sexta-feira, 21 de junho de 2019

BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO RIO JÁ TEM OITO AUTORES INTERNACIONAIS CONFIRMADOS


A Bienal Internacional do Livro Rio já tem oito autores internacionais com participação confirmada no maior evento literário do país. Cada um deles tem seu próprio grupo de leitores, o que reforça ainda mais o conceito de várias Bienais dentro de uma. Os convidados internacionais agradam aos mais diferentes públicos, com nomes de destaque em temas que vão da ciência política à leitura de mentes, passando por autores que tiveram seus livros transformados em filmes de sucesso em todo o mundo.

"A lista de autores internacionais confirmados já virou tradição. Para a edição deste ano já estamos com uma seleção de nomes de sucesso que tratam de temas atuais que vão de política ao autoconhecimento, além de romance e suspense", diz Tatiana Zaccaro, diretor da Bienal.

Os que já confirmaram presença no evento são: Josh Malerman, Henrik Fexeus, Steven Levitsky, C.J. Tudor, Mark Manson, Rachael Lippincott, Marc Levy e Lisa Genova.

Consagrada como o maior evento literário do Brasil, a Bienal Internacional do Livro Rio, chega à XIX edição repleta de novidades. Esse ano o país homenageado do festival será o Japão, de onde virá uma delegação de autores para participar da programação oficial do evento e apresentar ao público a rica literatura Japonesa. O evento, promovido pela GL events Exhibitions e pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) acontece de 30 de agosto a 8 de setembro no Riocentro, na Barra da Tijuca. Em 2017, o festival reuniu 640 mil pessoas.

Este ano a Bienal do Rio estará repleta de novidades, que já serão notadas na chegada pelo Pavilhão das Artes, que abriga a maior exposição permanente indoor de arte de rua da América Latina. Ao entrar na galeria de arte, os visitantes terão acessos aos três pavilhões, pois a planta do evento foi redesenhada para dar mais conforto ao público. Serão várias bienais dentro de uma, com espaços bem definidos para cada perfil de público. O Fórum de Educação, por exemplo, com programação voltada para educadores e professores, será ampliado, apresentando a grande diversidade de possibilidades que envolvem a educação e os temas relacionados. "O festival é uma oportunidade única de interação entre os visitantes, as editoras e os autores", completa Tatiana.

Saiba mais sobre os autores internacionais confirmados:

Josh Malerman (Intrínseca): autor sensação do best-seller Caixa de Pássaros, recentemente adaptado pela Netflix em filme estrelado por Sandra Bullock e John Malkovich. Também assina "Piano Vermelho" e "Uma casa no fundo de um lago".

Henrik Fexeus (Record): o maior mentalista do mundo na atualidade. Especialista em linguagem não verbal e leitura de mente, é autor de "A Arte de Ler Mentes".

Steven Levitsky (Zahar): autor de "Como as Democracias Morrem". Professor de Ciência Política na Universidade de Harvard, seu foco de pesquisa se concentra na América Latina e no mundo em desenvolvimento.

C.J. Tudor (Intrínseca): autora do sucesso "O Homem de Giz", seu livro de estreia. Ela, que trabalhava como passeadora de cães e largou a escola aos 16 anos, foi aclamada pelo mestre do terror Stephen King, que declarou ser seu fã. Seu livro mais recente é "O que aconteceu com Annie".

Mark Manson (Intrínseca): autor do sucesso "A Sutil Arte de Ligar o F*da-se", acaba de lançar seu novo livro, "F*deu geral", dois grandes sucessos editoriais no Brasil. Ele fala sobre a pressão negativa que a perseguição do sucesso e da felicidade exercem sobre nós.

Rachael Lippincott (Globo Alt): "A cinco passos de você" é o primeiro romance de autora, de 24 anos. O livro virou filme que faturou mais de 70 milhões de dólares em bilheteria em todo o mundo. Além de escritora, ela é sócia de um food truck com a namorada.

Marc Levy (Planeta): autor de catorze romances, entre eles "A próxima vez" e "E se fosse verdade", que deu origem ao filme de mesmo nome estrelado por Reese Witherspoon e Marc Ruffalo. Aos 57 anos, ele é o autor francês mais lido do mundo hoje.

Lisa Genova (HarperCollins): autora de "Para sempre Alice", livro que inspirou o filme homônimo. Lançado em 2009, o título já vendeu mais de 150 mil exemplares no Brasil e acaba de ganhar uma nova edição. Em julho, será a vez de "A família O'Brien", obra inédita em português, e até a Bienal, os livros "Com amor, Anthony" e "Nunca mais Rachel", também da autora, serão relançados com capas inéditas. Lisa é Ph.D. em neurociência por Harvard, e viaja pelo mundo inteiro dando palestras sobre o Alzheimer e outros males da mente.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário