderam a vontade de tentar de novo.

São mensagens de pessoas que sofreram decepções e vivem a falta de esperança. Criam expectativas por diversas situações, desde relacionamentos até empregos.

Segundo Andreza, que também é especialista em comportamento humano, esperar é natural, mas na verdade o sentimento na maioria das vezes não é pelo outro e sim por você. As pessoas tendem a cobrar muito de si mesmas, geralmente criam roteiros de como querem que as coisas aconteçam. E quando a história não sai como o esperado, culpam o outro, o acaso, o destino, a vida.

Existe equilíbrio? É possível sonhar sem se frustrar? Sim, veja as dicas que a autora indicada por Augusto Cury separou para vocês:

·  Compreensão: entenda que ninguém é obrigado a sonhar o que você quer. Conexão é muito importante em relações interpessoais, principalmente as amorosas, mas ainda assim não há obrigatoriedade. Por vezes, inconscientemente nosso egocentrismo nos faz crer que as pessoas têm que estar disponíveis para nossas vontades, mas não é verdade. Aprenda a esperar.

·  Jamais desacredite: Frustrações fazem parte da vida e aprender a lidar com elas é uma das lições mais importantes. Lembre-se que as coisas em sua vida dependem exclusivamente de você, mesmo quando as ações partem de outras pessoas sua resposta será determinante para o resultado final. Reação é diferente de resposta. Para responder é preciso pensar, avaliar. Gentileza, gera gentileza. O mesmo vale para grosseria e impulsividade.

·  Não há como escapar de frustrações, vivenciamos pequenas frustrações todos os dias. No e-mail que não recebeu, no filme que queria ter assistido, mas faltou tempo, na noite mal dormida e por aí vai! Melhore sua aceitação a elas, sua dinâmica será muito mais fácil. Escolha uma atividade para se conectar ao seu bem-estar, meditação, exercícios, uma alimentação melhor.

Em Todo Santo Dia, Andreza Carício aborda o autoconhecimento, mudanças das sinapses neurais, uso de técnicas como condicionamento Pavloviano e psiconeuroimunologia para que os leitores sejam as melhores versões de si mesmos. Por meio deste conteúdo, recomendado por personalidades como Augusto Cury, o co-fundador da Tommy Hilfiger, Joel Horowitz, entre outros, Andreza têm ajudado pessoas com depressão, síndrome de Burnout, ansiedade, entre outras situações.

Sobre a autora: Escritora, palestrante, tabeliã e CEO da marca Todo Santo Dia, uma filosofia de vida que remete à consistência e à sabedoria de compreender o milagre diário da vida. Nasceu no Recife e atualmente vive no interior de São Paulo, com o marido e duas filhas. Tanto os pequenos quanto os grandes desafios do cotidiano a tornaram mensageira e conectora de vivências de transformação pessoal e auto aperfeiçoamento humano. Ela compartilha as lições que aprendeu a partir das formações e dos treinamentos de inteligência emocional e espiritual que realizou no Brasil e no exterior. São técnicas que podem ser aplicadas por qualquer pessoa e que têm o poder de ajudar você a desenvolver um estilo de vida positivo, através de pensamentos, emoções, espiritualidade e atitudes capazes de superar a insegurança e o medo de ser feliz.

Sinopse: "Todo santo dia" não é mais um livro de "autoajuda oba-oba" que propõe mudanças impossíveis de serem seguidas. Andreza Carício propõe atitudes práticas e aplicáveis que modificarão suas sinapses neurais para ter uma vida mais próspera e com significado. Com todos os desejos realizados, filhas amadas, um marido pelo qual sempre fora apaixonada, casa dos sonhos, emprego estável e satisfatório havia um desgaste, uma exaustão na rotina. A falta de força e de vida para sustentar tudo pelo que batalhou durante anos para conquistar era aterrorizante. A escritora se perguntava onde estava a menina alegre, cheia de energia e entusiasmo, com aquela chama vital que fazia os olhos brilharem. Diante de tantos questionamentos veio o insight que fez com que ela fosse em busca de mudanças para obter respostas. O que transformou a vida de Andreza Carício e pode modificar a sua também está nas páginas de Todo santo dia. O livro não traz fórmulas mágicas ou rotinas de exercícios impossíveis de serem realizadas. O conteúdo rico e pragmático que chega aos leitores como um presente, serve para preencher os dias com atitudes poderosas e fortalecê-los diante das adversidades do dia a dia, com a energia em alta, com saúde, felicidade nos relacionamentos e prosperidade em todos os âmbitos da vida. A proposta da obra é que todo santo dia seja uma oportunidade, um presente literalmente, de enxergar os acontecimentos da rotina com discernimento e avaliá-los como: aprendizado ou inspiração. Que ao abrir a mente e o coração ao novo o leitor possa olhar-se no espelho, com gratidão e compaixão e se perguntar: o que posso fazer por você hoje que vai encher o seu coração de felicidade?"

Ficha Técnica: 

Título: Todo Santo Dia 

Autora: Andreza Carício 

Preço: 34,90 

Selo: Literare Books International 

ISBN: 978-85-9455-172-6 

Formato: 16 x 23cm 

Páginas: 294 

Fonte: Assessoria de Imprensa

MUSEU DE ARTE DO RIO LANÇA PROGRAMA DA ESCOLA DO OLHAR ONLINE


Já se vão mais de 100 dias desde que o Museu de Arte do Rio - MAR, sob gestão do Instituto Odeon, fechou as portas para o público devido à pandemia do novo coronavírus. Ao longo do período, diversas iniciativas foram colocadas em prática para que a instituição seguisse pautando os temas relativos ao seu programa curatorial. Mas apesar da programação em forma de podcasts, visitas virtuais e lives, entre outros suportes, faltava um elemento primordial no relacionamento com o público: o diálogo. Para suprir essa necessidade, os educadores se debruçaram em pesquisas para criar o Programa de Educação Museal online, que levará, a partir do mês de julho, visitas mediadas, atividades para os visitantes e professores e até o café da manhã com os vizinhos para o ambiente virtual.
As visitas presenciais realizadas com educadores serão representadas por meio da série de vídeos Percursos Mediados. Cada exposição que estava em cartaz antes do fechamento do MAR (‘O Rio dos Navegantes’, ‘Pardo é papel’ e ‘Rua!’) será tema de um ciclo de cinco vídeos, todos contando com recursos de acessibilidade (legendas, LIBRAS e audiodescrição). O primeiro vídeo se inspira no acolhimento que ocorre presencialmente no museu, quando acontece uma introdução à instituição e sua história fazendo uma conexão com o conteúdo que será visto a seguir. Os dois próximos vídeos dão conta da mediação em si, trazendo imagens de dentro da exposição e falas dos educadores, gravadas de suas casas, abordando as relações entre obras, núcleos ou artistas.
O quarto vídeo apresenta ao público os dispositivos de mediação criados para cada uma das exposições, que podem ser objetos ou metodologias usados durante as visitas de grupos ao MAR. Finalizando cada ciclo da série, o espectador será introduzido no universo experimental da mediação com um conteúdo onde o exercício nas linguagens artísticas contemporâneas se faz presente na relação com temas diretos e transversais à exposição.
Para estreitar ainda mais o diálogo com o visitante, haverá versões online de duas atividades educativas. Com a proposta de incentivar a criatividade em família, a Oficina de Criação será adaptada para acontecer ao vivo e em uma sala virtual com número limitado de participantes. No mesmo formato virtual será o encontro 5 Minutos com a Coleção. O educador vai escolher uma obra ou um conjunto do Acervo MAR para uma breve apresentação de pesquisas relativas àquele conteúdo, e depois segue com um bate-papo que pode se estender por mais tempo.
O Programa de Educação Museal Online não deixará de fora os Vizinhos do MAR e professores. O tradicional café da manhã mensal com os moradores do entorno do museu também voltará a acontecer no ambiente virtual. Nesta primeira edição serão colocados em pauta os temas do terceiro jornal dos vizinhos e do próximo Ofício dos Saberes. Por fim, a Formação de Professores acontecerá por meio de plataformas de streaming e partirá das exposições em cartaz num convite para pensar novas narrativas. O primeiro encontro tratará dos meios de educação virtual usando como exemplo a série Percursos Mediados.
O projeto inovador será a primeira marca na gestão de Hugo Oliveira como coordenador de educação. "Como cria do Morro da Providência e um dos primeiros participantes do programa Vizinhos do MAR, chego com a missão de estimular a descolonização do corpo institucional e de manter a vocação do MAR para dialogar com questões como as relações étnico-raciais e direitos humanos", afirma Hugo. Doutorando em Comunicação pela Uerj, Hugo possui vasta experiência em gestão pública de projetos e de programas voltados para educação, dança, juventude, favela e desenvolvimento social, além de ser o coordenador do pré-vestibular Marielle Franco e idealizador da Galeria Providência, iniciativa de fomento ao graffiti apoiada pelo MAR.
O Programa de Educação Museal Online começará a partir de julho e deverá ter continuidade mesmo após o fim do isolamento social. O primeiro ciclo da série Percursos Mediados será sobre ‘O Rio dos Navegantes’, disponíveis no Youtube do MAR a partir do dia 06/07. A Formação de Professores será no segundo sábado do mês, dia 11/07 e o café da manhã com os Vizinhos do MAR acontecerá na mesma data, dia 11/07. Abaixo seguem as datas e sinopses das demais atividades.
16/07 | 17h - 5 Minutos com a Coleção - "Figura de Jovem Negra", Belmiro de Almeida
Educador: Fernando Porto
No primeiro 5 Minutos com a Coleção, os educadores irão compartilhar um pouco sobre o conjunto de obras e artistas presentes no Acervo MAR. A obra escolhida é ‘Figura de Jovem Negra’, de Belmiro de Almeida. O que de imaginário ronda esta pintura e quais assuntos ela pode disparar, hoje, na sociedade brasileira?
18/07 | 14h - Oficina de Criação: Super-Mercado
Educadores: Fernando Porto e Maria Rita Valentim
Como nascem os super-heróis e heroínas? A partir dos super-heróis presentes nas obras de Maxwell Alexandre, convidamos crianças e responsáveis a criar novos super-heróis, buscando na imaginação os desenhos animados e com inspiração nas prateleiras do supermercado. Do que os heróis e heroínas são feitos? Vamos inventar juntos?
30/07| 17h - 5 Minutos com a Coleção - "Kui Dume Teneni", Acelino Sales Tui
Educadora: Maria Rita Valentim
A conversa será sobre a relação entre alguns conceitos da educação formal e outros métodos a partir da obra Kui Dume Teneni, de Acelino Sales Tui, integrante da coleção Huni Kuii do Acervo MAR. Convidamos o público a tecer ligações entre diferentes perspectivas educativas no processo artístico do povo Huni Kuii.
O Museu de Arte do Rio - MAR  
Uma iniciativa da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o Museu de Arte do Rio é gerido pelo Instituto Odeon, uma organização social da Cultura e tem o Grupo Globo como mantenedor, a Equinor como patrocinadora master e o IRB Brasil RE e a Bradesco Seguros como patrocinadores por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.
A Escola do Olhar conta com o patrocínio do Itaú e o apoio da Icatu Seguros e do Machado Meyer Advogados via Lei Federal de Incentivo à Cultura. Por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS, é também patrocinada pela HIG Capital, RIOgaleão e JSL. A Vale é patrocinadora da exposição "Casa Carioca" por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.
O MAR conta ainda com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e realização do Ministério da Cidadania e do Governo Federal do Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. 

Fonte/Foto-reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa

SZABO: UM ROMANCE POLICIAL DO SÉCULO XXI


As habilidades secretas de espionagem e investigação tornaram-se inúteis para Carlos Marcondes na busca por um novo emprego. O jogo vira quando o ex-agente secreto é acusado de assassinato enquanto trabalha como motorista particular de um milionário. O quebra-cabeça dessa trama é montado nas 342 páginas de Szabo, lançamento do escritor carioca Gino Netto.
Carlos precisa desvendar os mistérios por trás do crime antes que seja preso pela polícia espanhola. O vilão dessa história é o grande mistério por trás de Szabo: diante do cenário apresentado pelo autor, todos são suspeitos!
A trama cheia de reviravoltas, corrupção, mentiras e vinganças ganha destaque com a viagem de Marcondes a Madri para prestar serviços de acompanhante a Gigia, amiga do seu chefe e personagem chave na história. Outros nomes também compõem os conflitos da trama, como um assassino misterioso, um inspetor da polícia espanhola e pessoas que se escondem atrás do poder social. A ex-chefe do protagonista também é elemento fundamental do enredo, pois é ela quem envia para Marcondes uma missão que apenas a ele é confiada.
Com uma personalidade duvidável e moral questionável, Carlos Marcondes ganha a admiração e empatia dos leitores. Os elementos tecnológicos são outro ponto da produção que chama a atenção do público. Unida ao mistério e ação, a produção torna-se um Thriller perfeito para os amantes do gênero.
Ficha Técnica:
TítuloSzabo
Autor: Gino Netto
Editora: Autografia
ISBN: 978-85-518-1936-4
Páginas: 342
Formato: 23x 16 cm
Preço: R$49,90
Link de venda:  https://bit.ly/2Ybopry
Sinopse: Carlos Marcondes trabalha em Londres como motorista particular, mantendo em segredo seu histórico como membro de uma organização secreta. No entanto, sua ex-chefe precisa que um trabalho seja realizado em segredo e ele é o único em quem ela confia. Para completar, um milionário encarrega Marcondes de prestar serviços de acompanhante para Gigia, uma amiga que chegará durante seus compromissos fora da cidade. A tarefa parece fácil, mas se torna perigosa quando Marcondes e Gigia viajam para Madri e um misterioso assassinato acontece. Enquanto passa por um emaranhado de coincidências, Marcondes descobre que está envolvido em truques maiores do que suas intenções de resolver o problema para sua ex-chefe. Ele deve desvendar os mistérios por trás dos eventos para provar sua inocência, antes que seja preso por um inspetor da polícia espanhola.
Sobre o autor: Carioca, nascido em 1973 e profissional na área de computação, Gino Netto é escritor de blogs e peças teatrais. Estreou em 2019 na empreitada literária com o Thriller Szabo. Ex-aluno de oficina de escrita criativa, Gino escreveu Szabo dividindo seu tempo livre entre estudos, família e as séries que acompanha. 
Redes Sociais:

Fonte: Assessoria de Imprensa

ANIVERSÁRIO DE FRIDA KAHLO: VINÍCOLA CARMEN FAZ HOMENAGEM COM UM RÓTULO ESPECIAL


Frida Kahlo completaria 113 anos em 6 de julho. Ícone da força feminina, a artista mexicana é símbolo de reinvenção, tanto em sua arte quanto em sua vida. Uma referência histórica que, em seu tempo, conseguiu transformar o tradicional, rompendo tabus. Seu legado levou essa geração a acreditar que um clássico pode ser atual.

A vinícola Carmen, primeira a ser fundada no Chile, em 1850, resolveu homenagear a artista mexicana com um dos seu rótulos, lançando o Carmen Gran Reserva Frida Kahlo - Carmènére. A linha Gran Reserva de Carmen traz em sua proposta a Reinvenção dos Clássicos, isso porque a Viña Carmen é conhecida justamente por sua tradição e qualidade, mas nunca deixou de agregar à sua essência atributos de tendência e inovação, se reinventando ao longo dos anos. Além disso, foi na Viña Carmen que a uva Carmènére – originária da França e que estava extinta no mundo todo – foi redescoberta -, e tornou-se patrimônio chileno.

Além de uma embalagem linda, o este vinho, faz parte de uma linha Gran Reserva que é super reconhecida, conquistando mais de 90 pontos mais de 120 vezes nas premiações mais importantes do mundo. O Carmen Gran Reserva Frida Kahlo Carmènére 2017, que é o vendido no Brasil conquistou 91 pontos por Descorchados 2019. Ele é elaborado com a uva Carménère, é proveniente do Vinhedo Peñasco, no Vale do Colchagua e traz uma complexidade aromática e exuberância.

Então, que tal celebrar a data brindando à Frida que vive em você com este vinho especial? E o que acha de presentear aquela amiga que é uma referência para você?

Informações técnicas

Vinícola: Carmen

Origem: Chile

Variedades: Carmènére (100%)

Teor alcoólico: - 13.5

Temperatura de Serviço: - 16 a 18ºC

Harmonizações perfeitas: carnes vermelhas, queijos maduros, massas.

Valor médio: R$ 186,00

Onde comprar: Mistral Importadora

Fonte/Foto-reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa

KIKO LOUREIRO LANÇA NOVO SINGLE "OVERFLOW"


Com dois singles e um vídeo clipe já divulgados, Kiko Loureiro, renomado guitarrista brasileiro com longa história no grupo Angra e, atualmente, integrante da icônica banda americana Megadeth, disponibilizou o terceiro single do tão aguardado álbum "Open Source".

Conhecido por explorar a linguagem instrumental de uma maneira diversificada e sempre mesclando o rock à música brasileira, Kiko vem conquistando uma nova legião de seguidores através de seu trabalho solo.

Após quatro álbuns de estúdio, aliando o virtuosismo e lirismo melódico com a guitarra sendo protagonista nas suas composições, Kiko prepara o lançamento de seu quinto trabalho, produzido em Los Angeles e mixado na Inglaterra.

O belíssimo single, intitulado Overflow, já está disponível em todas as plataformas digitais.


"OPEN SOURCE" será mundialmente lançado no 10 de julho de 2020 e conta com a participação de Felipe Andreoli no baixo e Bruno Valverde na bateria em todas as 11 faixas, além de contar com as participações especiais dos guitarristas Marty Friedman (ex-Megadeth) e Mateus Asato em duas delas.

O álbum segue o conceito tecnológico de código aberto, Kiko propõe com esse novo álbum que as músicas não sejam o estado final da arte e sim o começo.

As gravações com instrumentos isolados serão disponibilizadas para download gratuito. A partir desses arquivos, qualquer pessoa poderá recriar, remixar e trazer novas perspectivas às músicas originais. Incorporando o conceito de globalização à arte.

Outras informações:



Fonte: Assessoria de Imprensa