segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

ANGELO & ANGEL PERDEM COMPROMISSOS PROFISSIONAIS POR CAUSA DE PRECONCEITO


Angelo & Angel estão com o projeto "Pé na Estrada" onde percorrem o país divulgando seu hit "Mamacita", que bombou ano passado nas rádios nacionais e agora acaba de ganhar um clipe e uma nova versão com o grupo baiano Filhos de Jorge. 

Na segunda-feira,27 de janeiro, não puderam embarcar do aeroporto de Confins (MG) para Santa Catarina devido ao preconceito e prejulgamento dos funcionários da Gol. Com passagem marcada para voar às 6:15 da manhã foram impedidos de embarcar no check in pela cia aérea que desconfiou que o cartão que comprou as duas viagens era clonado.

Foram feitos vários questionamentos como: quem comprou a passagem, qual o endereço do titular do cartão de crédito, qual destino e por aí vai. Um constrangimento enorme para os irmãos que tinham uma agenda de trabalho a ser cumprida na região.

Mesmo passando todas as informações solicitadas não conseguiram tomar o avião, a Gol não emitiu os cartões de embarque. Quando aterrissaram no sul do país, horas depois, a agenda do dia havia sido perdida.

Nenhum outro passageiro que estava na fila passou pela mesma situação e constrangimento, é com profundo pesar e certa revolta que os sertanejos soltam essa nota repudiando que em pleno século XXI esse tipo de preconceito ainda exista no Brasil.

Vídeo da dupla sobre o caso - https://we.tl/t-6TM1YcGm6P

Fonte/Foto-reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa

POSICIONAMENTO OFICIAL DA GOL SOBRE O CASO

"A GOL reitera que não compactua com quaisquer atitudes discriminatórias e preza pelo respeito e pela valorização das pessoas.

Na última segunda-feira (27/1), os Clientes não puderam fazer o check-in no aeroporto de Confins (Belo Horizonte), antes da verificação dos documentos fornecidos na compra do bilhete, já que nenhum dos três envolvidos era titular do cartão de crédito utilizado. Com isso, foi exigido o acionamento de procedimentos de checagem de informações, descritos no contrato de transporte aéreo (https://www.voegol.com.br/pt/contrato-de-transporte-aereo), explicitados no artigo 1.3, item XIII.

Reforçamos que a prática não tem qualquer ligação com atos de racismo, é uma política de segurança aplicada em casos em que a compra é efetuada com cartão de crédito de terceiros.

Após a confirmação destes dados com o titular pagante, a Companhia realizou a acomodação dos Clientes no próximo voo disponível no mesmo dia, sem custos adicionais."

Nenhum comentário:

Postar um comentário