quarta-feira, 7 de julho de 2021

'DE CRIANÇA PARA CRIANÇA' GANHA DESTAQUE EM ESTUDO INTERNACIONAL SOBRE DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS

 

O estudo realizado pelo site Hundred e pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) dá visibilidade e reconhece o diferencial de projetos educacionais inovadores, que podem inspirar e ajudar no novo caminho da educação pós covid-19. Foram 701 inscrições de 47 países, entre elas mais de 100 iniciativas brasileiras, e apenas duas ganharam destaque entre os 15 selecionados. Uma delas é o 'De Criança para Criança', um método que leva ensino e audiovisual para dentro da sala de aula e está atuando hoje em escolas públicas e privadas, tem conteúdo gratuito que passa em canais infantis como o Zoomo e no youtube deles tem mais de 100 vídeos que foram produzidos pelas crianças com os professores de temas diversos.

O mapeamento foi realizado em toda a América Latina e em países do Caribe para buscar apenas 15 iniciativas que conseguissem levar ações de criatividade, pensamento, protagonismo e resolução de problemas, por exemplo. A partir de agora as equipes selecionadas terão acesso a formações, rede de contatos e oportunidades para multiplicar essas ações. "O Andreas Schleicher, diretor da educação da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), ficou fascinado com o De Criança para Criança e escreveu um artigo em que diz que o que a gente faz é tão simples que saberia dizer por que não foi feita antes", conta Gilberto Barroso, cofundador da plataforma. 

O programa 'De Criança para Criança' desenvolve habilidades do século 21, como liderança, cooperação e comunicação por meio do trabalho em equipe e da divisão de responsabilidades. Além disso, promove a autonomia, criatividade e responsabilidade social dos alunos ao mesmo tempo em que aumentam o interesse pela produção oral, escrita e artística. O Hundred e BID justificam a escolha por requerer baixa conectividade e por estar baseado no interesse universal pela contação de histórias. Com isso, tem grande potencial de ganhar escala, o que de certa forma já está acontecendo no Brasil e no exterior.

O professor cria uma história com os alunos, que irão desenhar os elementos que contêm essa história. Os alunos então, gravam a história pelo celular, sob orientação do professor. Tanto os alunos quanto o professor, podem enviar pelo celular ou computador, todo esse material produzido, para a plataforma do DCPC, onde uma equipe de animadores irá desenvolver uma linda animação. "Quando a criança passa a criar o conhecimento, o nível de retenção de conteúdo vai para 80%", destaca Vitor Azambuja, sócio de Barroso. A iniciativa já produziu mais de 800 animações a partir das histórias criadas por crianças, além de criar o EncicloKids, um espaço digital que separa por categorias (matemática, saúde, ciências, etc) os projetos realizados pelos alunos através da sua metodologia "Criando Juntos".

A proposta da plataforma, que já possui versões inglês e espanhol, é expandir os horizontes da educação e fazer com que esses conteúdos sejam vistos e compartilhados em todo o mundo. Além disso, objetiva que o aprendizado ultrapasse a fase escolar e possa contribuir com as futuras carreiras profissionais das crianças, tornando-as cidadãos mais preparados para as constantes mudanças do mundo. A atuação do DCPC está alinhada com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), abrangendo todas as competências dentro da sua metodologia Criando Juntos, com foco na educação infantil e no ensino fundamental I e II.

Sobre o De Criança para Criança

O programa De Criança para Criança oferece um leque de metodologias de educação híbrida para escolas de todo o mundo. Do futuro para a escola, a proposta da startup é oferecer às crianças a oportunidade de serem protagonistas, colocando-as no centro da aprendizagem. Através de uma plataforma simples, os professores são orientados a serem mediadores, fazendo com que os próprios alunos desenvolvam conhecimento sobre temáticas diversas. A partir de discussões, constroem coletivamente histórias, fazem desenhos e gravam locuções relativas às narrativas criadas, que posteriormente serão transformadas em animações feitas pelo DCPC, expandindo os horizontes educacionais.

https://www.decriancaparacrianca.com.br/pt/

https://www.instagram.com/decriancaparacrianca/

https://www.youtube.com/user/decriancaparacrianca

https://www.facebook.com/DeCriancaParaCrianca/

Fonte: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário