domingo, 3 de novembro de 2019

FELIPE ALCÂNTARA E ESTEVÃO QUEIROGA APRESENTAM NA CAPITAL PARAIBANA O SHOW “JUNTO E EMBOLADO” NO TEATRO DO SESI


Dois artistas paraibanos de universos diferentes celebrarão o que tem em comum: alegria, música, fé e a cultura nordestina no dia 07 de novembro, quinta-feira, no Teatro do SESI - Armando Monteiro Neto, às 20h30. Felipe Alcântara e Estevão Queiroga apresentam na capital paraibana o show exclusivo “Junto e Embolado” e prometem emoção e diversão.

Os ingressos estão à venda no Sympla e o Teatro do SESI - Armando Monteiro Neto funciona na Rua Rodrigues Chaves, 90 - Trincheiras, Centro de João Pessoa. A realização é da empresa mineira Talentos Produções.

SOBRE:

FELIPE ALCÂNTARA

Felipe Alcântara, cristão, pai, marido, paraibano, compositor, cantor, surfista de paixão, louco pela família e pela música. Nasceu com o DNA de músico, seu avô era maestro e seu pai deu continuidade a música tocando por diversão diversos instrumentos como cavaquinho, violão, saxofone além de percussão em geral. Desde criança ouvia seu pai e seus tios se encontrando para fazer música, e eles sempre o incentivaram a tocar.

Com 4 anos de idade, Felipe, já tirava os primeiros sons de instrumentos percussivos, aos 9 anos começou a dar os primeiros acordes no cavaquinho com ajuda do seu pai, e desde então não parou mais. Influenciado pelo surf, que passou a fazer parte do seu estilo de vida, Felipe aos 14 anos formou sua primeira banda, que era uma banda de rock chamada Quarto de Apê do qual nunca fez uma apresentação. (hahaha) Ainda nessa época Felipe junto aos amigos começou a animar festas de 15 anos com uma banda de samba que ele passou a participar.

Logo em seguida começou a se interessar pelo forró. A pesquisa e o interesse pelo ritmo foi mais profundo, o levando a participar de alguns trios de forró na época da escola. Ao entrar na universidade, no curso de Turismo (do qual é graduado) teve a oportunidade de morar na Europa, e lá descobriu que a música realmente era o talento que Deus derramou sobre ele. Começou então a fazer voz e violão em bares e restaurantes, tocando músicas em geral, tocava percussão em uma banda de samba (acompanhando Dinho e Rapha Zamorano), tocou forró em Lisboa e Londres ao lado de grandes amigos (Rogerinho do Acordeon, Enrique Matos, e Zeu Azevedo) e teve oportunidade de rodar países como Espanha, Inglaterra, Irlanda, além de Portugal que era onde morava e mais atuava. Ao voltar para o Brasil resolveu assumir a música como profissão, e teve oportunidade de formar um quarteto de forró com Lucy Alves (Os Parahybas), e logo em seguida entrou na banda Os Gonzagas onde durante cinco anos espalhou música pelo Brasil e pelo mundo. Durante esse período teve a oportunidade de retornar a Europa em turnê nos anos de 2014 e 2017. Junto à Os Gonzagas, Felipe também teve a oportunidade de vencer o Festival de Itaúnas – ES, tendo uma música de composição sua em parceria com Carlos Henrique e Yuri Gonzaga, como vencedora do festival.

Ao longo da estrada Felipe pôde dividir o palco com grandes nomes da música brasileira como Elba Ramalho, Chico César, Padre Fábio de Melo, Pinto do Acordeon, Cezinha, Flávio José, Santana O Cantador, Lucy Alves, Tato Cruz (Falamansa), Antonio Barros e Ceceu, entre outros. Em 2015 participou do programa SuperStar com a banda Os Gonzagas, chegando a semi-final, e a partir daí assumiu a missão de levar a música do nordeste para todas as gerações.

Um ano antes do Superstar, Felipe, passou por uma grande dor, a morte do seu pai, e ao mesmo tempo teve um encontro profundo com Deus, o que aflorou no artista o desejo de dar sentido a missão assumida por ele através da música. Atualmente, Felipe dá seus primeiros passos na carreira solo, com a proposta de cantar uma música que nasce a beira mar, e leva uma mensagem de uma maneira leve o amor, a esperança, a fé, a vida e o dia-a-dia de todos nós, pessoas que acreditam em um mundo melhor.

ESTEVÃO QUEIROGA

Na profundidade de sua voz, seu violão e sua poesia, Estêvão Queiroga apresenta músicas cheias de personalidade e carregadas de emoção. Seu álbum de estreia, Diálogo Número Um, foi lançado em julho de 2016 pela Sony Music e já no lançamento alcançou o primeiro lugar de vendas no iTunes Brasil.

Assinado por Samuel Silva, que dividiu os arranjos com o próprio Estêvão, o disco levou aproximadamente seis anos para ser produzido. As peculiaridades da produção vão de detalhes singelos, como a participação especial de sua avó, à sonoridade arrebatadora das cordas, gravadas na República Tcheca. A masterização ficou por conta do renomado Metropolis Studios, em Londres.

Seu repertório e arranjos fogem dos clichês poéticos e musicais para traduzir suas experiências em canções que falam sobre amor, sofrimento, esperança e fé, narrando sua própria trajetória e percepção de mundo. Num nítido caso onde a obra é indissociável do artista, Estêvão consegue ser autobiográfico e ao mesmo tempo universal. Ao longo das 12 faixas do disco, ele conta uma história e constrói um diálogo, levando o ouvinte a se encontrar nas canções, ora densas e contundentes, ora guiadas por leveza e despretensão.

Nascido na Paraíba, criado no Amazonas, tendo passado pelo Rio de Janeiro e hoje radicado em São Paulo, Estêvão é músico autodidata e soma influências musicais tão diversas quanto os lugares onde já viveu. Sua MPB de alma nordestina se funde com naturalidade a gêneros como folk, pop e jazz, numa mistura autenticamente brasileira e contemporânea.

Reforçando o caráter pessoal de sua arte, o primeiro clipe lançado pelo artista, A Partida e o Norte, foi gravado no meio da floresta amazônica, sobre as águas do rio que passa em frente ao sítio de sua família. E são justamente seus pais, irmãos, esposa e filhos, que protagonizam o vídeo ao seu lado. Abrindo caminho para o álbum, o single ficou entre as faixas mais virais do Spotify e o clipe também chegou ao topo do iTunes Brasil. O segundo clipe de sua carreira, Se For Com Você, mostra um lado mais divertido do artista e apresenta uma saga romântica que se passa dentro de um game 8-bits. Paralelo ao clipe, também foi lançando um mini-game mobile que tem Estêvão como protagonista.

Em 2017 Estêvão foi convidado a gravar uma das faixas do álbum “Se Assoprar Posso Acender de Novo – As inéditas de Adoniran Barbosa”, álbum que apresenta canções do lendário pai do samba paulistano. Estêvão figura no projeto ao lado de grandes nomes da MPB como Ney Matogrosso, Simoninha, Criolo, Liniker, Kiko Zambianchi e Fernanda Takai.

Além de músico, ao longo da última década ele construiu uma bem-sucedida carreira como publicitário, tendo ganhado prêmios nacionais e internacionais de criatividade. Inquieto, ele tem viajado pelo Brasil para divulgar seu trabalho musical e ainda encontra tempo para se envolver criativamente em projetos que vão de games e tecnologia a conteúdo para a TV.

Hoje Estêvão tem seu trabalho junto a Sony e sua carreira artística gerenciada por seu escritório em Belo Horizonte, a produtora Talentos Produções, que abraçou a sua arte admirável e trabalha para que todos possam ter contato com essa preciosa presença musical do cenário nacional da música popular brasileira.

Estêvão tem mais clipes em produção e planeja lançá-los ao longo dos próximos meses. Sem nunca parar de compor, ele já iniciou a produção de seu próximo projeto, que promete trazer grandes novidades ao primeiro semestre de 2019.

Criatividade:

Estêvão tem 33 anos, é casado e tem três filhos. Nasceu em João Pessoa e começou sua carreira de criativo como roteirista em um pequeno estúdio de animação em Manaus, uma das muitas cidades do Brasil onde ele já morou. Estudou jornalismo e abandonou o curso quando se mudou para São Paulo para trabalhar com propaganda. O convite era para fazer uma entrevista de emprego, mas ele veio com mala e tudo. O diretor de criação achou que o garoto tinha algo de louco, algo de engraçado. Perfeito para a vaga. Como redator publicitário passou pela AgênciaClick (hoje Isobar Brazil) DM9DDB e NBS/Rio. Atendeu clientes como Fiat, Sky, Itaú, Honda, Intel, Terra Networks, Guaraná Antarctica, Philips, Oi Telecom, CCAA e Bob’s.

Ganhou diversos prêmios: foi Cannes Young Lion pelo Brasil em 2011, duas vezes ouro no CCSP, premiado no LIAA, Webby Awards, Effie Awards, Jay Chiat Awards, FIAP, El Ojo, CCSP, Wave Festival, Yahoo! Big Idea Chair, Colunistas, e finalista em Cannes, One Show, NY festival, dentre outros nacionais e internacionais.

Em 2013 tornou-se sócio e Diretor de Criação da PetitFabrik, um estúdio de tecnologia e entretenimento que cria e produz conteúdo multiplataforma e já desenvolveu projetos com empresas como Facebook, Samsung, EdgeMakers e Kumon.

Atualmente Estêvão mora em São Paulo e divide seu tempo entre liderar criativamente a PetitFabrik e viajar pelo país apresentando seu trabalho musical. Além de ser convidado com grande frequência para dar palestras sobre criatividade em eventos corporativos, universidades e igrejas.

SERVIÇO

Show “Junto e Embolado” com Felipe Alcântara e Estevão Queiroga

Local: Teatro do SESI - Armando Monteiro Neto

Endereço: Rua Rodrigues Chaves, 90 - Trincheiras, Centro de João Pessoa.

Data: 07 de novembro de 2019 – quinta-feira

Horário: 20h30

Ingressos estão à venda no Sympla no valor:

Inteira

R$ 60,00 (+ R$ 6,00 taxa)

em até 12x R$ 6,63

Vendas até 07/11/2019

Meia-Entrada

R$ 30,00 (+ R$ 3,00 taxa)

em até 6x R$ 6,09

Vendas até 07/11/2019

Meia-Social

R$ 30,00 (+ R$ 3,00 taxa)

em até 6x R$ 6,09

Vendas até 07/11/2019

Acesse

https://www.sympla.com.br/junto-e-embolado-com-felipe-alcantara-e-estevao-queiroga__661405

www.felipealcantara.com

https://estevaoqueiroga.com/

Fonte/Fotos-reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário