segunda-feira, 24 de setembro de 2018

SAMBA HOTÉIS BUSCA EXPANSÃO PARA O MERCADO NORDESTINO


Com apenas quatro anos de operações, a Samba Hotéis já chegou à marca de dez empreendimentos em seu portfólio, sendo nove no Brasil - nas regiões Sudeste e Sul - e um em Beirute, no Líbano, propriedade que será inaugurada no final de setembro. Com uma gestão leve e moderna, que foca no bem-receber sem deixar de lado a lucratividade dos investidores, a rede cresce a cada dia, e a previsão é de que outros cinco hotéis sejam incorporados à marca até o final de 2018.

Pensando na abertura de novos mercados também na região Nordeste, a Samba vai levar todo o seu conhecimento para a Hotel & Food Nordeste (HFN), feira voltada para toda a cadeia produtiva dos setores de hospedagem e alimentação fora do lar, que acontece entre os dias 3 e 5 de outubro, no Centro de Convenções de Pernambuco. “Já estamos em negociação com alguns empreendimentos da região e, com isso, a participação no evento torna-se fundamental para mostrarmos os nossos modelos de gestão ao empresariado local”, explica Leandro Bonifacio, gerente de Novos Negócios da companhia.

“Acreditamos muito no Nordeste, a expansão se faz necessária pela gestão estratégica de crescimento da marca Samba em todo o território nacional, incialmente começamos no Sudeste e Sul por questões geográficas e de logística. O Nordeste é um destino formidável para o turismo, grandes cidades em pleno desenvolvimento, belas praias, opções diversas de lazer e clima perfeito. Nosso intuito é ganhar mais visibilidade nesta importante região turística, o que será essencial para nosso crescimento”, diz o diretor de RH da Samba Hotéis, Ramon Megale.

Única administradora hoteleira a expor no evento, além de reforçar o conceito das marcas Samba (uppermidscale) e Bossa Nova (upscale), já consolidadas no mercado, a rede pretende apresentar aos visitantes sua nova bandeira, a Samba In The Box, composta por empreendimentos supereconômicos feitos em contêineres.

Para isso, leva ao pavilhão um modelo de hospedagem construído em módulos habitacionais produzidos em aço galvanizado especificamente para esse fim, e decorados de acordo com a proposta da empresa, que é transmitir alegria, jovialidade e brasilidade aos seus hóspedes. Além disso, o espaço pretende proporcionar a experiência diferenciada de se hospedar em um contêiner. Os visitantes poderão conferir todos os detalhes de uma recepção e um quarto com mais de 20 m2, totalmente decorados, em uma área de 90 m2, localizada na Rua A-3.

Projetados para serem confortáveis, econômicos e práticos, os hotéis Samba In The Box possuem construção rápida e custam, aproximadamente, 65% menos do que um empreendimento convencional, de acordo com Megale. “O Samba In The Box é peça chave para nosso plano de expansão, pois é um investimento de ótimo custo-benefício, rápida construção e, por isso, com retorno ao investidor muito acelerado”, diz.

“É um hotel modular, há a possibilidade de ampliar ou reduzir o número de quartos de acordo com a demanda real aferida. Perfeito não só para as belas praias do Nordeste, mas também para entrepostos comerciais, em regiões mais distantes do litoral, que contam com pouca oferta deste tipo de serviço. Esperamos negociar, pelo menos, cinco unidades Samba in The Box no Nordeste até o final de 2019”, completa o diretor de RH da Samba Hotéis.

Fotos: Reprodução/divulgação – Assessoria de Imprensa Samba Hotéis.

Mais informações: Juliana Monezza -juliana.monezza@sambahoteis.com

Acesse http://www.sambahoteis.com/

Fonte: Rachel Motta

Nenhum comentário:

Postar um comentário