segunda-feira, 21 de maio de 2018

INSTITUTO MILTON H. ERICKSON BRASIL PROMOVE CURSO DE HIPNOSE EM JOÃO PESSOA MINISTRADO PELO MÉDICO DR. RICARDO FEIX




De 25 a 27 de Maio de 2018, no Hotel Intercity – João Pessoa/PB, acontecerá o curso Uma Terapia para Ontem, Hoje e Amanhã, promovido pelo Instituto Milton H. Erickson Brasil Sul com apoio da Sociedade Paraibana de Hipnologia e Sofrologia (SPHS).

O objetivo do curso, que será ministrado pelo Dr. Ricardo Feix e terá 24 horas-aula de duração, é apresentar o valor das técnicas Regressivas e Progressivas da Hipnose Terapêutica.

CONTEÚDO

• A Imaginação
• O Tempo e As Distorções do Tempo
• Amnésia e Hipermnésia
• Revivência
• Pseudo Orientação Para o Futuro
• Regressão na Idade e Regressão de Memória
• Memórias Profundas, Memórias Ancestrais, Memórias Transgeracionais e Arquetípicas
• Inconsciente Coletivo
• Memória Kármica e Memórias Sanskáricas
• Reencarnação
• Vida Passadas e Vidas Futuras
• Divórcio Emocional e Espiritual
• Desconstruindo o Passado para Construir o Futuro
• Desconstrução e Reprogramação de Traumas Profundos pelo Movimento dos Olhos
• Aplicações Clínicas para as técnicas de Regressão
• Deletando Memórias Inúteis
• Hipnose Ericksoniana
• RMTP – Ressignificação de Memórias Traumáticas Profundas
• Contra-indicações e riscos
• Falsas Memórias
• Realidade, Espiritualidade e Ética Profissional

SITE

VÍDEOS


MATERIAIS E MÉTODOS

Aula Expositiva e Dialogada
Demonstrações de Terapia Ao Vivo
Apostila e Certificado
Carga Horária: 24 horas-aula (MEC)
Público-alvo: Profissionais da Saúde

HORÁRIOS

Sexta-feira
14h às 16h / 16h30 às 18h30 / 20h às 22h
Sábado
08h às 10h / 10h30 às 12h30 / 14h30 às 16h30 / 17h às 19h
Domingo
08h às 10h / 10h30 às 12h30 / 14h30 às 16h30

INVESTIMENTO

Até 20/04: R$ 1.350 (à vista)
De 20/04 até 20/05: R$ 1.400 (à vista)
De 20/05 até a data do curso: R$ 1.450 (à vista)
Parcelado em até 4x: R$ 1.600 (total)
Parcelado em até 6x: R$ 1.800 (total)

LOCAL

Hotel Intercity
Av. João Maurício, 1185 – João Pessoa/PB

Inscrições

Com Psicóloga Nalícia: naliciainez@gmail.com
(83) 98610-8230
(83) 99981-7556

SOBRE O DR. RICARDO FEIX

Médico formado pela UFRGS (1976); Mestre em Saúde Pública pela USP (1985); Fundador e Presidente do Instituto Milton H. Erickson Brasil Sul de Porto Alegre/RS; criador do CDQUIM, modelo terapêutico para tratamento de dependentes químicos com Hipnose.

Dr. Feix tem atendido em seu consultório mais de 3.000 pacientes com Hipnoterapia. É co-tradutor do Glossário para Hipnose Ericksoniana Inglês/Português. Também é autor do vídeo A Evolução da Hipnose (2007) e de capítulo de livro sobre Hipnose. Além disso, é professor de Hipnoterapia em 8 capitais nacionais e diversas cidades internacionais do México, Estados Unidos e França. Atualmente é membro da Diretoria da ASBH – Associação Brasileira de Hipnose. Foi palestrante no HipnoSur 2013, em São Paulo, e nos últimos 3 congressos da ASBH, no Rio (2015 e 2016) e em São Paulo (2017).

Dr. Ricardo Feix, speaker confirmado para o 21º Congresso Internacional em Hipnose Médica, da ISH – International Society of Hypnosis, dia 23/08, em Montreal (CAN). Foi conferencista no 1º Congresso Internacional de Hipnose do Oceano Índico em La Réunion, no mês de novembro de 2017. Foi faculty dos congressos da Fundação Milton Erickson, (Phoenix, Az – EUA), nos anos de 2011 e 2015; e speaker dos congressos da ISH – International Society of Hypnosis, em Acapulco (2006) e Paris (2015). Também palestrou nos 3 últimos Congressos Latino-Americanos de Hipnose Ericksoniana, nas cidades de Cuernavaca (MEX), Florianópolis e Belo Horizonte.

Participação em Eventos

O presidente do Instituto Milton H. Erickson Brasil Sul tem trabalhado como clínico, professor, consultor, pesquisador e conferencista em Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Brasília e Cuiabá nas áreas da Hipnose Clínica, Dependência Química e Medicina Geral Comunitária. Desde o ano 2000, concentra sua atividade em Hipnoterapia no seu consultório privado.

HIPNOSE

A Hipnose constitui-se no registro mais antigo de todas as terapias. Seja nas histórias referidas nos afrescos das cavernas, seja nas cerimônias xamânicas com dança, seja através de rituais de cura com sacerdotes, perde-se no tempo da história de todos os continentes, o uso dos estados alterados de consciência para a auto-cura. Tais estados são caracterizados pela fenomenologia hipnótica do transe, que vai se expressar através do grau de sensibilidade individual das pessoas em cada sessão.

Durante o transe, que é um estado natural, a mente fica hiperfocalizada proporcionando diversos benefícios ao paciente, pela flexibilização da comunicação entre a mente consciente e inconsciente.

Aplicações

A Hipnose pode ser utilizada tanto para autoconhecimento como para incremento de performances cognitivas, artísticas e desportivas. Porém, seu uso mais conhecido é no tratamento de transtornos emocionais, psicossomáticos e distúrbios da dor crônica.

A procura pela hipnose clínica ou científica, à medida que vem sendo conhecida e reconhecida pelos seus resultados, tem crescido nos consultórios de médicos, psiquiatras, psicólogos e dentistas.

O Conselho Federal de Medicina indica as seguintes aplicações para a hipnose científica:

– Transtornos da ansiedade (ansiedade generalizada, estresse, estresse pós-traumático, fobias, pânico, transtornos sotaformes e conversivos);

– Transtornos do sono;

– Transtornos do relacionamento conjugal e familiar;

– Transtornos de personalidade;

– Transtornos devido ao uso indevido de substâncias psicoativas;

– Transtornos da sexualidade (frigidez e impotência psicogênicas);

– Nas áreas da Cardiologia (hipertensão arterial sistêmica), Neurologia (enxaquecas, paralisias, lesões de esforço repetitivo), Ginecologia e Obstetrícia (vaginismo, partos sem dor), na traumatologia, na Anestesiologia, no controle da dor crônica e dos hábitos indesejáveis (gagueira, tiques e outros).

Sabe-se da utilidade da hipnose científica na melhoria da aprendizagem, e no aperfeiçoamento da performance para o esporte de competição.

Em Odontologia, há muito tempo utiliza-se da hipnose clínica para a dessensibilização da fobia pelo tratamento dentário, controle do pânico, prevenção do vômito, indução de analgesia, vasoconstrição e anestesia, além do controle do bruxismo.

Sabe-se também da extrema utilidade da hipnose para os transtornos autonômicos e à indução de estados especiais de relaxamento equivalentes à meditação, podendo preparar as mulheres para o parto ou qualquer situação de estresse futuro, como cirurgias, falar para pequenos ou grandes públicos de interesse profissional ou social.

Isso tudo, sem contar o enorme benefício de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal que exercícios repetidos de auto-hipnose podem trazer ao praticante, melhorando o sono, a memória, a auto-estima e facilitando o processo de tomada de decisão.

NÍVEIS DE TRANSE

1. Estado Sonambúlico

Transe mais profundo, quando a respiração é muito lenta. Há anestesia completa e a pessoa fica altamente sugestionável. Pode ocorrer escrita automática e alucinações positiva ou negativas.

2. Transe Profundo

Fase de relaxamento profundo, na qual o paciente pode apresentar letargia, catalepsia (estado de rigidez dos músculos, permanecendo o indivíduo na posição em que foi colocado) e voz vagarosa. Nesse estágio, há anestesia e receptividade a sugestões diretas. É possível a regressão e a progressão total e imediata.

3. Transe Médio

O paciente acessa fatos do presente e do passado.

4. Transe Leve

Estado em que abrem-se as emoções e lembranças. É possível uma regressão parcial.

5. Estado Hipnoidal

Fase de relaxamento em que a pessoa fala e responde facilmente e não se percebe em hipnose.

MILTON H. ERICKSON, M.D.

Biografia

Milton Hyland Erickson viveu de 1901 a 1980.  Médico, psiquiatra e psicólogo, nascido no dia 5 de dezembro, na cidade de Aurum, Nevada (EUA), até hoje é considerado uma das maiores autoridades mundiais em hipnose aplicada à psicoterapia e à medicina. Foi o criador da Hipnose Moderna Ética e Científica, e da Psicoterapia Breve Estratégica.

Se Freud foi o gênio da análise e Jung o gênio da síntese, Erickson foi o gênio da aplicação do conhecimento desses dois autores à clínica psicoterápica.

Segundo filho de onze irmãos, Milton Erickson contraiu aos 18 anos poliomielite tetraplégica. A partir daí, se interessou por métodos e técnicas terapêuticas que buscassem a auto superação humana. Graças ao seu trabalho, a hipnoterapia foi incorporada como técnica psicoterápica a partir de 1956 nos Estados Unidos, e desde então, sua aplicação tem ajudado no alívio do sofrimento humano, substituindo a anestesia, controlando a dor, amenizando ansiedade e suprimindo traumas que possivelmente jamais seriam resolvidos por outros meios.

Milton Erickson foi casado com a psicóloga Elizabeth Moore Erickson, com a qual teve 8 filhos. Entre eles, Betty Alice e Roxanna, que até hoje trabalham junto ao Board of Directors da fundação criada em homenagem ao pai no ano de sua morte.

Em 1960, Milton Erickson fundou a American Society of Clinical Hypnosis, onde ministrava cursos sobre o tema. Nessas aulas, Erickson ensinava a hipnose clássica, mas no entanto, já disseminava algumas de suas idéias inovadoras.

A aceitação e identificação automática com as suas abordagens eram tantas que logo seus primeiros discípulos médicos e psicólogos, o estimularam a divulgar ainda mais o seu trabalho. Com o incentivo, Erickson passou a publicar livros e artigos sobre seus próprios pensamentos a respeito da hipnoterapia. Com ajuda de alguns discípulos, em seguida a produção ultrapassaria três centenas de publicações entre 1950 e 1980. Hoje alcança quase um milhar incluindo publicações dos discípulos de 4ª e 5ª geração.

Em 1980, Milton Erickson faleceu, mas sua contribuição para área da saúde fora premiada. Os mesmos alunos que o incentivaram a publicar suas idéias fundaram, junto à família, a The Milton Erickson Foudantion, em Phoenix, Arizona (EUA). Trata-se de uma entidade sem fins lucrativos, que hoje conta com mais de cento e vinte filiais ao redor do mundo, ensinando e divulgando as abordagens Ericksonianas para áreas da saúde e da educação.

Fundação Milton H. Erickson

Para falar sobre o Instituto Milton H. Erickson Brasil Sul é fundamental que se apresente a The Milton H. Erickson Foundation, Inc., uma empresa com finalidade não-lucrativa criada para promover e desenvolver as contribuições do Dr. Milton H. Erickson às ciências da saúde.

Para isso a fundação patrocina Congressos, Workshops e seminários; edita um jornal (Neswsletter) e mantém um arquivo geral de memórias. Com o mesmo fim, criou uma editora e um acervo de fitas de vídeo, áudio e DVDs. A mesma fundação mantém uma rede de 130 Institutos, Centros de Estudos ou Sociedades distribuídos em 32 diferentes países.

Os principais eventos internacionais da Fundação: The Evolution of Psychoterapy, a cada cinco anos; Brief Therapy Conference, a cada três anos; Couples and Intimacy Conference, de três em três anos; The International Congress on Ericksonian Approaches to Hypnosis and Psychoterapy, também a cada triênio.

A diretoria atual da Fundação é presidida pelo Dr. Jeffrey K. Zeig. Há 25 anos, desde a morte de seu inspirador, está estabelecida em Phoenix, Arizona (EUA).

Fonte: Instituto Milton H Erickson.

Nenhum comentário:

Postar um comentário