segunda-feira, 11 de outubro de 2021

YAMANDU COSTA E LUCIO YANEL: DOIS ARTISTAS, DUAS GERAÇÕES E DOIS PAÍSES EM “DOIS TEMPOS”

 

Os laços entre duas gerações, dois países e os violões de Yamandu Costa e Lucio Yanel são mostrados e celebrados com boa dose de música no documentário “Dois Tempos”, dirigido por Pablo Francischelli, que fará sua estreia na TV no canal Curta!. O próprio Yamandu conduz a narrativa e mergulha numa viagem sentimental à sua infância, quando conheceu Yanel — que se tornaria um grande mestre e fonte de inspiração. E agora, em uma nova viagem dentro de um motorhome, os dois seguem juntos do Rio Grande do Sul, onde nasceu Yamandu, a Corrientes, cidade natal de Yanel, na Argentina.

Como não poderia deixar de ser, esse reencontro entre os dois, após muitos anos distantes, também resulta em lindíssimas apresentações musicais. Ao longo do filme, ambos tocam violão durante as paragens; e, ao final, realizam um concerto na Festa Nacional de Chamamé — um dos principais eventos de música folclórica argentina, realizado em Corrientes.

No caminho, conhecem pessoas — e as encantam pelo virtuosismo com que tocam violão —, visitam cidades, admiram paisagens e exploram a música folclórica local. Ao chegarem em Corrientes, Yanel apresenta amigos de longa data que ainda vivem por lá. À noite, se unem para confraternizar e tocar o chamamé, estilo musical tradicional da província, que contém elementos da cultura indígena guarani, afro-americana e europeia.

Pela estrada, os dois relembram o passado e suas trajetórias de vida; e, de forma leve e por vezes divertida, refletem sobre questões como o ofício do artista, a interferência do homem na natureza e a hipótese da existência do que chamamos de destino. “Eu tenho quase certeza de que o destino está traçado. Não tem que ter medo do destino”, diz Yanel.

“Dois Tempos” participou de importantes festivais e agora estreia com exclusividade no Curta!. Em seguida, ficará disponível em streaming através do Curta!On. O filme, viabilizado pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), é uma produção da Doblechapa e conta com coprodução da TV Zero. A estreia é na Segunda da Música, 11 de outubro, às 22h05.

No Dia do Professor, Curta! celebra a educação com o filme “Atravessa a Vida”

No Dia do Professor, celebrado em 15 de outubro, o tema da educação está na programação do Curta!, com a exibição de “Atravessa a Vida”, filme de João Jardim que tem coprodução do canal. Com o objetivo de retratar o universo escolar de adolescentes que estão prestando o ENEM, o diretor acompanhou alunos da Escola Estadual Doutor Milton Dortas, localizada na cidade sergipana de Simão Dias, a 100 km de Aracaju. A escola é conhecida por ser um centro de excelência, com aulas em tempo integral para o Ensino Médio.

Os jovens moradores da cidade, que conta com apenas 40 mil habitantes, revelam seus sonhos e seus medos, angústias e prazeres, enquanto se dedicam a agarrar a grande oportunidade de prosseguir com seus estudos em uma universidade pública. Além dos temas relacionados ao vestibular, os adolescentes também fazem reflexões sobre o passado e o futuro do país, além de opinarem sobre assuntos que estão nos debates contemporâneos, como depressão, pena de morte e aborto. A produção é da Copacabana Filmes e da Fogo Azul Filmes, com coprodução do canal Curta! e da Globo Filmes. A exibição é na Sexta da Sociedade, 15 de outubro, às 21h.

Segunda da Música (MPB, Jazz, Soul, R&B) – 11/10

22h05 – “Dois Tempos” (Documentário)
Trinta e cinco anos após um primeiro encontro que mudou as suas vidas, os violonistas Lucio Yanel e Yamandu Costa se reencontram em uma jornada que reconstrói o caminho que trouxe o argentino Lucio a terras brasileiras. Sozinhos na estrada com seus violões e memórias, mestre e discípulo cruzam a fronteira sul do Brasil até Corrientes, na Argentina, encarando as transformações trazidas pela viagem e pela passagem do tempo. Direção: Pablo Francischelli. Duração: 88 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 12 de outubro, terça-feira, às 2h05 e às 16h05; 13 de outubro, quarta-feira, às 10h05; 16 de outubro, sábado, às 15h25.

Terça das Artes – 12/10

23h – " Nijinski" (Documentário)
Este documentário é dedicado a Vaslav Nijinski: sua vida, seu misticismo, suas relações com Diaghilev e Romola, sua esposa e os aspectos obscuros de sua loucura. Direção: Elisabeth Kapnist. Duração: 61 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 13 de outubro, quarta-feira, às 03h e às 17h; 14 de outubro, quinta-feira, às 11h; 17 de outubro, domingo, às 18h.

Quarta de Cinema (Filmes e Documentários de Metacinema) – 13/10

22h10 – “O Prólogo” (Documentário)
“O Prólogo" discute o uso da propaganda política através do cinema e da televisão na década de 1960, desvendando a cultura dos antigos curtas-metragens que passavam antes das sessões principais de cinema no Brasil. Diretor: Gabriel F. Marinho Duração: 94 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 14 de outubro, quinta-feira, às 02h10 e às 16h10; 15 de outubro, sexta-feira, às 10h10; 17 de outubro, domingo, às 16h05

Quinta do Pensamento (Literatura, Filosofia, Psicologia, Antropologia) – 14/10

20h30 – “Incertezas Críticas” (Série) - Ep. “José Arthur Giannotti”
Morto no último dia 27 de julho, aos 91 anos, José Arthur Giannotti foi professor emérito de Filosofia da USP, pesquisador do Cebrap, autor de diversos livros e reconhecido especialmente por suas análises das obras de Karl Marx, Martin Heidegger e Ludwig Wittgenstein. Meses antes de morrer, ele deu uma entrevista ao diretor Daniel Augusto para este episódio, inédito, da série “Incertezas Críticas”. Nele, explica as ambições da filosofia, além de tecer comentários sobre democracia, fascismo e desafios da vida no capitalismo contemporâneo, entre outros temas. Direção: Daniel Augusto Duração: 26 min. Classificação: Livre. Horários alternativos:  15 de outubro, sexta-feira, às 0h30 e às 14h30; 16 de outubro, sábado, às 18h35; 17 de outubro, domingo, às 10h.
  
Sexta da Sociedade – 15/10

21h – “Atravessa a Vida” (Documentário)
Uma viagem ao interior do Sergipe, em que o espectador acompanha uma turma do 3º ano do ensino público nos meses que antecedem a tão esperada prova do ENEM. Enquanto são pressionados para alcançar a nota desejada nesse dia que pode determinar o resto de suas vidas, os alunos da pequena Escola Estadual Doutor Milton Dortas desabrocham e debatem temas como depressão, aborto, pena de morte e o legado das ditaduras. O cineasta João Jardim desvenda histórias de vida que representam as dores e os prazeres vividos nesse período turbulento de transformação que é a adolescência. Direção: João Jardim. Duração: 90 min. Classificação: 12 anos. Horários alternativos: 16 de outubro, sábado, à 01h; 17 de outubro, domingo, às 13h40; 18 de outubro, segunda-feira, às 15h; 19 de outubro, às 09h.
 
Sábado – 16/10 – ANIVERSÁRIO DE FERNANDA MONTENEGRO

21h50 – “Grandes Cenas” (Série) – Ep.: “Central do Brasil”
A atriz Fernanda Montenegro esmiúça seu processo de composição da personagem Dora em "Central do Brasil" (1997), revivendo a experiência de filmar a intensa cena da romaria, em que Dora perde o menino Josué em meio a centenas de fiéis. Direção: Ana Luiza Azevedo e Vicente Moreno. Duração: 15 min. Classificação: Livre. 

Domingo – 17/10

20h45 – “Nunca Me Sonharam” (Documentário)
Os desafios do presente, as expectativas para o futuro e os sonhos de quem vive a realidade do Ensino Médio nas escolas públicas do Brasil. Na voz de estudantes, gestores, professores e especialistas, “Nunca me sonharam” reflete sobre o valor da educação. Direção: Cacau Rhoden. Duração: 85 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 09 de abril, sexta-feira, às 02h30 e às 16h30; 11 de abril, domingo, às 16h10; 12 de abril, segunda-feira, às 10h30.

Sobre o Grupo Curta!

O Grupo Curta! tem como missão a difusão de conteúdos audiovisuais relevantes nas áreas de artes e humanidades, sejam brasileiros ou estrangeiros, através da TV linear (canal CURTA!), de plataformas de streaming de operadoras de telecom e da internet. A curadoria de conteúdos é, portanto, o motor central do grupo e foi uma das que mais aprovaram projetos originais para financiamento da produção pelo Fundo Setorial do Audiovisual: já foram mais de 120 longas documentais e 800 episódios de 60 séries que chegam ao público em primeira mão através de suas janelas de exibição:

O canal Curta!, linear, está presente nas residências de mais de 10 milhões de assinantes de TV paga e pode ser visto nos canais 556 da NET / Claro TV, 75 da Oi TV e 664 da Vivo Fibra, além de em operadoras associadas à NeoTV; 

O Curta!On, o novo clube de documentários do Curta!, no NOW da Claro/NET, conta com mais de 450 filmes e episódios de séries documentais, organizadas  por temas de interesse como Música, Artes, MetaCinema, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mitologia e Religião, Sociedade e Pensamento. Há também pastas especiais com novidades – que estreiam a cada mês –, conteúdos originais exclusivos, biografias, além de uma degustação para quem ainda não é assinante do serviço.

A Tamanduá TV, plataforma marketplace aberta para qualquer internauta, já reúne mais de quatro mil conteúdos. O usuário pode alugar filmes e séries específicos ou assinar de forma econômica um dos pacotes que contêm conteúdos segmentados por área de interesse: CineBR, CineDocs, CineEuro, CurtaEducação (para professores e estudantes do Ensino Médio e Enem), MetaCinema (para aficcionados e estudantes de Cinema), entre outros.  Os pacotes CineBR, CineDocs e CineEuro são disponibilizados desde 2018 como serviço de valor agregado (SVA) para perto de oito milhões de assinantes de banda larga fixa (ISP) da operadora Claro, sem custo adicional. 

As atividades do Grupo Curta! também promovem a geração de royalties para produtores audiovisuais independentes, com a exploração de seus direitos audiovisuais nas diferentes janelas de streaming. O pacotes Cines da Tamandua TV e do Curta!ON estão repassando anualmente mais de R$ 1,5 milhão de reais em royalties para os produtores dos conteúdos que difunde.

Legenda: Os violonistas Lucio Yanel e Yamandu Costa em ‘Dois Tempos’ (crédito: Divulgação/Curta!)

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário