terça-feira, 28 de janeiro de 2020

OITO FILMES PARA ENTENDER A IMPORTÂNCIA DA ORATÓRIA




O fim do ano está aí e, com ele, geralmente vêm alguns dias de folga. Que tal aproveitar o recesso para aprimorar a oratória, habilidade essencial no mercado de trabalho atual? O diretor pedagógico Júnior Fernandes, sócio fundador da Vox2you, empresa que oferece cursos na área de oratória e comunicação, elaborou uma lista de oito filmes para você entender a importância da arte de expressar-se bem em público. Assim, enquanto desperta para esta habilidade, você ainda aproveita o tempo com uma atividade cultural e de lazer. Confira a lista:
O Discurso do Rei
Após a morte de seu pai, o rei George V, e a renúncia do rei Edward VIII, o príncipe Albert (Colin Firth) herda o reino da Inglaterra no começo da Segunda Guerra Mundial. Coroado como rei George VI, ele precisa vencer suas dificuldades com a oratória para discursar para o povo em um momento de crise.
O destino da uma nação
Após assumir o posto de primeiro-ministro da Grã-Bretanha em maio de 1940, Winston Churchill (Gary Oldman) proferiu três discursos que mudaram o rumo da Segunda Guerra Mundial. As falas históricas ditaram o tom da resistência britânica, mobilizando a amedrontada população em meio à ameaça nazista.
Jobs
Um dos grandes oradores das últimas décadas, o lendário Steve Jobs – um dos fundadores da Apple, interpretado no filme por Ashton Kutcher – dava extrema importância para as apresentações de novos produtos. E se preparava para elas, com discursos seguros e focados nos diferenciais da Apple em relação aos concorrentes.
Invictus
Após o fim do apartheid, o recém-eleito presidente Nelson Mandela (Morgan Freeman) lidera uma África do Sul que continua racial e economicamente dividida. Ele acredita que pode unificar a nação por meio da linguagem universal do esporte. Líder nato e dono de uma oratória impressionante, Mandela junta forças com Francois Pienaar, capitão do time de rúgbi, promovendo a união dos sul-africanos em favor do time do país na Copa Mundial de Rúgbi de 1995.
Sociedade dos Poetas Mortos
Em 1959, na Welton Academy, uma tradicional escola preparatória, o ex-aluno e agora professor de poesia John Keating (Robin Williams) se torna o novo professor de literatura. Mas logo seus métodos de incentivar os alunos a pensarem por si mesmos cria um choque com a ortodoxa direção do colégio. Com discursos inspiradores, ele fala aos seus alunos sobre a "Sociedade dos Poetas Mortos".
Prenda-me se for Capaz
Não que alguém vá se inspirar no personagem do filme, mas o papel de golpista interpretado por Leonardo DiCaprio é arrebatador. Frank Abagnale Jr. já trabalhou como médico, advogado e copiloto, tudo isso antes de completar 18 anos. Mestre na arte do disfarce, ele aproveita suas habilidades para viver a vida como quer e praticar golpes milionários, que fazem com que se torne o ladrão de banco mais bem-sucedido da história dos Estados Unidos com apenas 17 anos. Em seu encalço está o agente do FBI Carl Hanratty, que usa todos os meios para encontrá-lo e capturá-lo. Mas Frank está sempre à frente.
VIPs
Outra incrível história de golpista, que mostra como um talento pode ser usado – também – para o mal. No filme, inspirado na história real de Marcelo Nascimento da Rocha, Wagner Moura interpreta o protagonista que não consegue conviver com sua própria identidade, o que faz com que assuma a dos outros. Assim, passa a ter diversos nomes. Sonhando em ser um piloto de avião como o pai, ele aplica seguidos golpes e se envolve em inúmeras aventuras. Em uma delas, finge ser Henrique Constantino, filho do dono da companhia aérea Gol, durante um Carnaval no Recife.
Nelson Gonçalves
O filme narra a trajetória do cantor Nelson Gonçalves, interpretado por Alexandre Borges, destacando os desafios que enfrentou para fazer sucesso na carreira artística e alguns episódios inusitados por causa de sua gagueira. Ainda criança, o pequeno Nelson era levado por seu pai a praças e feiras para cantar. Possuído pelo dom da música, ele cresce e passa a se dedicar à carreira de cantor, não sem antes possuir vários empregos fixos e até mesmo iniciar uma carreira profissional no boxe. 
Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário