terça-feira, 12 de junho de 2018

CULINÁRIA BAIANA, COMO MONTAR UM JANTAR “ARRETADO” NA SUA CASA E FAZER A ALEGRIA DOS AMIGOS


A culinária baiana é uma das mais queridas do Brasil. Seu tempero forte e bem apimentado é maravilhoso, e até mesmo quem é de outras regiões não resiste a tantas delícias.

Sabe aquelas reuniões de amigos, quando a gente escolhe uma culinária típica e prepara vários pratos para diversificar um pouco? Pois bem, o próximo encontro pode ser marcado pela comida típica da Bahia, que é uma delícia.

Só tem um problema: você não sabe como fazer isso. E agora?

Relaxa, “meu bródi”! Veja quais são os pratos que você pode servir e como criar um clima com a cara da Bahia para deixar tudo ainda mais divertido!

Aprenda Como Organizar um Jantar Baiano em Casa

Depois de conferir todas essas dicas, nós temos certeza que você vai começar a apreciar ainda mais a culinária e também a cultura baiana!

Comidas

Não tem como ser diferente: a primeira coisa que a gente pensa quando se fala de um jantar é a comida. Quais são os melhores pratos para trazer um pouco da cultura da Bahia para a sua cozinha?

Pois bem, opções não faltam, já que essa é uma culinária bem completa. Para abrir o apetite, você pode apostar no acarajé, que é um bolinho de feijão fradinho e cebola, bem temperadinho e servido frito - mas tem que ser no azeite de dendê, para dar aquele gostinho especial.

Geralmente, o acarajé é recheado com vatapá, que é uma iguaria cremosa que leva farinha de mandioca, peixe desfiado, camarão seco e leite de coco, entre vários outros temperos. Essa combinação fica com um sabor incrível!

Ah, quando for comer acarajé, se alguém te perguntar se você quer frio ou quente, ninguém está falando sobre a temperatura não, é a quantidade de pimenta. Se você pedir quente, se prepare para sentir o que é “arretado” de verdade!

Para o prato principal, você pode optar pela moqueca de peixe com pirão, camarão à baiana ou bobó de camarão, com uma bela porção de arroz com coco para acompanhar.

A sobremesa pode ser tapioca com coco, pudim de tapioca, quindim ou baba de moça, de acordo com a preferência dos convidados.

Decoração

Você já ouviu falar que as pessoas comem com os olhos, não é? Isso é super verdade, já que antes de comer qualquer coisa nós olhamos para o prato, a decoração e o ambiente.

Se a primeira impressão tiver sido agradável, então as chances de gostar do prato e da experiência em geral são muito grandes. Porém, se a primeira impressão for ruim, então fica mais complicado.

Para deixar o ambiente genuinamente baiano, nada melhor do que começar a decoração com flores coloridas, que têm tudo a ver com a alegria e a descontração desse povo tão querido.

As fitinhas do Bonfim também não podem faltar de jeito nenhum, bem como os tecidos de chita. Se você conseguir encontrar uma cortina de contas, então realmente vai parecer que você está dentro da casa de um baiano!

Música

“Oxente”! A música é uma parte muito importante da cultura dos baianos, e o ritmo mais forte, sem dúvidas, é o axé. Então, monte uma playlist com alguns dos maiores clássicos desse ritmo para deixar o ambiente bem mais alegre.

Daniela Mercury, Ivete Sangalo, Olodum, Timbalada e É o Tchan são ótimas sugestões para deixar a noite mais animada e com clima de carnaval. Assim, o jantar será muito mais completo!

Além de curtir as músicas, vocês poderão até arriscar alguns passos de dança depois de comer, o que será super divertido.

Curta um Jantar Baiano “Porreta”!

Acredite: com toda essa organização, que vai desde a comida até a decoração e a música, você criará um ambiente típico super incrível, que vai ser muito mais legal do que simplesmente fazer um prato baiano e pronto.

A alegria e a hospitalidade do povo baiano são duas de suas características mais marcantes, e se você quiser entrar nesse clima, então precisa de uma experiência completa. Com certeza, você e seus amigos irão se divertir muito.

Então, não perca mais tempo e já comece a preparar tudo. Quando seus amigos chegarem, eles ficarão surpresos com tanta dedicação, terão uma das melhores noites de suas vidas e ninguém ficará “virado no setenta”!

Gírias

Arretado: adjetivo usado para valorizar alguma coisa ou pessoa

Leseira: preguiça

Meu bródi: meu amigo, meu parceiro

Oxente: usado para demonstrar surpresa, espanto ou exclamação

Porreta: adjetivo para algo ou alguém que é muito bom

Virado no setenta: bravo, irritado

Imagem: Reprodução/divulgação.

Fonte: Guarajuba imóveis, que oferece aluguel por temporada para quem desejar passar férias na Bahia https://www.guarajubaimoveis.com.br/guarajuba/

Nenhum comentário:

Postar um comentário