sábado, 9 de maio de 2020

“VOU NADAR ATÉ VOCÊ”, COM BRUNA MARQUEZINE, ESTREIA NO STREAMING EM 19/05


O filme “Vou Nadar Até Você”, primeiro em que Bruna Marquezine é protagonista, terá lançamento em streaming no dia 19 de maio, pelo Canal Brasil nas plataformas NET Now, Vivo, Oi e, na sequência, no iTunes, Google Play, Looke e Filme Filme. Distribuído pela ELO Company, o longa tem direção de Klaus Mitteldorf.

Gravado em Santos, no litoral Paulista, “Vou Nadar Até Você” conta a história de Ophelia (Bruna Marquezine), que descobre o paradeiro de Tedesco (Peter Ketnath), o pai alemão que nunca conheceu, e com quem divide a paixão pela fotografia. A jovem envia-lhe uma carta contando sua história, e decide encontrá-lo numa jornada à nado. No caminho, a pedido de Tedesco, a personagem é seguida por Smutter (Fernando Alves Pinto) rapaz com quem seu pai possui uma estranha relação.
O elenco conta também com nomes como Ondina Clais (O Filme da Minha Vida) e Dan Stulbach (O Vendedor de Sonhos).

Produzido pela Coração da Selva, Mar Filmes e Norami Filmes, “Vou Nadar Até Você” estreou nos cinemas no início de março deste ano por meio do projeto Projeta às 7 - iniciativa da ELO Company em parceria com a rede Cinemark, mas teve sua programação de exibição interrompida pela quarentena, devido ao covid-19.

SINOPSE

A jovem fotógrafa Ophelia acredita ter descoberto quem é seu pai e, determinada, sai de Santos, a nado, rumo a Ubatuba, onde espera encontrá-lo. Antes de partir, envia-lhe uma carta avisando que está a caminho.

FICHA TÉCNICA

Direção: Klaus Mitteldorf

Produzido por: Geórgia Costa Araújo e Joana Mariani

Coprodutores: Diane Maia e Klaus Mitteldorf

Produção Executiva: Luciano Patrick, Justine Otondo, Peter Ketnath

Roteiro: Nina Crintzs

Argumento: Klaus Mitteldorf e Patrícia Ermel

Codireção: Luciano Patrick

Direção de Fotografia: Alexandre Ermel

Direção de Arte: Victor Lema Riqué

Figurino: André Simonetti e Dudu Bertholini

Caracterização: Anna Van Steen

Som Direto: Gabriela Cunha

Direção de Pós-Produção: Nicole Weckx

Montagem: Daniel Grinspum, Gustavo Giani, AMC e Rafael Melo

Desenho de Som: Miriam Biderman, ABC e Ricardo Reis, ABC

Trilha Sonora Original: Zé Godoy

Trilha Musical: Zé Godoy, Jean Delouvroy e Duofel

Canal Brasil

O Canal Brasil é, hoje, o canal responsável pela maior parte das parcerias entre TV e cinema do país e um dos maiores do mundo, com mais de 330 longas-metragens coproduzidos nos últimos 10 anos. No ar há duas décadas, já exibiu mais de 5,3 mil filmes, entre longas e curtas-metragens, que se traduzem em filmes dos mais importantes cineastas brasileiros, e de várias fases do nosso cinema, além de programas de entrevista, séries de ficção e documentais. O que pauta o canal é a diversidade e a palavra de ordem é liberdade – desde as chamadas e vinhetas até cada atração que vai ao ar.

ELO Company

Empresa especializada em produção e distribuição audiovisual fundada por Ruben Feffer, Flavia Feffer e Sabrina Nudeliman Wagon. No mercado há 13 anos, conta com uma estrutura completa de produção de conteúdo, distribuição de obras audiovisuais em todas as plataformas e vendas para o mercado nacional e internacional.

Na unidade ELO Produções são três lançamentos no ano de 2019 e mais de dez projetos em seu lineup, incluindo co-produções internacionais.

Na unidade ELO Distribuições são mais de 100 títulos em seu lineup, entre eles “Vou Nadar Até Você”, primeiro filme protagonizado por Bruna Marquezine, “Emicida” produzido pela RT Features, “Miss Beach Star” dirigido por Cris D’Amatto e protagonizado por Fabiana Karla, “Prisioneiro da Liberdade” de Jefferson De, “Torre das Donzelas” de Susanna Lira (vencedor do prêmio de Melhor Documentário pelo público na Mostra de Internacional de São Paulo), “Aos Olhos de Ernesto” da premiada Ana Luisa Azevedo, “Tito e os Pássaros” de Gustavo Steinberg, pré-indicado ao Oscar de 2019, “O Menino e o Mundo” de Ale Abreu, indicado ao Oscar de melhor animação, “S.O.S: Mulheres Ao Mar 2”, apenas para citar alguns.

A ELO Company tem entre seus principais objetivos criar, produzir e divulgar as narrativas brasileiras em múltiplas telas e países.

A empresa tem como princípios a valorização da diversidade na frente e atrás das telas com projetos inovadores como o Selo ELAS com o intuito de fomentar projetos de longa-metragem com direção feminina.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário