terça-feira, 27 de outubro de 2020

EM CASA PELA CAUSA REGRAVA CANÇÃO ETERNIZADA NA VOZ DE MILTON NASCIMENTO

 

Há menos de um mês desde o lançamento da canção "Em Causa" nas redes, o projeto multiartístico Em Casa Pela Causa (ECPC) estreia sua segunda produção colaborativa. Em homenagem ao aniversário de 78 anos do cantor e compositor, Milton Nascimento, o canal on-line preparou uma releitura inédita da canção “Para Lennon e McCartney”, composta por Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant e eternizada na voz de Milton. 

Lançada oficialmente no início da década de 1970, a obra remonta a uma reunião entre os autores, na qual Lô manifestou a intenção de escrever uma música para John Lennon e Paul McCartney, sabendo que eles provavelmente nunca a ouviriam. A canção é, antes de tudo, uma crítica ao reconhecimento que a cultura brasileira recebe fora do país e muitas vezes até dentro dele. 

Explorando o conceito de “lixo ocidental” para definir a arte feita na América do Sul, a releitura de “Para Lennon e McCartney” feita pelo ECPC busca promover a valorização da cultura brasileira e dos artistas sul-americanos, trazendo participações do palhaço Lixolino, da artista visual Gabi Artz e do designer baiano Rodrigo Habib. 

A música, segundo os idealizadores do projeto, Luiz Tristão (Tristo) e Renato Wertheimer, reflete o propósito do ECPC de atuar em prol da união dos artistas de diversas áreas, prezando pela valorização da classe artística brasileira e colocando em pauta temas relevantes para a sociedade, desde causas sociais a temas polêmicos que precisam ser discutidos. 

“Esse é um lançamento muito especial. Temos muito carinho pelo Milton Nascimento e pelos compositores dessa grande canção, que é um marco da nossa cultura. Sem falar que mesmo tendo sido composta na década de 70, a música ainda tem uma mensagem super atual, de valorizar a nossa arte e os nossos artistas. Essa releitura foi uma forma que encontramos de fazer tanto uma homenagem para estes artistas, para a arte e para a cultura brasileira, quanto uma crítica ao pouco reconhecimento e importância que às vezes atribuímos a um dos nossos principais patrimônios, a arte e a cultura brasileira”, explica Renato. 

Com 58 anos de carreira e mais de 30 álbuns lançados, Milton é um dos maiores expoentes da música brasileira, fazendo parte de importantes movimentos artísticos que transformaram e reposicionaram a música brasileira no mercado internacional. 

Para Tristo, a escolha de “Para Lennon e McCartney”, está totalmente relacionada com a maior causa do projeto, que é valorizar a arte e a cultura brasileira, oferecendo o devido protagonismo a cada um dos artistas envolvidos nas produções do Em Casa Pela Causa. 

“Nesse mundo guiado pelo mainstream, as manifestações artísticas acabam muitas vezes ofuscadas ou marginalizadas pelos padrões contemporâneos de distribuição da arte. A gente acredita na importância de contribuir de alguma forma para dar visibilidade aos trabalhos de artistas, não só nos vídeos do ECPC, mas também trazendo informações preciosas de como se produzir, lançar os seus trabalhos, proteger suas obras, criando esse universo novo que surge a partir da interação entre vários artistas, com pontos de vista, ideais e experiências diferentes”, explica Tristo. 

Seguindo o modelo de criações audiovisuais multiartísticas, o Em Casa Pela Causa lança hoje, em seu canal do Youtube, o videoclipe de Para Lennon e McCartney. 

A segunda produção do projeto reuniu 10 artistas da música, circo, design gráfico e fotografia, e o objetivo é envolver novos participantes a cada vídeo para reforçar a importância da união da classe artística para o enfrentamento de momentos tão delicados como o que vivemos atualmente. 

SOBRE O EM CASA PELA CAUSA 

O Em Casa Pela Causa é um canal no Youtube que reúne artistas da música e de diferentes vertentes artísticas em vídeos produzidos remota e colaborativamente, reforçando causas de interesse social e conectando artistas de todo o Brasil. 

O projeto foi criado pelos artistas Luiz Tristão (Tristo) e Renato Wertheimer em meados de março de 2020, no início da pandemia, como um grito em solidariedade às incontáveis vítimas do coronavírus pelo mundo, bem como em apoio à classe artística, que tanto sofreu com a paralisação das atividades dos teatros, cinemas, casas de show e demais espaços culturais. 

São valores que balizam o projeto: 1) o interesse público nas causas pelo projeto abraçadas; 2) a união entre a classe artística; 3) a proteção integral aos direitos do autor e de todos os artistas participantes na concepção de uma obra; e 4) o respeito à vida, à diversidade e à liberdade de criação e manifestação artística. 

Assista à versão do ECPC de Para Lennon e McCartney em homenagem aos 78 anos de Milton Nascimento: https://www.youtube.com/watch?v=czOCD2xEO50


Inscreva-se no canal do YouTube: www.youtube.com/emcasapelacausa


Siga o ECPC nas redes sociais:  Instagram  Facebook

Imagens: Reprodução: *Milton Nascimento - crédito: Rodrigo Habib Legenda - *Da esquerda para a direita Em cima: Hamilton Rodrigues, Tristo, Lixolino, Lorena Galati e Tutu Guimarães Em baixo: Rafael Alves Cardoso, Emil Kopaz, Gabi Artz, Rodrigo Habib e Renato Wertheimer. Fonte: Assessoria de Imprensa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário