quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

ARTIGO / DICAS: A IMPORTÂNCIA DA "ACABATIVA" * POR FERNANDA NEIS


Todo mundo super valoriza a iniciativa. Essa é uma das características mais levadas em conta quando fazemos dinâmicas em grupo ou vamos falar de nós e queremos exacerbar as nossas qualidades pessoais e profissionais. Pessoas com iniciativa são vistas como mais eficientes, mais agilizadas, mais capazes do que as outras. Mas talvez não seja exatamente assim.

Trabalhando em conjunto há mais de 20 anos, observando e procurando entender como as pessoas funcionam, agem e, principalmente, reagem (uma das minhas atividades preferidas), chego à conclusão que a iniciativa por si só não nos leva a lugar nenhum. Conheço muita gente que tem bastante iniciativa e vai começando um monte de coisas. Mas nunca termina nada. Começa uma faculdade e para. Começa um curso e desiste. Inicia um projeto e larga no meio.

Você não conhece meia dúzia de pessoas assim? Eu obviamente sou a favor de mudarmos de área comercial ou de atuação ou qualquer outra mudança que não nos faça felizes, mas a compulsão pela mudança, pelo recomeço, pela instabilidade não nos leva a lugar nenhum.

Para mim, mais importante do que termos iniciativa é termos “acabativa”. É passarmos por todas as fases de um projeto; o ânimo inicial, as dificuldades e a superação dessas, o desânimo, o cansaço, a impressão de que não vai dar certo. E talvez não dê mesmo. Mas só saberemos se formos até o fim. Só conseguiremos da próxima vez fazer melhor e ter sucesso, ou chegarmos mais perto deste, se cumprirmos todos os passos.

Tudo na vida tem seu lado menos bom. Qualquer livro que você leia ou história de pessoas bem sucedidas, a pessoa foi até o fim, comeu grama, sofreu, perdeu sono para atingir seus sonhos.

Seria um bom autoestudo pararmos e vermos quantos projetos, sonhos e trabalhos fomos começando e abandonando pelo caminho e pararmos para nos observar e entender o porquê dessas nossas atitudes. Vamos trabalhar a nossa acabativa?

(*) Fernanda Neis é brasileira, diretora da escola DeROSE Method Tribeca, em New York, e consultora em mindfulness e meditação (https://home.derosemethod.org).

Fonte/Foto-reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário