sábado, 22 de dezembro de 2018

TRAILER DO NOVO FILME DE MAISA TEM MAIS DE 2 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES EM 24H


Ontem Maisa lançou em sua conta no instagram o trailer de seu novo filme “Cinderela Pop” e em pouco mais de 24h, o post já havia alcançado 2 milhões de visualizações.

Cinderela Pop” é a primeira adaptação do livro homônimo de sucesso de Paula Pimenta, escritora com mais de 2 milhões de livros vendidos. O livro faz parte da série das princesas modernas, que tem sua sequência com: “Princesa Adormecida” e “Princesa das Águas”. Paula Pimenta ainda planeja mais três livros que darão continuidade a série de princesas modernas e todos serão adaptados para o cinema.
 
O trailer de “Cinderela Pop” mostra uma trama envolvente e moderna, inspirada na clássica história de Cinderela. Aqui a princesa Cintia Dorella é representada como uma menina antenada, com opiniões próprias, decidida e que adora música!

Cintia tinha uma família perfeita e era uma menina totalmente romântica, até que flagra seu pai traindo sua mãe, o que a faz desacreditar do amor. E esse é o estopim para a vida de Cintia mudar e a princesa moderna vai em busca de seu sonho: tornar-se uma DJ de sucesso.

Com direção de Bruno Garotti (“Tudo por um Pop Star” e “Eu Fico Loko”) e roteiro de Marcelo Saback (“Loucas Pra Casar” e S.O.S. Mulheres ao Mar”), o filme será protagonizado por Maisa, que representa a Cinderela Pop, Filipe Bragança, intérprete do Cantor Pop Fred Prince, Fernanda Paes Leme, que dá vida à Madrasta, Letícia Pedro e Kíria Malheiros, que representam as filhas gêmeas da Madrasta, Giovanna Grigio, que interpreta Belinha, a melhor amiga de Fred Prince, cuja amizade transcende a tela, pois Grigio e Bragança são melhores amigos na vida real, e grande elenco.

Com produção da Panorâmica, coprodução da Miravista e distribuição da Galeria distribuidora, o filme estreia em todo o Brasil no dia 28 de fevereiro.

FICHA TÉCNICA 

CINDERELA POP

Produtora: Panorâmica

Coprodução: Miravista

Distribuição: Galeria Distribuidora  

Diretor: Bruno Garotti  

Roteiro: Marcelo Saback, Bruno Garotti e Flávia Lins

Distribuição:  Galeria Distribuidora

Elenco: Maisa Silva como Cintia (Cinderela)

Fernanda Paes Leme como Patricia (Madrasta)

Filipe Bragança como Fredy Prince (Príncipe)

Míriam Freeland como Ana

Marcelo Valle como César

Elisa Pinheiro como Helena

Sérgio Malheiros como Rafa

Giovanna Grigio como Belinha

Bárbara Maia como Lara

Letícia Pedro como Graziele

Kiria Malheiros como Gisele

Leo Cidade como André

Matheus Costa como Diego

Isabel Filardis como Lucia

Sobre

Galeria Distribuidora

Galeria Distribuidora tem a intenção de distribuir filmes que unam qualidade de produção e apelo popular, buscando espaço crescente junto à produção nacional e internacional.

Sempre com inovação e dinamismo, a Galeria está envolvida com toda a produção do filme, desde a concepção até produção.
 
Panorâmica

A Panorâmica tem 15 anos e já realizou 58 séries para TV e três filmes para cinema. Criou e produziu conteúdos em diversos formatos para 15 canais brasileiros e internacionais, como Globo, Record, NBC/Universal, A&E, MTV, Multishow, GNT, Gloob, Futura e Viva. Criou e produziu a série infantil Gaby Estrella, com 126 episódios exibidos no canal Gloob. A série foi indicada ao Emmy Kids Awards 2014 (USA) na categoria melhor série infantil. Em 2017, lançou o longa-metragem “Gaby Estrella – O Filme”.

Alguns conteúdos criados e produzidos pela Panorâmica: Série “Rotas do Ódio”, um drama policial exibido em 2017 pela NBC/Universal. Série de ação “Sem Volta”, exibida em 2016 pela Rede Record. O longa-metragem “TUDO POR UM POP STAR”, adaptação da obra de Thalita Rebouças, foi lançado em outubro de 2019 e já contou com mais de 1 milhão de espectadores nos cinemas.

Em 2013 e 2014, a Panorâmica realizou o Programa Globosat de Desenvolvimento de Roteiristas, que treinou mais de 400 roteiristas e gestores da indústria audiovisual brasileira. O projeto trouxe ao Rio importantes nomes da indústria de seriados da TV americana como Martha Kauffman (Friends), Anthony Zuicker (CSI), Darren Starr (Sex and the City) e o mestre de roteiros Robert Mckee, com seus seminários famosos em todo o mundo: história e gênero

Miravista

A Miravista é o selo da Buena Vista International para as coproduções na América Latina. O primeiro longa produzido pela Miravista, Ladies Night, estreou no México em 2003. No Brasil, a empresa já levou aos cinemas O Caminho das Nuvens, de Vicente Amorim; Viva voz, de Paulo Morelli; A Dona da História, Muito Gelo e Dois Dedos D’água e Primo Basílio, de Daniel Filho; O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias, de Cao Hamburger; O Casamento de Romeu & Julieta, de Bruno Barreto; Jogo Subterrâneo, de Roberto Gervitz; Didi - O Caçador de Tesouros, O Cavaleiro Didi e A Princesa Lili e O Guerreiro Didi e a Ninja Lili, de Marcus Figueiredo; A Máquina e Fica Comigo Esta Noite, de João Falcão; Caixa Dois, de Bruno Barreto; Inesquecível, de Paulo Sérgio Almeida; Chega de Saudade, de Laís Bodanzky; O Magnata, de Johnny Araújo; Polaróides Urbanas, de Miguel Falabella; A Mulher do Meu Amigo, de Claudio Torres; Quincas Berro D´água, de Sérgio Machado; O Bem Amado, de Guel Arraes; Vida Sobre Rodas, de Daniel Baccaro; Qualquer Gato Vira-Lata, de Tomás Portella; Odeio o Dia dos Namorados, de Roberto Santucci; Se Puder... Dirija! e Apaixonados, de Paulo Fontenelle; S.O.S. Mulheres ao Mar, de Cris D’Amato; Desculpe o Transtorno, de Tomás Portella; Até que a Sorte nos Separe 3, de Roberto Santucci; Um Namorado Para Minha Mulher, de Júlia Rezende e Amor.com, de Anita Barbosa.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário